Empreendedorismo: Perdeu o emprego e quer empreender? Conheça nossas dicas

24/06/2018 às 15:18 Ajuda

Empreendedorismo: Perdeu o emprego e quer empreender? Conheça nossas dicas

O empreendedorismo é o sonho dourado de muita gente e foi exatamente isso que algumas pessoas fizeram nos últimos anos ao perder o emprego por causa da crise financeira. Elas montaram seu próprio negócio de se tornaram empreendedoras.

As estatísticas apontam que o empreendedorismo deve crescer cerca de 35% nos próximos anos no Brasil. E você? Perdeu o emprego e também quer empreender? Esse artigo vai te dar dicas valiosas de como fazer isso para seu novo negócio prosperar no mercado. 

Empreender por necessidade 

Em 2017, das 26 milhões de empresas abertas há menos de 3 anos, 11 milhões foram criadas por necessidade, sejam elas micro, pequenas ou médias. O número de negócios criados por oportunidade também cresceu desde 2017 e chegou a 57,4% nesse ano. 

Segundo algumas pesquisas, a entrada em vigor da reforma trabalhista e da lei da terceirização de postos de trabalho vão contribuir ainda mais para o aumento do empreendedorismo.

Portanto, enquanto a crise impacta negativamente o trabalho tradicional, ela acaba abrindo algumas portas para quem pretende empreender. Mas é claro que mudar de foco na carreira não é tão simples assim, em especial para quem ainda não teve a oportunidade de montar um negócio.

A maior preocupação é com relação às finanças, afinal de contas, qualquer empresa no início pode levar algum tempo para lucrar.

Essa apreensão fica ainda maior quando você percebe que aquele salário que entrava na conta todos os meses e os diversos benefícios trabalhistas, não farão mais parte da sua vida. Leia nosso post sobre Dicas para fazer um e-mail marketing de sucesso

O que fazer? 

Nessa hora, você tem duas opções: tentar voltar ao mercado de trabalho mesmo com a taxa de desemprego em 13% ou montar um negócio. Se você optar pela segunda alternativa, pergunte-se a si mesmo: é isso que eu quero para mim?

Não pense que tudo serão rosas e que lidar diariamente com clientes será moleza. Jamais tente empreender para fugir das regras da empresa ou porque não aguentava mais ter um chefe. Lembre-se de que no seu negócio você também vai enfrentar muitos desafios e dificuldades. Depois de ter certeza do que quer, conheça as dicas que podem ajudar. 

Fique atento às finanças

Você vai precisar de algum dinheiro para montar o seu negócio e para se manter até que ele comece a dar lucros. O primeiro passo é fazer um levantamento preciso de quanto você tem em mãos e de quanto vai receber na rescisão da empresa.

Some FGTS, seguro desemprego, multas, férias, décimo terceiro salário, bônus e o valor em dinheiro que eventualmente tenha guardado. Depois disso, tenha a certeza de quanto vai precisar para colocar o seu negócio para funcionar e quanto precisará ter de capital de giro até que ele comece a lucrar. Aprimore seus conhecimentos em fidelizar clientes com email marketing

Você ainda precisará ter algum dinheiro para arcar com as suas contas mensais. Obviamente, você vai precisar reduzir algumas despesas, mas itens básicos como alimentação, água, luz, telefone, aluguel ou prestação da casa, devem estar na sua lista de despesas mensais. 

Coloque tudo em uma planilha e faça um planejamento de quanto precisa gastar a cada mês com as suas despesas e de quanto dinheiro precisará investir no seu negócio até que ele comece a dar retorno. 

Com essa planilha, você vai conseguir saber por quanto tempo precisa ter esse dinheiro disponível. Se ele durar até o final desse ano, por exemplo, então você já sabe que a sua empresa precisa dar lucro até essa data, que é quando passará a usar esse valor para arcar com as suas despesas.

Tenha atenção a esse prazo e busque logo uma solução caso perceba que sua empresa não terá o lucro que espera. Lembre-se de que o bom planejamento é essencial para você não se enrolar com suas finanças.

Busque por um negócio que realmente dará lucro

Se você não tem um negócio que resolva os problemas das pessoas, então você não tem um negócio. Busque por alguma alternativa que ajude as pessoas e que facilite as suas vidas ao máximo. 

Pense nas empresas que deram certo. Perceba que a maioria delas, em especial as fundadas na era digital, mudou completamente a cabeça do consumidor. Elas possuem soluções ou produtos que realmente ajudam as pessoas e resolverem os seus problemas.

Mas você não precisa criar algo novo e que ninguém ainda fez, certo? Você pode optar por um produto ou serviço que já exista no mercado, mas que incorpore diferenciais com relação à concorrência para que aquilo que oferece e seja realmente atrativo para o público.

Caso não tenha muito dinheiro para investir, opte por alternativas com baixo investimento e até com ganho em escala, como plataformas com a mesma funcionalidade para todos os clientes. Conheça nosso serviço de Email Marketing

Mude o foco antes que seja tarde demais

Se perceber que o seu negócio não está prosperando, não precisa jogar tudo para o alto e voltar para o emprego tradicional. É claro que você deve sempre se antecipar para não perder dinheiro, mas isso não significa que trabalhar como empregado é a única alternativa. 

Procure mudar o foco do seu negócio ou o produto ou até mesmo lançar algum outro projeto no mercado. Uma dica para evitar esse transtorno é testar mais de um produto ou serviço.

Se optar por trabalhar com soluções online, por exemplo, você pode criar 3 opções e testar todas elas ao mesmo tempo até ver qual é aquela que vai agradar mais ao público. Essa estratégia é bem interessante para você não perder tempo e nem dinheiro.

Suponha que optou por um e-commerce de bolsas. Coloque 4 ou 5 modelos diferentes e com preços diversificados para ver qual os clientes se interessaram mais. Uma outra alternativa é criar 2 e-commerces com produtos completamente diferentes. Teste para ver qual tem maior chance de dar certo. Tenha foco e boa sorte!

Ainda tem dúvidas? Sem problemas. Leia mais sobre esses e outros assuntos em nosso blog.

Gostou de nosso post? Compartilhe: