Não perca a nossa BLACK FRIDAY, descontos REAIS e VITALÍCIOS de 50% OFF SAIBA MAIS!

Quais são as técnicas do ranqueamento no Google?

Quais são as técnicas do ranqueamento no Google?

06/09/2017 às 18:01Marketing

Com a internet, o processo dos consumidores de tomar a decisão para uma compra, mudou bastante. Atualmente ninguém compra um produto ou contrata um serviço sem antes fazer pesquisas e comparações na rede.

A consulta a sites através de mecanismos de busca se tornou um hábito do cotidiano. Por isso, é muito importante saber usar as técnicas de SEO (Search Engine Optimization) para ranquear melhor suas publicações no Google e em outros sites de busca, conquistando as primeiras posições.

Aparecer nas três primeiras páginas dos mecanismos de busca é decisivo para o sucesso ou o fracasso de sua empresa, o que determina seu desempenho. O uso das técnicas e o entendimento sobre o ranqueamento é válido para qualquer dono ou funcionário de uma empresa, por evidenciar fatores que ajudam a atrair potenciais clientes.

Adotando as práticas é possível alavancar o número de visualizações em seus conteúdos, dando maior relevância dentro dos sites de buscas e consequentemente perante o público. A maior vantagem de trabalhar com SEO é que as técnicas são aplicadas organicamente, ou seja, sem nenhum investimento financeiro.

Veja também nosso post: SEO no WordPress. Saiba como fazer!

Confira alguns fatores essenciais para melhorar o seu ranqueamento no Google e em outros sites de busca:

Pesquise e otimize palavras-chave

Para conseguir afirmar o posicionamento de sua empresa nos mecanismos de buscas é preciso pesquisar e entender a relevância das palavras-chave. Trabalhar esses gatilhos eleva o número de busca e é uma saída bastante indicada. O Google permite a utilização de ferramentas gratuitas para encontrar os melhores termos.

Através do Google Trends ou do Google AdWords Planner é possível conseguir definir as melhores palavras-chave ligadas ao seu texto. A palavra-chave é um dos pilares para ranqueamento no Google, sem a pesquisa desse termo é praticamente impossível fazer com que seu conteúdo tenha uma notória relevância.

Otimize o título do seu conteúdo

A primeira e óbvia dica é que a palavra-chave principal deve ser inserida no título do seu texto. O Google ranqueia melhor títulos mais curtos, ele deve ser atrativo e deve ter entre 50 e 67 caracteres. Pensar na escolha das palavras do seu título é essencial para definir o posicionamento de seu conteúdo nos mecanismos de busca.

O algoritmo do Google que define a relevância dos conteúdos e os ranqueia, leva em consideração o título como um dos fatores principais para colocar o seu texto no topo das pesquisas do Google. Se realizarmos uma busca e não encontramos nenhum resultado relacionado à palavra-chave escolhida por nós, não há como ranquear no Google e com isso a otimização nos sites de busca será inútil.

Com isso, criar um bom título ajuda a atrair e encontrar o conteúdo de maneira mais rápida, melhorando sua posição nos mecanismos de busca. Um título ruim por mais que seja posicionado não recebe muitos cliques. Pensar na palavra-chave e no título ranqueia melhor seu conteúdo.

Utilize meta-descrição

A meta-descrição é uma descrição breve sobre o conteúdo da página, deve ter no máximo 153 caracteres e explicar resumidamente sobre seu conteúdo, é importante colocar sua palavra-chave no meio do pequeno texto.

Como essa tag não é um dos fatores principais de ranqueamento do Google, resumindo não influencia muito no seu posicionamento, o foco deve ser na descrição do conteúdo, que aparece durante as pesquisas para atrair mais usuários através dos mecanismos de busca. As meta-descrições devem ser o mais atrativas possíveis.

Pesquise e adote medidas de Link Building

Esse trabalho consiste em conseguir links para sua página e assim ter mais relevância na internet e nos sites de busca. Existem dois tipos de usar esse fator ao seu favor:

Links Internos

Esse tipo de links são muito importantes, direcionando a uma outra página dentro do seu site. Os links internos ajudam a ganhar mais autoridade nos conteúdos da sua empresa e ainda é bem fácil de ser implementado, afinal está tudo sobre o seu controle.

Com a linkagem interna você consegue aumentar a relevância da sua página e garantir que o internauta passe mais tempo dentro do seu site. Use essa técnica com cuidado, o excesso de links em um conteúdo pode ter o efeito reverso, o que dificulta a leitura e acaba gerando uma maior rejeição dos usuários.

Confira também SEO para iniciantes

Links Externos

Os links externos devem ser colocados de acordo com a sua relação com o conteúdo, somente com parcerias e autoridade sobre um assunto, você conseguirá fazer com que seu site gere e ganhe links externos de outras marcas parceiras.

O jeito mais fácil de adotar essa técnica é trocar informações com pessoas interessadas em seu conteúdo e criar parcerias para a troca de links externos, fazendo uma tática de divulgação mútua, o que aumenta a relevância de ambos os conteúdos.

Considere fatores como usabilidade e acessibilidade

Um site com boa acessibilidade e usabilidade é fácil encontrado nos mecanismos de buscas. Para isso é necessário desenvolver um bom layout para seu site e trabalhar o SEO praticamente junto, durante a criação do seu site.

Afinal, não adianta ter um site bem ranqueado se os usuários rejeitarem seu site por que seu layout não é atrativo e nem funcional. Da mesma forma, não tem lógica ter um site com um layout bem usual e acessível e sem otimização para o ranqueamento em sites de busca.

Uma dica para conseguir melhores posições no ranqueamento do Google é não carregar seu site de cliques e nem pesar no volume de ferramentas e dados, para que o usuário acesse seu conteúdo com facilidade. Isso pode desestimular a busca e dificultar um melhor ranqueamento, que considera a indexação de páginas como um fator importante para montar o ranking.

Tamanho do conteúdo

O Google não ranqueia muito bem os textos mais curtos, o conteúdo deve ter no mínimo 300 palavras para ser melhor considerado nos mecanismos de busca. Os textos com 500, 1000 ou mais palavras têm a tendência de ranquear melhor por apresentarem mais fatos sobre os assuntos abordados.

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog. Conheça os planos da ISBrasil para hospedagem de site, registro de domínio, loja virtual, e-mail marketing, entre outros.

Gostou de nosso post? Compartilhe: