Planejamento do ERP: O que não pode faltar?

09/07/2018 às 15:32 Ajuda

Planejamento do ERP: O que não pode faltar?

Muitos empreendedores já ouviram falar de ERP (Enterprise Resource Planning ou Planejamento de Recursos empresariais, em português), mas não sabe a fundo o que significa esse tipo de serviços.

Já outros possuem uma noção vaga da ferramenta, mas precisam de mais detalhes e é para isso que escrevemos esse texto.

É importante prestar atenção em alguns pequenos detalhes para que sua empresa consiga alcançar um alto desempenho com a adoção dessa solução.

É preciso fazer uma avaliação para identificar todos os pontos fortes e fracos da empresa, só assim para ter parâmetros criteriosos para medir a eficiência do ERP.

Vamos abaixo, fazer um pequeno resumo para lhe explicar primeiro o que é ERP, confira:

O que é ERP para empresas?

O ERP, como já explicamos acima, é um planejamento que serve para melhorar a gestão do seu negócio.

Esse sistema tende a integrar todos os setores da sua empresa, para que você consiga ter mais controle sobre todos os processos.

Esse serviço torna as atividades automatizadas, o que dá a possibilidade de análise mais aprofundada para auxiliar em futuras tomadas de decisões, com mais rigor e argumentos.

Agindo dessa forma consequentemente será mais fácil alcançar o sucesso no mercado.

Existem dois tipos de ERP: Local e Nuvem. Como os nomes já denunciam, o ERP Local é equipamento que atua como um servidor para dar suporte a plataforma de gestão implantada com o sistema.

Já o ERP na Nuvem é alocado com o cloud computing e pode ser acessado por qualquer usuário autorizado.

Geralmente, em ambos os casos, a licença de operação e a manutenção do sistema ficam por conta da empresa contratada para o serviço.

O que não posso deixar de fora de um planejamento de ERP?

Se atentar aos detalhes é muito importante, como já citamos acima, por isso antes da implementação desse sistema, busque seguir as dicas que daremos abaixo para que o ERP seja realmente efetivo, sendo bastante completo e funcional para o seu negócio.

Padronização de dados

Como o sistema é todo automatizado, padronizar todos os dados de sua empresa é muito importante para que se consiga agilizar os processos.

Como as informações não serão mais transferidas ou atualizadas manualmente, é preciso verificar se todos os arquivos foram padronizados antes da adoção do ERP.

Implantar o sistema com erros em sua base de dados pode gerar prejuízos, já que as informações serão confusas e pouco confiáveis.

É por isso, que se faz necessário uma padronização de dados para manter apenas uma metodologia de serviço em seu negócio, evitando que dados sejam alterados erroneamente ou sumam do sistema.

Confira também o que é gerenciamento de servidores.

Use a escalabilidade a seu favor

Assim como outras soluções oferecidas para o mercado corporativo, o ERP apresenta a possibilidade de escalabilidade como uma de suas principais vantagens.

Com essa facilidade para a migração e o acúmulo de dados com o passar do tempo, é possível começar com um investimento abaixo, muitas vezes focado apenas nas áreas mais importantes de sua organização, para depois ir crescendo o negócio com um todo através dessa estratégia.

Optar pelo ERP na Nuvem pode ser a melhor opção

O ERP Local, assim como todo servidor físico, restringe bastante o espaço de trabalho, o que não acontece na nuvem.

O Cloud Computing é bastante seguro e estimula o trabalho remoto e o compartilhamento de informações em tempo real.

Usar o ERP na Nuvem pode ser a saída para otimizar todos os processos do seu negócio, fazendo com que seu time de funcionários ganhe em produtividade, sua empresa possa aumentar a demanda e gerar mais lucro.

Com o uso da nuvem, você também protege melhor seus dados, já que esses sistemas são atualizados com boa frequência e oferecem o backup de todos os seus dados, além de facilidades para edição e compartilhamento de qualquer usuário habilitado.

Otimize a integração das atividades de todos os setores de sua empresa

O ERP se torna uma vantagem para um negócio quando se é possível uma integração real entre todos os setores.

Com a automação do trabalho, é possível focar nas principais atividades do seu negócio, para que o sistema consiga atender com mais efetividade.

É preciso gerar uma uniformidade entre todos os setores, como por exemplo, vendas, comercial, etc.

Cada área deve ter regras definidas de trabalho e as funções de cada setor devem ser delimitadas para que nada saía errado.

Quais são as vantagens de um planejamento consistente de ERP para minha empresa?

Bom, o primeiro ponto positivo é a ajuda na hora da tomada de decisões.

Com um sistema ERP será possível gerar insights em tempo real, deixando a análise de informações mais aprofundada e realmente correta, sem espaço para erros humanos.

Isso conseguirá lhe auxiliar na hora de lançar novos produtos, treinar sua equipe, optar por novos fornecedores, etc.

Outra vantagem é a notável redução de custos após a adoção da ferramenta.

Como o ERP tem como base a integração entre os setores de um negócio, logicamente menos matéria-prima será desperdiçada, menos tempo será necessário para a realização de tarefas e o retrabalho praticamente não existirá mais em seu negócio.

Como citamos acima, o sistema é imune a erros humanos.

Num exemplo prático, ele pode evitar que um mesmo produto seja vendido duas vezes em diferentes canais ou ainda que atividades já realizadas sejam refeitas sem necessidade.

Além disso, é possível definir regras e padronizar relatórios para que não surjam erros em informações de vendas, o que pode afetar bastante o andamento financeiro do seu negócio.

A comunicação entre colaboradores, clientes e fornecedores também é otimizada com o sistema por conta da diminuição de erros e da maior clareza em relação ao funcionamento do seu negócio.

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog. Conheça o nosso serviço de Gerenciamento de Servidor.

Gostou de nosso post? Compartilhe: