Os principais fatores que o Google usa para ranquear um site

11/12/2017 às 12:17 Ajuda

Os principais fatores que o Google usa para ranquear um site

Quem trabalha com marketing digital, sabe que o Google utiliza vários critérios quando algum usuário realiza uma pesquisa em seu buscador. Esse motor de busca leva em conta centenas de critérios como a quantidade de tráfego orgânico e os anúncios pagos para classificar os resultados de busca. Mas existem alguns fatores de ranqueamento que ainda são muito importantes para que todo site fique bem posicionado. Se você quer saber quais são, leia essa artigo até o final e saiba mais.

O que são fatores de ranqueamento?

São os critérios que o Google utiliza para identificar quais são os resultados mais relevantes quando um usuário realiza determinada pesquisa em seu motor de busca. Alguns desses fatores de ranqueamento são mantidos em segredo pela empresa. Já outros fatores são divulgados em formato de diretrizes técnicas de design e qualidade que visam melhorar a experiência e navegação por parte do usuário. Existem também outros fatores que são descobertos ao longo do tempo por estudiosos da área através de testes, análises e cruzamento de informações. Conheça a seguir os principais fatores que o Google usa para ranquear um site.

Autoridade de domínio

É considerado o fator de ranqueamento mais importante do Google quando o assunto é SEO. Geralmente, sites com uma grande autoridade de domínio conseguem ficar facilmente nas primeiras posições para as pesquisas relacionadas ao seu ramo de negócio. A melhor forma de você ter uma boa autoridade de domínio é conseguir bons links que indiquem para o site de sua empresa. Não é tarefa fácil e é importante frisar que não basta ter uma grande quantidade de links que indiquem para o site de sua loja virtual, pois esses links precisam vir de outros sites de qualidade e que possuem relação com o seu negócio, produto ou serviço. Uma boa forma de conseguir links de qualidade para o seu site é divulgando um conteúdo relevante e que possa ser compartilhado por outros sites. Leia nosso post sobre Dicas de SEO para WordPress

Links para a página

Esse fator de raqueamento segue a mesma linha de raciocínio da autoridade de domínio. Os links para páginas específicas do seu site também influenciam no ranqueamento do mesmo, principalmente se os sites que fazem a linkagem para o seu website utilizam textos relacionados ao tema da sua página ou palavra-chave alvo. Pode não parecer, mais os links são de extrema importância para o Google. Que tal baixar nosso e-book sobre WordPress totalmente grátis?

Palavras-chave e conteúdo

O uso de uma palavra-chave alvo durante a programação do seu site também possui grande influência no ranqueamento do Google. A palavra-chave pode estar presente no título do seu conteúdo, na URL, heading tags, textos alternativos da imagem, no nome do arquivo de imagem, entre outros. Vale sempre lembrar que o Google está dando cada vez menos ênfase para a pesquisa da palavra-chave, principalmente se essa pesquisa é realizada diversas vezes. Dessa forma, o uso de sinônimos e expressões similares estão se tornando mais válidos, atualmente.

conteúdo da página é um dos fatores de ranqueamento mais importantes. O Google espera que seu site tenha um conteúdo relevante, de qualidade e que proporcione aos usuários da internet, uma experiência única. Esse motor de busca é capaz de identificar se o conteúdo de determinado site é relevante ou não para os usuários. Dessa forma, sempre escreva um bom conteúdo e certifique-se de que ele esteja sanando as demandas do seu público-alvo relacionadas ao seu site.

Qualidade técnica dos sites nas páginas

A qualidade técnica do site de sua empresa e de suas respectivas páginas também são um dos fatores de ranqueamento do Google.  Esse motor de busca espera que você use uma boa tecnologia em seu site, um HTML semântico e que sua aplicação possua uma excelente velocidade de carregamento, além de ser um site responsivo. A utilização de micro dados no seu website se torna cada vez mais importante. Eles permitem fazer marcações no código fonte do seu site para que o Google processe e compreenda melhor as informações que estão presentes em determinada página. Aprimore mais seus conhecimentos em Hospedagem para WordPress

Engajamento e dados de tráfego

Mais um importante fator de ranqueamento do Google. Existe uma discussão no mercado de SEO sobre a possibilidade do Google utilizar dados de uso dos usuários que passam pelos seus serviços como o Google Chrome e Google Analytics. Tudo isso seria feito através do big data, que utiliza e cruza todas as informações possíveis com o objetivo de entregar conteúdos cada vez mais relevantes para seus usuários. Por exemplo, se um usuário acessou determinado site através de uma pesquisa no Google e teve uma experiência positiva durante a navegação, esse site é bastante relevante para aquele termo de pesquisa, pelo menos para o Google.

Uso da palavra-chave no domínio

O uso da palavra-chave em seu domínio está diretamente relacionado com os rankings do Google.  Possuir um domínio com uma palavra-chave alvo tem maior relação com o recebimento de links de outros sites com texto âncora exatamente igual a palavra-chave usada. Quando for fazer uso de um domínio, procure utilizar a marca de sua empresa nele, pois ao longo do tempo será muito mais positivo em questões de raqueamento e consolidação de sua marca na internet. Conheça mais sobre os serviços oferecidos por nossa empresa em Hospedagem com WordPress

Redes sociais

Nos últimos anos, com o boom das redes sociais, o Google começou a ranquear melhor os sites que possuíam um alto índice de engajamento nas redes sociais. Isso significa que, para você tornar seu site mais presente na internet, existe a necessidade de explorar as redes sociais em que o seu público se encontra. Investir nas redes sociais pode tornar seu site mais visível para todos.

Ainda tem dúvidas sobre os principais fatores que o Google usa para ranquear um site? Sem problemas. Em nosso blog você pode ler mais sobre esse e outros assuntos.

Gostou de nosso post? Compartilhe: