Microsoft Orleans: saiba tudo sobre este framework

25/07/2018 às 08:06 Ajuda

Microsoft Orleans: saiba tudo sobre este framework

Apesar de ainda pouco conhecido, o Microsoft Orleans é um dos melhores frameworks do mercado.

O serviço foi desenvolvido pela Microsoft, é usado na nuvem e tem código aberto como os utilizados em jogos populares como Halo 4 e 5.

Esse framework é bastante utilizado na construção de aplicativos mais complexas, sendo uma maneira mais simples de aplicar padrões de escala.

O Microsoft Orleans foi disponibilizado pela primeira vez em 2015 e já está em sua versão 2.0.

O que é o Microsoft Orleans?

Esse framework serve para criar aplicações em larga escala de maneira simples e clara.

Com ele, o programador não precisa se preocupar em aprender mais tecnicamente conceitos de escalabilidade e complexidade de concorrência.

O Microsoft Orleans é utilizado principalmente na implantação de recursos na nuvem em jogos, sendo utilizados pelas equipes da Microsoft como foco no mundo dos games digitais.

Como o Microsoft Orleans pode ajudar em meus projetos?

Como já dissemos acima, esse framework é muito usado no mundo dos games para tornar serviços e aplicações mais simples e escaláveis.

As aplicações na nuvem podem ser bastante complexas, já que demandam muito conhecimento para que sejam amplamente distribuídas e ainda assim mantenham o dinamismo e a interação.

Para otimizar uma aplicação desse tipo, o desenvolvedor deve ter um bom nível de conhecimento principalmente em relação a arquitetura do projeto.

O Microsoft Orlenas, neste caso, é utilizado em uma camada intermediária, que é criada para tornar a aplicação escalável de maneira mais simples.

Isso por que a aplicar a escalabilidade na camada intermediária, apesar de possível é bastante complicado. A aplicação necessita de interação direta com o banco de dados para que os arquivos se mantenham sincronizados e isso dificulta bastante essa operação.

Saiba também qual é a melhor hospedagem de site.

Quando maior o número de dados, maior será a defasagem durante a atualização da aplicação, o que gera inúmeros problemas e retarda o tempo para desenvolvimento de game criado através disto, por exemplo.

Com o Microsoft Orleans é possível minimizar os problemas citados acima, criando entidades de domínio que podem auxiliar no processo.

Essas entidades são chamados de grãos pelo serviço, sendo classes de .NET simples, que podem implantar várias interfaces de uma biblioteca.

Sobre as clases

As classes de grãos são definidas pela aplicação, sendo criadas automaticamente por esse framework durante a execução das solicitações. Os grãos podem representar pessoas, pedidos, e-mails, códigos de identificação, entre outros objetos.

Com o Orleans, cada grão é executado separadamente, o que evita problemas como o conflito ou concorrência de dados. Esse framework é bastante utilizada para dar suporte na implementação de micorservice, gerenciando as soluções criadas por um desenvolvedor web.

Aprenda sobre o Silo

Outro nome importante para quem utiliza esse framework é o silo. O silo, nada mais é do que o servidor criado pelo Orleans para executar a aplicação com recursos da nuvem. Dentro de um silo, os grãos podem ser facilmente identificados.

Independente do local onde o grão está armazenado, esse framework dá ao entender que ele esteve na memória da aplicação durante todo o tempo.

Na verdade, o grão costuma ficar inativo e acaba sendo removido da memória da aplicação, mas seu estado é salvo no banco de dados.

Isso ajuda bastante os desenvolvedores a otimizarem os seus serviços na criação de aplicações complexas na nuvem, já que eles não precisam se atentar a estes detalhes.

O Orleans responde bem as falhas de maneira automática e consegue preservar grãos e silos sem dificuldade.

Em resumo, o Orleans funciona como actor-based, ou seja, cada ator ou entidade de domínio tem a sua responsabilidade dentro da aplicação, cada objeto é considerado um grão e eles estão dentro de silos.

Gostou das dicas? Confira muito mais sobre programação em nosso blog. Conheça o nosso serviço de Hospedagem de Site.

Gostou de nosso post? Compartilhe: