Conheça o BERT, novo algoritmo de pesquisa do Google

03/01/2020 às 14:23 Novidades SEO

Conheça o BERT, novo algoritmo de pesquisa do Google

O Google anunciou o lançamento do seu novo algoritmo de pesquisa, o BERT é o novo sistema por trás das pesquisas no maior buscador do mundo.

Desde o lançamento do RankBrain essa é a maior mudança nos algoritmos dos buscadores. A intenção do novo algoritmo é entender melhor o comportamento dos usuários para refinar as buscas.

Com as mudanças, muitas profissionais de marketing estão se perguntando se a forma como eles trabalham estratégias de SEO mudou. E é sobre isso que vamos falar neste artigo. Leia até o fim!

O que é o Google BERT?

O projeto BERT foi criado em 2018. Na época, o Google introduziu um grupo de treinamento em código aberto para arrumar métodos capazes de interpretar o contexto das palavras pesquisas, não como um robô, mas como um humano.

Há algum tempo, o Google tenta atualizar os mecanismos de busca para entender a intenção das pesquisas.

Por isso, o Google BERT consegue apresentar resultados com mais qualidade, principalmente, em buscas mais complexas com palavras-chave de caudas longas.

Esse novo algoritmo é fundamental para entender a complexidade das buscas. Com o BERT, as pesquisas são melhor entendidas e isso favorece os resultados mostrados.

O Google consegue otimizar as suas buscas, oferecendo links mais assertivos para os usuários.

Como eram as buscas antes do Google BERT?

Antes da mudança, o algoritmo do Google pensava mais como um robô propriamente dito do que como um ser humano. Nesse sentido, o algoritmo apresentava os resultados de busca levando em conta as palavras-chave pesquisadas.

O BERT vai além disso, ele busca entender o contexto por trás da busca, por isso em pesquisas mais complexas, ele consegue ser mais eficiente.

Antes do novo algoritmo, o Google também montava o ranking dos resultados de busca conforme o volume de tráfego das páginas, colocando as mais acessadas no topo.

Isso dificultava a tiragem de dúvidas dos usuários, já que o Google muitas vezes recomenda sites com soluções e lojas virtuais, em vez de sites ou blogs com conteúdo que tragam as informações que o usuário necessita.

A atuação do antigo algoritmo gera inconsistências nos resultados de pesquisa. Antes, cerca de 15% das pesquisas realizadas diariamente eram inéditas, nunca haviam sido feitas e por isso o algoritmo não conseguia determinar parâmetros para organizar melhor as respostas.

Como a maioria das pesquisas também dificultam o trabalho do algoritmo. Geralmente, os usuários fazem pesquisas colocando apenas palavras-chave que consideram importantes.

Com o BERT, a ideia é que esse problema acabe, já que a intenção do novo algoritmo é identificar o contexto da busca e não a palavra-chave em si.

Então, principalmente em pesquisas realizadas com perguntas, o BERT consegue melhorar os resultados de busca com mais facilidade, porque não dá tanto peso a palavra-chave.  

O RankBrain acabou?

Ao contrário do que muitos pensam, o Rankbrain não vai acabar, ele apenas será complementado pelo BERT.

Ambos os algoritmos trabalharão em conjunto para gerar melhores resultados de busca para os usuários.

Em outras palavras, as técnicas de SEO continuam válidas, acredito que seja isso que você se importa em saber.

O importante é que você acompanhe as tendências de SEO para se adaptar as mudanças nos algoritmos de busca.

Confira também: Melhor hospedagem de site.

Como o BERT funciona?

Diferente do RankBrain, o BERT não foca na palavra-chave o algoritmo leva em conta todas as palavras da pesquisa para entender o seu contexto.

A ideia é que o BERT consiga facilitar o entendimento do sentido da busca, para que os resultados da pesquisa sejam assertivos.

Como ferramenta complementar ao RankBrain, o BERT funciona como um auxiliar que ajude a tornar o algoritmo mais humano, para entender a real intenção das pessoas ao realizar uma pesquisa no Google.

Segundo executivos do Google, o BERT será capaz de entregar resultados precisos e dentro do contexto da busca dos usuários.

Isso trará mais qualidade nas pesquisas do Google. Isso irá facilitar os próprios usuários, já que a grande maioria, não formulam buscas com perguntas completas, por exemplo.

Outro ponto importante do Google BERT é que ele consegue entender melhor as buscas por voz. As pesquisas por voz estão aumentando, já que as pessoas utilizam mais o smartphone para acessarem à internet.

E através dos assistentes de voz, os usuários também costumam fazer pesquisas usando perguntas, o que facilita ainda mais o entendimento pelo novo algoritmo e gera melhores resultados de busca. 

O que muda no SEO com a chegada do BERT?

Bom, se você está se adaptando as novas tendências do SEO e já está adotando as novas práticas recentes do segmento, você não precisa mudar sua estratégia, por conta da chegada do BERT.

Até porque, antes do lançamento do BERT, já havia um movimento em atualizações anteriores do algoritmo do Google para focar os resultados em pessoas, entendendo o contexto por trás das buscas.

As últimas atualizações do algoritmo do Google servem para otimizar a experiência do usuário.

O BERT é apenas a ferramenta mais robusta lançada pela empresa nos últimos tempos, mas tem os mesmos objetivos das atualizações anteriores.

Como vimos no texto, o que mudou foi a forma de pensar do algoritmo.

Tudo leva a uma adaptação de SEO e de marketing para a criação de conteúdos voltados para melhorar a experiência dos internautas, promovendo conteúdos que consigam atender as suas reais necessidades.

Não deixe de estar por dentro das tendências de SEO, para adotar as novas boas práticas ao seu método de trabalho rapidamente e assim não perder espaço nos resultados de busca.

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog. Conheça o nosso serviço de Hospedagem de Site.

Gostou de nosso post? Compartilhe: