MySQL vs MariaDB, qual é a diferença?

13/02/2020 às 17:15 Ajuda

MySQL vs MariaDB, qual é a diferença?

Já ouviu falar em banco de dados? Está na dúvida sobre qual escolher? Existem dois bancos de dados bastante conhecidos na web, são eles: o MySQL e o MariaDB.

Ambas as ferramentas são SGBD (sistemas de gerenciamento de banco de dados) e neste artigo, vamos falar um pouco sobre a origem e as diferenças entre eles.

Escolher o SGBD ideal para a sua empresa é essencial para otimizar o trabalho do setor de TI e obter melhores resultados.

Muitos desenvolvedores ficam na dúvida entre MySQL e MariaDB, então para ajudar a solucionar as suas dúvidas, leia esse texto até o fim.

O que é um banco de dados MySQL?

O MySQL é um SGBD relacional criado durante a década de 1990 por Allan Larsson, Michael Widenius e David Axmark.

Em 2008, a empresa foi comprada pela Sun Microsystems, que no ano seguinte, foi vendida para a gigante Oracle.

Isso fez com que o MySQL se tornasse o SGBD relacional mais popular do momento, sendo bastante conhecido e usado por muitos até hoje.

Esse SGBD é o mais popular do mundo e é usado em todas as grandes empresas atuais. Abaixo, você verá algumas das principais características do MySQL, confira:

  • É de código aberto.
  • É bastante popular.
  • É confiável, funciona em alto desempenho e seu código é seguro.
  • Possui uma grande comunidade de usuários, o que facilita atualizações do SGBD.
  • Por ser mais antigo e bastante popular, não é difícil encontrar material para tirar qualquer dúvida sobre o MySQL na web.

Por ser muito popular, é bem fácil contar com suporte para tiragem de dúvidas e aprendizagem de MySQL.

E por ser um sistema de código aberto, ele pode ser baixado por qualquer pessoa gratuitamente na web.

A maioria dos desenvolvedores ainda considera o MySQL como o mais fácil de programar, pelo programar ser mais simples e ser mais popular.

Por outro lado, muitos profissionais da área não veem com bons olhos o fato de o sistema ser de propriedade da Oracle.

Isso porque a empresa não apoia muitos projetos de código aberto, por isso a maior parte da comunidade de MySQL acha que a Oracle acaba limitando o desenvolvimento da ferramenta.

Prova disso, é que a empresa limita a versão gratuita do MySQL para uso pessoal. Profissionais que desejem usar o sistema comercialmente devem obter a licença junto a Oracle.

Confira também: Melhor hospedagem de Site.

O que é um banco de dados MariaDB?

O MariaDB é um fork do MySQL. No mundo da TI e da programação, fork é um projeto que nasce como ramificação de um outro projeto já existente.

Para resumir e deixar bem claro, o MariaDB surgiu como uma atualização aperfeiçoada do MySQL.

Esse SGBD foi criado em 2009 por um dos criadores do MySQL, Michael Widenius.

Um ano após ter sido vendido para a Sun Microsystems e depois de chegar as mãos da Oracle, Widenius criou o MariaDB para dar sequência a ferramenta, caso o projeto fosse descontinuado pela gigante de tecnologia.

Como já explicamos acima, a Oracle não é bem quista pelos profissionais que defendem projetos de código aberto. Por isso, Widenius tinha receio que a aquisição do MySQL desse fim ao software de código aberto e criou o MariaDB.

O MariaDB tem crescido no meio da programação, não só pelas semelhanças e atualizações do MySQL, mas porque agrada a comunidade open source, sendo gratuito para uso pessoal e comercial.

Confira quais são as características do MariaDB:

  • Possui um otimizador de consultas eficiente
  • Tem muitos recursos de armazenamento
  • Usa criptografia em seus bancos de dados em disco
  • Maior escalabilidade

Por ser um fork do MySQL, o MariaDB tende a ser um SGBD relacional mais completo, que realmente aprimora o antigo banco de dados mais popular do mundo.

Por isso, muitas empresas estão migrando do MySQL para o MariaDB.

Devo migrar do MySQL para o MariaDB? Veja quais são as vantagens:

Como já falamos no texto, o MariaDB foi criado por um dos criadores do MySQL com o objetivo de aprimorar o sistema e de manter viva a cultura open source, caso a Oracle descontinuasse o MySQL.

E por isso, o MariaDB traz diversos aprimoramentos em relação ao SGBD antigo, confira as principais abaixo:

  • Comunidade bastante ativa e alto desenvolvimento: O MariaDB é um projeto símbolo da cultura open source. Por isso, apesar de mais novo no mercado, a sua comunidade é bastante ativa, muitas pessoas contribuem para melhorar o desempenho do SGBD.
  • Maior nível de segurança: O MariaDB recebe anúncios e atualizações de segurança simultaneamente, o que não acontece no MySQL, isso traz mais transparência e aumenta o nível de segurança do SGBD.
  • Melhores recursos: O novo SGBD possui recursos mais avançados, eles são lançados antecipadamente e revisados por sua comunidade, o que garante novos recursos com menos bugs e melhor desempenho.
  • Facilidade de Migração: o MariaDB é uma atualização do MySQL, por isso a migração de um para outro é muito simples e rápida. Isso facilita a vida das empresas que precisam otimizar a troca de banco de dados sem perder desempenho e informações.

Como vimos no texto, o MariaDB possui mais qualidades que o MySQL, por isso apesar de não ser mais popular, vem ganhando cada vez mais adeptos no mundo da programação.

Acredito que depois de ler o texto, você já esteja seguro sobre qual SGBD relacional é o melhor para a sua empresa.

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog. Conheça o nosso serviço de Hospedagem de Site.

Gostou de nosso post? Compartilhe: