Dicas para melhorar a segurança do WordPress

Dicas para melhorar a segurança do WordPress

Categoria: WordPress

23/02/2017 às 10:14

Dicas para melhorar a segurança do WordPress

Ter um site via WordPress, uma das maiores plataformas do mundo, necessita de muitos recursos e estratégias para que seja sempre funcional e tenha alta performance, bem como  ficar livre de problemas causados por spam e similares. Nesse contexto, proteção é essencial, por isso preparamos um passo a passo completo de como melhorar a segurança do WordPress. Seguindo algumas etapas, é possível deixar seu site a pleno vapor e livre de falhas que acabam afetando toda sua estrutura. 

Veja também nosso post: Passo a Passo para Criar um Blog   

Por que a segurança no WordPress é importante?

Um site ‘’hackeado’’ pode causar sérios danos ao seu site e toda sua reputação online. Os hackers podem roubar informações de usuários, senhas, instalar softwares maliciosos e até mesmo distribuir malwares para seus usuários. Pior, que isso é não conseguir recuperá-lo após essa invasão. Segundo o Google, em 2016 mais de 50 milhões de desenvolvedores foram afetados com algum tipo de malware tentando invadir suas páginas, o que acaba levando a plataforma para uma espécie de ‘’lista negra’’, que só traz prejuízos. Afinal, quem vai acessar um ambiente inseguro, não é?

Como aumentar a segurança no WordPress?

Mantenha a plataforma atualizada

WordPress é um software de código aberto que é regularmente mantido e atualizado. Por padrão, o WordPress instala automaticamente atualizações secundárias. Para versões principais, é necessário iniciar manualmente a atualização. WordPress também vem com milhares de plugins e temas que você pode instalar em seu site. Esses plugins e temas são mantidos por desenvolvedores de terceiros que também lançam regularmente atualizações.Estas atualizações do WordPress são cruciais para a segurança e a estabilidade do seu site WordPress, por isso, você precisa se certificar sempre se todos estão atualizados. 

Use senhas fortes e permissão para os usuários

As tentativas mais comuns de hacking do WordPress é por meio de senhas roubadas. Para mudar isso, você precisa criar senhas fortes e difíceis, tanto para a área de administração do WordPress como também para contas de FTP, banco de dados, conta de hospedagem do  e seu endereço de e-mail profissional.

A principal razão pela qual os iniciantes não gostam de usar senhas fortes é porque eles são difíceis de lembrar. A coisa boa é que você não precisa se lembrar de senhas mais. Você pode usar um gerenciador de senhas para isso e facilitar tudo. Outra maneira de reduzir o risco é não adicionar outra pessoa como administrador da plataforma. Se você tem uma equipe grande, certifique-se dos recursos que eles podem ou não manipular, sobretudo se redatores, designers e afins mudam constantemente. 

Escolha um bom servidor de hospedagem

Seu serviço de hospedagem desempenha o papel mais importante na segurança do seu site WordPress. Um bom provedor toma as medidas extras para proteger seus servidores contra ameaças comuns. Usando um serviço de hospedagem gerenciado, você tem uma plataforma mais segura para o seu site, já que a maioria conta com backups automáticos, atualizações automáticas do WordPress e configurações de segurança mais avançadas para proteger seu site. Nessa hora, vale escolher a dedo qual a melhor empresa e seus requisitos de segurança conforme o plano de interesse. Quer saber mais sobre isso? Fale com a ISBrasil, oferecemos planos com 30 dias grátis de hospedagem de site

Use chaves de segurança para autenticação

Chaves de segurança trabalham em conjunto para proteger seus cookies e senhas gerados no navegador e no servidor. Essas chaves de autenticação são basicamente um conjunto de variáveis aleatórias, usadas para melhorar a segurança (criptografia) de informações em cookies. É importante lembrar que essas chaves mudam em uma atualização da página, então você sempre terá um novo conjunto.

Desative a edição de arquivos

Se um hacker entrar, a maneira mais fácil de mudar seus arquivos seria ir para Appearance>Editar no WordPress. Para aumentar a sua segurança do WordPress, você pode desabilitar a gravação desses arquivos por meio desse editor, acessando wp-config.php e adicionando esta linha de código: Define ('DISALLOW_FILE_EDIT', true). Você ainda poderá editar seus modelos por meio de seu aplicativo FTP favorito. Para isso, conte com a ajuda de um programador. 

Limite tentativas de login

Você pode limitar o número de tentativas de login a partir de um determinado endereço IP. Existem vários plugins do WordPress para ajudá-lo a proteger seu formulário de login de endereços IP que disparam uma infinidade de tentativas de login à sua maneira. Quem pode te ajudar nessa missão é o suporte de seu servidor de hospedagem.

Seja seletivo com a interface XML-RPC

XML-RPC é uma interface de programa de aplicativo (API) que tem sido em torno de um tempo. É usado por um número de encaixes e temas, assim que nós advertimos o menos técnico para ser consciente como eles implementam esta dica endurecimento específico.

Embora funcional, desativar pode vir com um custo. É por isso que não recomendamos desativar para tudo, mas ser mais seletivo sobre como e o que você permite acessá-lo. Há um número de plugins que o ajudam a ser muito seletivo na maneira como você implementa e desabilita XML-RPC por padrão.

Monitore plugins e temas

A maioria dos usuários do WordPress tendem a aplicar temas e plugins à vontade para suas postagens, justamente porque são gratuitos, interativos e divertidos. O problema que é que, por serem encarados nessa linha, dificilmente são atualizados. Isso pode ser muito perigoso e favorecer o aparecimento de ameaças. Além disso, verifique se há a necessidade de ter diversos plugins em seu site. Muitos sobrecarregam o servidor e são realmente inúteis. Lembre-se de ficar sempre atento para que sua página mantenham uma ótima performance. 

Fique de olho: segurança é coisa séria!

O problema de muitos desenvolvedores, sobretudo os iniciantes, é pensar que por ser uma plataforma livre, o WordPress já está protegido. Além disso, acreditam sempre que seu servidor de hospedagem está dando conta do recado quando se trata de segurança. Teoricamente, isso deveria acontecer mesmo, mas, infelizmente, é difícil em muitos casos. Então, além das dicas que mostramos, é interessante contar com um ótimo serviço e uma empresa que faz realmente a diferença? Que tal conhecer a ISBrasil para dar um plus na segurança do WordPress? Comece já e mude para deixar tudo com plena eficiência! 

Gostou de nosso post? Compartilhe:

Talvez você goste

Top