Perdeu posições no Google? Veja 4 dicas para voltar ao topo!

12/11/2018 às 20:39 Loja Virtual

Perdeu posições no Google? Veja 4 dicas para voltar ao topo!

Com as recentes e cada vez mais frequentes atualizações nos algoritmos do Google, muitos sites que figuravam no topo dos rankings de busca sofreram grandes quedas dentro do buscador e com isso também perderam parte de suas audiências.

Mas fora aqueles que estavam no topo, muitos sites que estavam numa crescente melhora no ranking também despencaram. E como muitos dizem, o mais difícil não chegar ao topo, mas se manter no topo.

Os benefícios que estar na primeira página, entre as primeiras posições do ranqueamento são vários, por exemplo, o aumento do tráfego orgânico no seu blog.

Uma prova disso é que após as últimas atualizações, muitos sites que acumulavam mais de 1 milhão de visualizações mensais não conseguem mais passar nem dos 500 mil.

Para alguns, a perda foi ainda maior, cerca de 60 % da audiência foi perdida. E claro, apesar das mudanças nos algoritmos terem prejudicado muitos sites, não se botar a culpa apenas nisso.

É preciso seguir as novas tendências, mas também é necessário estar preparado por que as primeiras posições do Google estão cada vez mais concorridas e por isso independente do nicho de mercado, temos cada vez mais adversários para superar.

Por isso, nesse texto vamos apresentar a você, algumas dicas para que você construa uma estrutura de recuperação de suas páginas a qualquer queda de relevância nos motores de busca.

Dessa maneira, você poderá garantir que as quedas nos resultados de busca sejam apenas momentâneas.

Entenda os motivos para você ter perdido posições no Google

O primeiro passo para resolver um problema é saber a sua origem. Dessa maneira é preciso entender quais motivos levaram a perda de posições dentro do ranking do Google. E existem problemas mais fáceis e mais difíceis de serem resolvidos.

Se você apenas perdeu algumas posições no Google nos resultados de busca de certas palavras-chave não é tão difícil voltar ao topo, agora se o seu site caiu bruscamente é não aparece nas primeiras páginas do buscador, você terá bem mais trabalho para voltar ao topo.

 Para entender os motivos da queda é preciso fazer uma análise completa, somente assim você encontrará a origem do problema.

E para identificar o que causou a perda de posições é preciso saber o que seus concorrentes fizeram, que você não fez.

Isso é muito importante para conseguir otimizar o seu conteúdo. Por isso, entre nas páginas dos concorrentes mais bem posicionados e faça uma comparação com as suas.

A partir daí, você conseguirá identificar pontos onde você precisa melhorar.

E para retomar posições, não basta apenas criar conteúdo com um padrão mais alto. É importantíssimo, que você também atualize conteúdos antigos que já estiveram melhor ranqueados.

Fora essa análise dos concorrentes, faça uma análise de suas páginas e veja o que se pode melhorar e atualize o conteúdo.

Confira também: Vantagens do Cloud Server.

Crie títulos melhores

Um dos pontos que sempre devem ser otimizados são os títulos. Busque sempre testar novos formatos de título para conseguir entender quais são os que mais atraem audiência para o seu site.

As formas de consumo na internet estão sempre mudando e por isso é essencial compreendê-las para não ficar para trás.

Outro motivo para estar sempre criando e atualizando títulos é que a taxa de cliques no Google é um dos principais fatores de ranqueamento.

Quanto melhor for a sua taxa de cliques, melhor será sua posição no Google. E claro, criar bons títulos é essencial para que usuários cliquem nas suas páginas.

Baixe já o ebook de CloudLinux.

Otimize sua estratégia de links internos

Além de apontar outros sites e de praticar link building para melhorar o ranqueamento do seu site no Google, cuidar da linkagem interna também é muito importante.

Sempre é importante verificar seus links internos, isso por si só gera mais relevância do conteúdo no Google.

Veja, por exemplo, se há algum link quebrado no seu site. Isso é muito importante, lembre-se que você pode ter migrado páginas do seu site e esquecido de redirecionar links em conteúdos antigos.

Ter uma estratégia de linkagem interna é excelente maneira de valorizar a palavra-chave principal do texto.

Então, além de conferir links internos, busque também verificar os links que apontam para outros sites. Se algum deles está quebrado, veja se você pode redirecionar para um link interno.

Fazer uma revisão na sua estratégia de linkagem interna pode ajudar a otimizar o SEO do seu site e fazer com que suas páginas recuperem prestígio, e consequentemente, posições no Google.

Aposte na criação de Clusters

Os Topic Clusters são o futuro do SEO. Esse conceito consiste basicamente em criar um grupo de postagens sobre certo tema, otimizando linkagem interna e aprofundando o conteúdo dentro do seu site.

Num exemplo prático, digamos que você tenha um blog sobre marketing digital e você pretende criar um cluster sobre “tendências do SEO para 2019”, já antevendo as mudanças na otimização de sites para o próximo ano.

Você pode criar um texto pilar, ou seja, mais abrangente e mais genérico, abordando um assunto como um todo.

A partir daí, você pode criar outros conteúdos mais específicos sobre cada dica ou tendência de SEO para 2019, entrando mais a fundo no assunto.

Depois de formar esse grupo de postagens, faça uma linkagem interna entre todos os conteúdos, isso ajudará a aumentar a relevância de todos eles, melhorando posições no Google e também provavelmente aumentando o tempo de cada sessão e o número de páginas visitadas no seu site.

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog. Conheça o nosso serviço de Cloud Gerenciado.

Gostou de nosso post? Compartilhe: