O que não é permitido em anúncios do Facebook?

O que não é permitido em anúncios do Facebook?

15/07/2017 às 15:10Email Marketing

Conheça alguns motivos que podem fazer que os anúncios de sua empresa sejam rejeitados pela maior rede social do mundo e suas vendas irem pelo ralo

Quem tem uma empresa ou loja virtual e está pensando que pode anunciar no Facebook da forma que quiser, está completamente enganado. São bastante comuns os problemas dos anunciantes com as regras dessa rede social que querem, a todo custo, fazer os anúncios de seus produtos ou serviços. Como toda empresa, o Facebook tem normas a serem seguidas, o que faz muitas pessoas terem suas contas banidas ou seus anúncios rejeitados. Denúncias de usuários, quando bem argumentadas, podem fazer seus negócios despencarem. Através desse artigo você vai ficar sabendo o que não é permitido em anúncios no Facebook e conhecer algumas dicas para que isso não aconteça com sua loja virtual.

Não respeitar as regras gerais

A regra é bastante simples: o Facebook tem normas claras para postagem de anúncios e o usuário que não as respeitam, não terá a aprovação. Todas as mensagens de sua página devem estar de acordo com as propostas da rede social e nenhum anúncio poderá ter cunho ofensivo, enganoso ou fraudulento. Os anunciantes, que podem ser pessoa física ou jurídica, deverão ter apenas uma conta ativa no Facebook.

Não respeitar os dados e a privacidade dos usuários

Na verdade, respeito é a palavra chave em muita coisa na vida e com os negócios não é diferente. Todos os dados dos usuários, deverão ser respeitados e o Facebook não autoriza partilhar informações de qualquer tipo de publicidade com fontes externas. Seu perfil deverá ser único e o Facebook não vai permitir que você use dados alheios para aprimorar o perfil de sua empresa, apenas se for permitido pelo usuário. Se você estava pensando em vender seus dados para outra pessoa, pode tirar o time de campo na hora.

Não respeitar as regras de postagens dos anúncios

Na era do mundo globalizado, tudo é sabido em um piscar de olhos, certo? Com os anúncios no Facebook é a mesma coisa. O texto do anúncio deve ser relevante para o produto em questão, caso contrário, será excluído. Postar áudios ou animações em flash sem a mínima interação com o usuário, também não é permitido pela rede social. Conteúdo com apelo sexual e uso incorreto da gramática, são motivos fortes para seus anúncios deixarem de serem vistos por milhares de pessoas.

Leia também nosso post sobre: Estratégias para vender mais com a loja

Anúncios falsos e desrespeito as pessoas

O Facebook espera o mínimo de bom senso dos seus anunciantes em serem verdadeiros, mas nem sempre isso acontece. Anúncios falsos e de cunho desrespeitoso com os outros usuários serão automaticamente banidos. Tudo que fizer apologia à raça, origem, orientação sexual, religião, qualquer tipo de deficiência, situação financeira ou idade, será excluído pelo Facebook. Anúncios com mais de 20% de imagens também não serão permitidos e sempre é pertinente tomar cuidado com anúncios de bebidas alcoólicas, pois esses devem seguir as leis aplicáveis do país.

Não dar a atenção devida ao conteúdo do anúncio

Em nenhuma hipótese, o seu anúncio deverá ter caráter ofensivo, além de estar dentro das normas do Facebook. Promover drogas, armas, ou outras coisas ilegais, logicamente não será permitido. Violação dos direitos de outras pessoas, sites de namoro com conteúdo sexual, alguns vídeos com reprodução automática, alguns jogos online e os famosos spams, também são motivos de exclusão pelo Facebook. O conteúdo deve ser chamativo e dentro dos padrões aprovados pela rede social. Nada de inventar moda e querer ser diferente dos concorrentes, pois nem sempre esse é o melhor caminho, pelo menos em se tratando do Facebook.

Não respeitar outros grupos de anúncios

Lembre-se que milhares de pessoas estarão vendo os seus anúncios e vários feedbacks negativos, pode fazer com que o Facebook os remova. Para que sua empresa ou loja virtual alcance o sucesso esperado com os anúncios no Facebook, você também não deve intimidar as outras pessoas, se passar por outro usuário, não fazer nenhum tipo de postagem que tenha sexo, nudez ou cunho provocativo, além de não postar nada que seja excessivamente chocante, sensacionalista ou violento. Nada de postagem ilegais, discursos de ódio, assédios ou insultos de qualquer natureza. Siga as regras e seja feliz!

Não respeitar o direito das pessoas

Querer remar contra a maré para vender algum produto ou serviço, às vezes, não funciona, pelo menos em anúncios no Facebook. É claro que seguir regras nem sempre é fácil, mas é necessário para as coisas funcionem, principalmente se tratando de uma rede que tem milhões de usuários em todo o mundo. Se você não respeita os usuários que compraram um produto do seu concorrente e os menospreza ou faz de tudo para prejudicá-los, a sua conta pode ser banida do Facebook. Independentemente da situação, o respeito é sempre bem-vindo. Anúncios desrespeitosos a outras pessoas ou aos concorrentes também não são tolerados pelo Facebook.

Em suma, se você deseja que seus anúncios sejam vistos pelos seus seguidores ou por qualquer usuário, respeite toda situação e siga as normas do Facebook. Ao invés de ficar tentando denegrir a imagem do concorrente ou de alguma pessoa que não comprou seu produto, porque não ser criativo e postar um anúncio bacana com um conteúdo exclusivo, que vai praticamente obrigar os usuários a clicar nele para ver do que se trata? Suas chances de vender pelo Facebook, aumentarão significativamente, pois trata-se da rede social mais famosa do planeta e com milhões de contas ativas. Criar um anúncio chamativo e respeitar os usuários e as regras da casa, podem ser o segredo do sucesso nas redes sociais, concorda?

Ainda tem dúvidas sobre o que não é permitido em anúncios no Facebook? Sem problemas. Você pode ficar por dentro de outras dicas bacanas em O que é um Site mobile? Queremos saber se sua empresa teve um retorno satisfatório com os anúncios postados nessa rede social. Toda troca de experiências sempre é muito válida, principalmente se tratando de conquistar e fidelizar clientes em um mercado cada vez mais disputado.

 

Gostou de nosso post? Compartilhe: