Checklist essencial para manter sua instalação WordPress

Checklist essencial para manter sua instalação WordPress

24/07/2017 às 15:00WordPress

Já escrevemos alguns artigos em que mostramos que não é tão difícil começar o seu site ou blog em WordPress, mas muito além de colocar um site online, preparamos algumas rotinas que você não pode deixar de seguir para manter tudo funcionando às mil maravilhas. Vale a pena executar cada uma delas regularmente, dessa forma você não terá surpresas e evita problemas com segurança e desatualizações.

Mude suas senhas regularmente

Assim que você instala seu WordPress você tem duas opções, isso dependerá do método que iniciou a instalação, mas você pode receber uma senha automaticamente, ou escolher a sua própria combinação.
As senhas são a sua primeira defesa contra invasões e usuários não autorizados, manter uma combinação segura é sua primeira grande defesa, então evite usar datas de nascimento, nomes, 12345, todas essas combinações podem ser facilmente descobertas e com isso você estaria entregando de bandeja seus dados. Use sempre combinações com um número mínimo de 8 caracteres, incluindo letras, números e símbolos, é recomendado inclusive que as senhas de FTP e base de dados não sejam as mesmas, a Symantec criou uma ferramenta que pode te ajudar a criar novas senhas que você pode acessar em  Identity Safe (Gerador de Senhas).

Crie backups de segurança completos

É sempre importante manter cópias de segurança para evitar ter surpresas, existem ótimos plugins grátis para isso, um deles é o BackWPup, sua configuração é simples e em alguns minutos você cria sua rotina de backup e pode manter suas cópias em um servidor FTP, Dropbox, Amazon S3, entre outros.
Lembre-se de manter as cópias em outros serviços ou em diferentes servidores, é uma boa medida de segurança.

Verifique as atualizações e atualize sempre

A culpa sempre é dada a plataforma, mas na maioria das vezes o descuido foi da falta de atualização, correções de problemas com a plataforma e plugins, novas configurações, são muitas as coisas que uma simples atualização pode te fazer perder.
Verifique sempre a versão mais recente do seu WordPress e a integridade dos arquivos, se possível mantenha uma instalação limpa e nunca edite os arquivos nativos da plataforma.

Limpe comentários não aprovador

Algumas vezes os campos de comentários são alvo de spam, grande parte dos usuários usam os comentários moderados, o que ajuda bastante a controlar o que ficará online para seus outros leitores, mantenha sempre os comentários revisados e exclua links que pareçam maliciosos e controle o spam com o plugin Akismet, que já vem por padrão em toda a instalação WordPress.
Se você usa plugins como o Disqus também vai poder controlar seus comentários de uma forma ainda mais aprimorada que a ferramenta padrão do WordPress, a grande vantagem desse plugin é a gama de ferramentas que ele oferece aos administradores, criando níveis de moderadores para que outros possam ajudar na qualidade do conteúdo que é publicado por todos os visitantes.

Verifique links quebrados

Falamos em uma publicação como corrigir links quebrados, dessa forma você evita perder visitas por não oferecer o conteúdo que estavam procurando. É bom conferir também formulários de contato e outros links de redirecionamento, automatizar a tarefa é uma vantagem.
A importância de manter todos os links online está diretamente ligada ao seu tráfego, quando as pessoas acessam uma página e encontram uma mensagem de erro tendem a fechar a página e nem se dar a oportunidade de buscar outras informações, por isso usar as páginas de erro da forma certa ajuda a contornar esse problema. Além disso os links quebrados podem atrapalhar no posicionamento nos resultados de busca, páginas com um grande número de links quebrados passam a ter muita desvantagem nos resultados e algumas vezes isso faz com que elas percam muitas posições.

Mantenha sua base de dados limpa

Sem dúvidas o WP-Optimize é o plugin mais conhecido quando falamos de limpar o "lixo" que sobra de instalações, configurações de plugins já desinstalados, revisões de textos já publicados, comentários e publicações movidos para a lixeira. Com o tempo e de acordo com o quanto você usa seu painel, o tamanho da base de dados pode aumentar, e muito, e isso acabará fazendo com que você use mais recursos do seu servidor e diminua a performance de suas páginas.
Bases de dados podem ocupar muito espaço, principalmente se ao longo dos anos você instala e desinstala muitos plugins, tem muitos artigos publicados, muitas revisões arquivadas, já vimos alguns bancos com mais de 1gb de dados que puderam ser reduzidos drasticamente, pense que quanto mais informação precisa ser processada, mais tempo se leva para que a informação seja encontrada e exibida, isso faz com que uma página seja carregada completamente em um tempo maior do que o esperado por seus visitantes.

Conclusão

Essa pequena lista de tarefas pode te ajudar muito a manter sua instalação WordPress sempre funcionando e livre de problemas com segurança, perda de dados e tráfego, é uma lista de verificações que você pode executar semanalmente, alguns itens até mesmo mensalmente, tudo depende muito da sua frequência de atualização.
Quando mantemos um projeto que exige alta disponibilidade, não podemos deixar que detalhes simples deixem tudo offline e acabem trazendo uma péssima experiencia aos visitantes.

Gostou de nosso post? Compartilhe: