6 Modelos de Cloud Computing para seu uso: conheça aqui!

12/06/2018 às 08:32 Hospedagem de Sites

6 Modelos de Cloud Computing para seu uso: conheça aqui!

A computação em nuvem (cloud computing) se tornou uma das melhores opções para o crescimento de negócios digitais nos últimos tempos. Porém, são poucos os empreendedores que realmente conhecem os modelos e os tipos de estrutura desse tipo de serviço.

Desde que as empresas começaram a oferecer essa ferramenta para clientes no mercado digital, o cloud computing vem se aperfeiçoando cada vez mais. Com isso, surgem novas opções de servidores na nuvem que são criadas especificamente para pequenas e médias empresas.

Hoje existem três modelos de computação na nuvem: o modelo público, o modelo privado e o modelo híbrido, que é uma junção dos dois primeiros. Confira abaixo como funcionam cada um dos modelos e para quem eles são mais indicados:

Public Cloud - Modelo pública

A nuvem pública oferece espaço de armazenamento em servidores divididos com outras empresas. O modelo é o mais barato para computação em nuvem no mercado e pode ser adotado por empresas novatas, que queiram começar a adotar soluções tecnológicas em seus negócios.

Esse modelo é o mais em conta por ser bancado por diversas empresas que utilizam o mesmo servidor, ou seja, cada um paga pelo espaço que pode utilizar. Isso é ideal para quem ainda não tenha uma grande quantidade de arquivos para armazenar.

Private Cloud - Modelo privado

Ao contrário da nuvem pública, a nuvem privada oferece aos empreendedores um servidor único mais robusto e com mais segurança para o armazenamento de dados de sua empresa. Esse tipo de serviço é indicado para negócios que precisam de uma infraestrutura maior para suportar um aumento de demanda no mercado.

Nessa estrutura, sua empresa pode fazer o compartilhamento de recursos e arquivos entre colaboradores, podendo estimular o trabalho remoto e a produtividade. Apesar de custar mais caro, a nuvem privada costuma ter um bom custo-benefício, devido a maior segurança dos dados e da possibilidade de otimizar as atividades do seu negócio.

Hybrid Cloud - Modelo híbrido

Na nuvem híbrida, como citamos acima, há uma combinação entre os outros dois modelos, o que permite que sua empresa possa utilizar tanto a nuvem pública como a privada para fins específicos. O principal benefício desse modelo é que ele pode ser importante para diminuir custos com o serviço.

Empresas que não precisem proteger todos os seus dados, podem por exemplo, hospedar os arquivos menos importantes na nuvem pública e os dados sigilosos numa nuvem privada. Isso garante a segurança, de acordo com a importância e reduz custos com cloud computing.

Agora que você já conhece os três modelos de cloud computing, vamos explicar quais são os principais tipos de estrutura usadas por empresas no mercado, confira:

SaaS (Software as a Service)

o SaaS (Software como um serviço, em português) funciona assim: o programa é disponibilizado na nuvem e pode ser acessado remotamente por qualquer colaborador habilitado. Com ele, é possível executar o programa de qualquer lugar, basta ter conexão com a internet.

Quem contrata esse tipo de ferramenta terá um software sempre atualizado, já que os backups e atualizações na nuvem são frequentes. E o melhor disso tudo é que você não precisará instalar o programa em seu próprio PC, ou seja, não gasta com licença do produto ou com bancos de dados, o que pode elevar bastante o tamanho dos custos de operação.

A economia é certa, já que neste caso você só paga pelo espaço que utiliza e pode cancelar a qualquer hora quando não quiser mais utilizar a ferramenta.

Confira também as vantagens do Cloud Server.

IasS (Infrastructure as a Service)

A IaaS( Infraestrutura como serviço, em português) é um formato parecido com o Saas, já que ambos alugam recursos na nuvem para utilizá-los remotamente. Com essa ferramenta, você pode aproveitar o conceito de escalabilidade na nuvem.

Através dessa estrutura é possível aumentar sua capacidade de armazenamento, memória, processamento, tráfego de dados e outros recursos de maneira simples e sem se preocupar com a migração de dados para outro servidor.

Essa solução é ideal para empresas que estejam crescendo no mercado e passam a precisar de recursos mais robustos com mais segurança, autonomia e praticidade.

Além disso, os recursos podem ser mais robustos ou mais restritos, dependendo da vontade do empreendedor, o que traz a possibilidade de uma gestão mais eficaz de seu negócio.

PaaS (Platform as a Service)

A PaaS (plataforma como um serviço, em português) consiste em uma ferramenta utilizada por empresas poderem hospedar seus programas de gestão de equipes, projetos, conseguindo organizar todo o ambiente corporativo de maneira mais prática e sem um custo tão alto.

Essa opção é muito utilizada por empresas que desenvolvem softwares, já que a solução oferece um ambiente seguro e confiável para o desenvolvimento de aplicativos, dando a oportunidade da realização de testes, o que é essencial para a criação de um bom produto.

Como escolher a melhor opção para o meu negócio?

Bom, até aqui já vimos os modelos e os principais tipos de estrutura do cloud computing para empresas. Você pode notar que cada tipo é mais indicado para um tipo de negócio e por isso é importante considerar as ofertas para contratar o melhor serviço para sua empresa.

Por exemplo, se você está em busca de eliminar custos por estar gastando dinheiro com um servidor pouco seguro e de pouca capacidade, você pode adotar um serviço na nuvem privada ou híbrida com a estrutura IaaS, para conseguir ter um negócio escalável.

Já se você precisa de um ambiente virtual que permita criação e o desenvolvimento de projetos em sigilos e quer realizar testes num local seguro, pode optar por uma nuvem privada com a estrutura PaaS.

Se você quer economizar espaço em seu PC, você pode adotar uma solução SaaS para utilizar e oferecer a seus clientes um programa de qualidade, e que não precisa ser instalado, o que dispensa custos e estimula o trabalho remoto.

E aí conseguiu entender como o cloud computing pode te ajudar a crescer no mercado? Acredito que sim! Confira mais artigos sobre o assunto e sobre marketing digital em nosso blog. Conheça o nosso serviço de Cloud Gerenciado.

Gostou de nosso post? Compartilhe: