Criando uma API REST para Wordpress

Criando uma API REST para Wordpress

22/06/2017 às 16:50WordPress

Uma das maiores plataformas gratuitas de blogs é sem dúvidas o Wordpress, sua flexibilidade no desenvolvimento de projetos faz com que ele seja usado a praticamente qualquer ideia. Contando ainda com um catálogo vasto de plugins você pode adaptar de um simples blog a um portal de conteúdo com milhares de acessos. Preparamos um artigo que vai te mostrar como criar uma API rest para criar novas possibilidades de integração e desenvolvimento de apps.

Como funcionam as APIs?

Se você ainda não conhece o básico sobre elas podemos resumir da seguinte forma, todo o seu conteúdo é disponibilizado em consultas rápidas de texto que são entregues via JSON, com ela você pode consultar o texto de um artigo, os links das imagens que ele carrega, autor, comentários, pode trabalhar com resultados de busca, tudo que você faz em seu painel pode ser disponibilizado para consultas remotas e integrações com outros sistemas. Tudo funciona através de chamadas como /wp-json/wp/v2/posts, /wp-json/wp/v2/users/4, /wp-json/wp/v2/posts?filter[s]=suporte, você pode consultar a documentação completa para mais parâmetros.

Como uma API pode te ajudar?

As possibilidades são muitas, você passa a ter todas as ferramentas do Wordpress abertas para uso por outros sistemas via integração, pode criar um front-end mais leve com toda a integração da API, pode criar aplicativos móbile nativos para Android e iOS, uma grande vantagem se comparado as adaptações de templates que são feitas para a versão móbile, uma interação nativa abre novas formas de interagir com seu público.

Indo um pouco mais além, você poderia até mesmo oferecer um novo back-end totalmente integrado ao core via API, não precisaria se preocupar com diversas modificações para exibir ou ocultar menus, ajustes visuais no tema padrão da administração, alterações em arquivos, etc, estaria tudo a sua disposição para criar do zero uma administração completamente nova.

Isso se torna muito útil quando você tem diversos tipos de clientes, alguns mais avançados, outros que se perdem com muitos menus e botões, você poderia criar ajustes para suprir as dificuldades de ambos e fidelizar cada um deles por isso.

Instalação do plugin

A instalação é rápida e bem simples como a de qualquer plugin, antes de qualquer coisa tenha um backup atualizado, instale via repositório direto do seu painel administrativo buscando por WordPress REST API, ou acesse a página de download no repositório online do Wordpress.

Complementos interessantes

Você pode encontrar diversos complementos ao plugin principal, muitas delas ainda em desenvolvimento e com conceitos muito legais, mas vamos trazer alguns projetos já funcionais que dão um toque extra a sua nova API REST, lembrando que tudo depende da sua necessidade, não instale plugins que não irá usar, isso prejudica o desempenho do seu projeto.

Ainda que o processamento das informações via API seja muito mais rápido, vale notar que ainda precisará do seu core funcionando rápido para entregar as requisições.

Dois complementos que podem ser muito úteis são:

ACF to REST API – Para quem usa o Advanced Custom Fields para criar novos campos vai poder também usar esses campos extras via API, o ACF to REST API faz todo o trabalho pesado.

WP REST API Controller – Com ele você pode determinar quais os endpoints que ficarão disponíveis para consulta, para quem usa outros plugins ou custom post types vai poder gerenciar quais deles ficaram disponíveis também para o acesso remoto.

Você pode dar uma olhada no artigo Dicas para melhorar a segurança do WordPress e Conheça as vantagens do cloud gerenciado para entender também como a hospedagem contratada e uma instalação segura vão te ajudar ainda mais com o uso de APIs, já que com o aumento das requisições por diversos sistemas vai exigir um servidor seguro e estável.

Conclusão

Te mostramos como um novo recurso pode mudar muito do que você já faz em seu Wordpress, a utilização de APIs pode trazer novos recursos no desenvolvimento, seu back-end e fron-tend pode oferecer os recursos padrões e ainda mais para seus clientes, além de aplicativos nativos para as plataformas mobile. Lembrando que quanto mais possibilidades você tem uma hospedagem de site estável é o melhor que você pode fazer.

Gostou de nosso post? Compartilhe: