Saiba o que são Topic Clusters, o futuro do SEO

30/09/2018 às 09:50 SEO

Saiba o que são Topic Clusters, o futuro do SEO

As tendências de SEO andam muito rápido, a novidade do momento são os Topic Clusters. Muitos profissionais de marketing cravam que os Topic Cluster são o futuro do SEO e devem levar a otimização de sites a um outro nível.

E se você tem uma empresa ou um blog na internet, você deve estar atento a essa novidade para aproveitar todos os benefícios que ela pode oferecer.

Então, leia esse texto até o final e vamos entender melhor o que são Topic Clusters.

Esse novo método surgiu por conta da mudança na forma com que os usuários realizam suas buscas e interagem com conteúdos na web.

Por isso, será preciso utilizar esse novo conceito e adaptar sua página e seu trabalho a algumas técnicas que possam otimizar ainda mais o seu site.

Confira também: Vantagens do Cloud Server.

O que são Topic Clusters?

O termo foi criado pela HubSpot, os especialistas de marketing da empresa notaram que os usuários estão mudando o jeito de agir na hora de realizar buscas online. A partir daí eles sugeriram um novo formato de organização de conteúdo que vise melhorar a experiência dos usuários.

Na tradução para o português, Topic Clusters significa grupos de conteúdo. A ideia é que os blogs comecem a organizar grupos de conteúdo, ou seja, uma série de postagens conectadas a um único tópico.

É como se você fizesse vários textos sobre o mesmo assunto, dando um enfoque específico a cada um e os integrasse.

A intenção é que os usuários possam entender melhor o seu conteúdo, consumindo em multiplataforma e que você consiga colocar o seu site ou blog no topo dos rankings de busca.

Os Topics Clusters são tidos como o futuro do SEO por que é um método que vai de encontro as mudanças de consumo de conteúdo que vem acontecendo nos últimos tempos. Antigamente as pesquisas se pautavam por resultados mais específicos, hoje em dia elas são orientadas pelas intenções de busca dos usuários.

O que acontece é um processo de humanização das máquinas, por assim dizer. Hoje é possível entender melhor como o usuário se relaciona na internet e isso tende a acontece cada vez mais. A relação entre máquina e pessoas deve se tornar mais amigável.

Em resposta as mudanças, o Google implementou, por exemplo, as buscas por voz que aumenta o nível de entendimentos dos bots na hora das pesquisas na plataforma.

E esses novos meios de realizar uma busca na internet tendem a mudar bastante o conceito e as práticas de SEO.

Baixe já o Ebook: CloudLinux.

Já que os usuários podem conversar com os buscadores, os bots conseguem entender melhor e responder com pesquisas mais assertivas. Em resumo, os Topic Clusters evidenciam que o foco não deve estar apenas na palavra-chave.

Mas é claro, a palavra-chave ainda é um elemento essencial para um bom ranqueamento em SEO, o que quero dizer é que fazer um conteúdo voltado para ela, pode não ser mais a solução para atingir o topo do ranking de buscas.

E a proposta do Topic Clusters é justamente essa: Criar todo um contexto através de links internos entre artigos relacionados para mostra aos bots que seu conteúdo é mais completo e oferece ao usuário uma melhor experiência.

Como aplicar o Topic Clusters em minha estratégia de SEO?

Para implementar o Topic Clusters em seu blog, por exemplo, é preciso ter uma estrutura organizada de postagens.

Somente isso tornará possível para os bots entenderem a relação entre os textos e melhorar os seus resultados nos sites de busca.

O Topic Cluster funcionar organizando os grupos de conteúdo para aumentar a relevâncias das páginas. Para isso, o primeiro passo é fazer um post pilar, aquele que será o centro do seu grupo de conteúdo.

Geralmente, o post pilar é mais amplo, então o ideal é que o usuário possa através dele, buscar outros artigos mais específicos dentro do seu próprio site através da linkagem interna. Por isso, o conteúdo desse texto deve ter uma visão geral sobre um assunto.

O post pilar deve ter o foco na palavra-chave mais abrangente, focando no topo do funil e ser o mais extenso possível para abranger mais assuntos e assim aumentar a relevância do conteúdo.

O segundo passo é criar diversos conteúdos mais específicos mais que tenham relação direta com o post pilar. Esses conteúdos serão os que vão transformar seu post pilar em destaque nos rankings de busca.

Como a estratégia já indica, os Clusters deve ser mais específicos, tratando de sub tópicos do post pilar com maior aprofundamento.

Esses textos podem ser produzidos com foco em qualquer etapa do funil, mas tendem mais a serem encaixada no meio e no fundo.

O ideal é que esses textos não se destaquem pela palavra-chave ou pela extensão, mas pelo detalhamento do conteúdo. Os clusters devem cumprir a função de destrinchar tópicos do post pilar.

Mesmo sem ter um número definido, o ideal é que você produza pelo menos 10 clusters para cada post pilar. A partir disso, é preciso colocar outro fator importante para a estratégia funcionar: a linkagem interna.

Uma boa distribuição de links internos é o que faz o seu grupo de conteúdo funcionar. Mesmo não sendo tão valiosos como os backlinks, a linkagem interna cria uma grande rede de postagens, que destacam a sua relevância e geram autoridade para o seu site.

Em resumo, é preciso linkar cada cluster ao seu texto pilar e linkar todo o grupo de conteúdo no post pilar.

Assim é criada toda a estrutura integrada do conteúdo como se fosse uma rede de compartilhamento em torno do que você mesmo produz.

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog. Conheça o nosso serviço de Cloud Gerenciado.

Gostou de nosso post? Compartilhe: