Como aumentar a velocidade de carregamento de seu site

Como aumentar a velocidade de carregamento de seu site

16/06/2017 às 12:00Hospedagem de SitesWordPress

Ter um website rápido deixou de ser exclusividade para se tornar necessidade, tanto para seus visitantes quanto para o Google e outras ferramentas de busca. Hoje em dia ter que esperar o carregamento completo de uma página para ter o que se está procurando pode resultar em abandono da página e se seu negócio depende da permanência dos visitantes isso pode se tornar um enorme problema.

Quando pensamos em buscar alguma coisa na internet queremos que a informação chegue a os com rapidez e se não e assim que funciona procuramos outra fonte de informação, é assim que funciona com qualquer usuário que está cercado de fontes de informação. Os motores de busca não pensam muito diferente, ainda que dentro de diversos critérios de teste o resultado final basicamente se resume a ter um conteúdo de qualidade e oferecer o mesmo em tempo aceitável para a media de usuários que estão buscando aquilo, ou seja, se diversos clientes estiverem pesquisando sobre compra de móveis e seu site estiver entre os resultados, o de seus concorrentes carregam entre  10 e 15 segundos e o seu em 20 segundos, concluímos que o Google irá priorizar os resultados mais rápidos e você ficará para trás. É claro que não é tão simples assim e que são muitos os fatores de ranqueamento, mas para exemplificar usamos esse princípio básico.

O que é considerado um site rápido?

Quando você navega, o tempo que você precisa aguardar até que todas as informações de um site estejam completamente disponíveis para leitura é o que vai fazer a diferença, muitos elementos em uma única página, imagens grandes e com tamanho exagerado, usar elementos de sites que não estejam otimizados, esses e outros pontos podem te trazer problemas.

Para quem trabalha diretamente com desenvolvimento web pensar na velocidade de carregamento é extremamente importante, se ainda não trabalha com ferramentas de pré-procesamento pode estar perdendo em produtividade e velocidade de carregamento, como já falamos no artigo Como minificar seus arquivos e obter mais performance para o front-end e SEO, qualquer mínimo detalhe fará a diferença no seu projeto.

Como preparar bons projetos para serem rápidos

São muitos os recursos que vão te ajudar no aumento de produtividade do seu projeto, além de deixar tudo preparado para um carregamento rápido que agradará visitantes e motores de busca. Como já falamos anteriormente, os pré-processadores (SASS e LESS) são os mais populares para te ajudar com as folhas de estilo, a vantagem é que você trabalha com arquivos separados .sass ou .less e pode trabalhar por blocos tendo que modificar pequenos fragmentos de código, o que é mais fácil do que olhar 1000 linhas seguidas, além disso você compila seu código já minificado (.min.css) o que ajuda muito a diminuir sua quantidade de requisições e a colocar seus arquivos em cache.

Seguindo o mesmo princípio, você precisa trabalhar também com os arquivos em Javascript, que passam pelo mesmo processo de codificação e minificação, como já mostramos em nosso outro artigo. Esses são dois dos grandes vilões quando falamos de velocidade de carregamento, mas não são os únicos.

Uma das grandes culpadas quando as páginas estão lentas são as imagens, todos os sites quase sempre precisam delas para contribuir com a informação oferecida, mas nem sempre estão preparadas para isso, não estão otimizadas para as páginas ou foram mal aproveitadas. Um dos problemas é usar imagens maiores do que as necessárias, redimensionar com o CSS é uma péssima prática, o tamanho da imagem continuará o mesmo apesar de visualmente menor, além disso, a preferência é usar o recurso de otimização para a web que está presente na maioria dos editores modernos, deixar de usar vai certamente te custar alguns segundos com o download delas.

Como testar seu projeto online

Algumas ferramentas ajudam muito no desenvolvimento para que você possa ter um acompanhamento do desempenho de seu website, como falamos de SEO não podemos deixar de citar o Google PageSpeed, com ele você tem um resumo e dicas de otimização para desktop e móbile, Juno a esses recursos alguns testes mais profundos podem ser realizados no GTMetrix, que tras além de informações semelhantes ao PageSpeed alguns adicionais que vão tratar diretamente com configurações no servidor e ajustes de cache.

Conclusão

Sabemos que essa é só a primeira parte quando falamos de otimização, as boas práticas semânticas, as linguagens de programação que serão utilizadas junto ao seu HTML, as otimizações no servidor, todas essas variáveis vão fazer a diferença no final. Podemos te dar a certeza de que nossa hospedagem é otimizada para seus projetos, então não terá problemas.

Gostou de nosso post? Compartilhe: