Não perca a nossa BLACK FRIDAY, descontos REAIS e VITALÍCIOS de 50% OFF SAIBA MAIS!

A importância do backup

A importância do backup

18/08/2017 às 23:28Ajuda

O termo “backup” vem do inglês e significa “cópia de segurança”, trata-se da existência de arquivos copiados que estão armazenados em alguma plataforma, de modo que sua restauração é possível em caso de perda dos arquivos originais. Ou seja, o backup é uma cópia de segurança dos seus dados virtuais. Dependendo dos seus cuidados e de sua boa sorte, talvez você nunca precise usá-lo, mas é sempre bom poder contar com ele para evitar surpresas desagradáveis no uso de seu computador. Trata-se da única maneira de poder recuperar informações da máquina caso ela sofra algum pane, seja no hardware seja nos softwares. Arquivos de dados, fotos, imagens, programas e textos são essas informações.

Embora os computadores estejam cada vez mais modernos e seguros, eles ainda são suscetíveis a descargas elétricas que os desligam abruptamente, à vírus que corrompem os seus dados ou a qualquer tipo de pane que faça com que ele simplesmente pare de funcionar de uma hora para outra. Nesses casos, tanto as peças quanto os programas instalados podem ser atingidos por esses problemas técnicos. Quanto mais a internet se expande, mais os vírus também se propagam. Cada vez mais bem elaborados e com poder de dando mais forte, os vírus vêm através de e-mails, pen drives conectados ou acesso a sites suspeitos, por exemplo. A utilização de um bom antivírus é sempre indispensável.

Veja também nosso post: Qual a importância do backup na Hospedagem?

Esses imprevistos requerem que você utilize uma cultura de realização de backup em sua máquina, ou seja, que periodicamente você salve seus arquivos, mantendo uma cópia recente dos dados de seu computador. Essa frequência pode ser mensal, uma vez que arquivos danificados costumam resultar da ação dos vírus, assim como falhas esporádicas no uso de programas ou peças do computador. A manutenção dessa cópia mensalmente reduz o risco de que muitas coisas sejam definitivamente perdidas de sua máquina.
Ocorrências como extravios ou roubos de seu computador ou até mesmo em casso de incêndio ou de enchentes farão com que você perca irreversivelmente a memória dos seus dados. Em casos mais graves, manter dois backups: um em casa e outro em um endereço diferente, torna mais segura essas dinâmicas. Ter mais cópias acessíveis também é uma boa ideia.
Fato é que o backup sempre é a solução mais adequada na hora de recuperar dados online provavelmente perdidos. Por ele, todos os dados são recuperados integralmente, com atualizações feitas até a última vez em que o arquivo foi salvo. Ressaltando que quaisquer alterações feitas após a realização do backup serão descartadas.

Um backup de qualidade, todavia, requer alguns cuidados: nos anos 90 aos anos 2000, os backups mais usuais eram feitos pelos discos rígidos, pen drives, CDs ou DVDs, ou seja, as informações copiadas eram armazenadas em suportes físicos. Até os dias de hoje, a cópia ainda pode ser feita em um outro HD ou um outro computador diferente do seu. Todavia, os backups por servidores online estão cada vez mais frequentes, as chamadas “nuvens” têm crescido entre os usuários. Sua principal vantagem é que o acesso aos dados copiados se dá a partir de qualquer forma de acesso à internet. Fazer um backup inadequado não apenas implica custos desnecessários e tempo desperdiçado, mas também no risco maior de que esses dados sejam perdidos. Assim, é preciso entender cada perfil de usuário para saber qual é o backup mais adequado para seus arquivos. No caso do backup completo, ele é mais lento e mais básico, pois copia tudo o que está em um computador e transfere para o outro, sem levar em consideração qual é o tipo de mídia usada, sua vantagem é que todos os dados estarão reunidos em único tipo de mídia, o que torna menos complexa a prática de sua recuperação. Entre os pontos negativos, está a necessidade de mais espaço de armazenamento.

Já no caso do backup incremental, seu tempo e espaço utilizados são menores, pois, somente copiam as alterações feitas desde o último backup realizado. Entretanto, a recuperação desses dados é mais complexa e mais morosa, já que depende da recuperação do backup completo para que depois o incremental seja recuperado.
O backup diferencial é mais genérico, mas mais pesado. Só é parecido com o incremental na primeira vez em que é realizado, mas já a partir da segunda vez, ele é igual ao completo. O backup incremental progressivo dá continuidade ao procedimento do incremental, sua diferença está na disponibilidade de dados, pois ele é automático.

O cuidado com os backups que são armazenados em mídias físicas requer cuidados especiais, como é o caso de mantê-los em um local seguro, seco, longe do sol ou de radiação, não os danificar ou derrubá-los, por exemplo. Substituir essas peças periodicamente depois de algum tempo de uso também é importante para sua duração. No caso do backup de hardware, é preciso levar em consideração quanto tempo você pode ficar com o seu sistema online sem funcionar até que a peça danificada seja consertada. Caso seu tempo seja mínimo, o mais indicado é ter um equipamento de backup, o seja, ter um equipamento a mais para substituir rapidamente a peça quebrada. Assim, o backup é a maneira mais segura de recuperar os dados de seu computador, em caso de eventualidades diversas e manter a integridade de seus arquivos. Saiba mais sobre hospedagem de site e assuntos de marketing e empreendorismo no nosso blog

Gostou de nosso post? Compartilhe: