Não perca a nossa BLACK FRIDAY, descontos REAIS e VITALÍCIOS de 50% OFF SAIBA MAIS!

Novidades que você precisa saber do PHP 7

Novidades que você precisa saber do PHP 7

18/10/2017 às 11:06NovidadesAjuda

Conheça todas as novidades sobre o PHP 7 em comparação à versão anterior e como ele pode ajudar no desenvolvimento web. Antes de você saber sobre as novidades do PHP 7, deve relembrar o que é e para que serve o PHP. Trata-se de uma linguagem de script open source de uso geral que é bastante utilizada e especialmente feita para todo o desenvolvimento web, podendo ser embutido na linguagem HTML. Em dezembro de 2015 foi lançada a versão PHP 7, sucessora da então defasada 5.6. Essa nova versão traz várias novidades que você vai ficar sabendo através desse artigo, além de ser um grande salto para o PHP quando o assunto é performance e sintaxe de código. Confira as novidades da nova versão.

Muito mais performance

Essa é uma das novidades que você precisa saber sobre o PHP7. Sua performance em relação ao 5.6 teve um considerável aumento de 15% a 25%, de acordo com os primeiros testes feitos. É claro que existem vários testes de performance no mercado e alguns até sugerindo mais velocidade do que quando se está usando a HHVM.

Novas palavras reservadas

Na versão PHP 7 você tem a sua disposição, novas palavras reservadas incluindo os nomes de todos os tipos de dados primitivos (int, float, bool, string, true, false, null) além de resource, scalar, object, mixed e numeric. Vale lembrar que todas essas palavras não poderão ser usadas em namespaces, nomes de classes, interfaces e traits. Tal mudança foi feita para possibilitar a criação de classes representando todos os tipos escalares em uma versão futura, que pode ser a 7.1, não é?

Aproveite e leia nosso post sobre Como funciona a hospedagem de sites?

Remoção dos construtores do PHP 4

Na antiga versão do PHP 5 ainda era tolerado aquele jeito arcaico de escrever os métodos construtores para as classes. Na versão PHP 7 a coisa mudou para melhor e tais construtores antigos lançarão um aviso do tipo E_ DEPRECATED. Isso mostra toda a evolução de uma versão para outra, o que facilita e muito a vida do desenvolvedor web.

Operador Espaço-nave: <=>

Mais um das incríveis novidades que você precisa saber sobre o PHP 7. Esse operador funciona de forma semelhante aos sinais de<, <=, ==, > e >=,mas se a comparação for igual, o resultado será 0. Se o valor da esquerda for maior, o retornará 1 e se o valor da direita for maior, o resultado será -1. É mais um avanço que vai facilitar a vida de quem trabalha com programação web.

Declaração do tipo de retorno

Com esse nova versão do PHP 7, é possível declarar qual o tipo de retorno dos métodos assegurando o retorno de maneira mais precisa e consistente, do que simplesmente escrevendo um PHPDoc. Através desse avanço, agora é possível prevenir que um método que sobrescreve outro, quebre o retorno original, além de impossibilitar que um método retorne da forma null, o que força um boa prática da programação. Essa é mais um das importantes novidades que você precisa saber sobre o PHP 7.

Já que você leu até aqui, porque não aproveita e baixa nosso e-book totalmente grátis?

Tipos de parâmetros escalares

Se você é programador web, provavelmente sabe que a versão anterior PHP 5.6 já permitia que determinado argumento de um método fosse do tipo array ou uma instância de alguma classe. Agora como PHP 7 é possível declarar que um parâmetro precisa ser de um tipo escalar como: int, float, string e bool.

Operador Null Coalesce

Mais uma das novidades que você precisa saber sobre o PHP 7. Várias vezes, o programador vê a necessidade de testar se determinado parâmetro existe ou não. Se ele existir, retorna o seu próprio valor e caso não exista, retorna um valor alternativo. Na versão PHP 5.6 o programador precisa testar a existência do parâmetro antes de retornar seu valor, caso contrário ele recebia o famoso E_ NOTICE. O PHP 7 permite o uso do operador, que testa antes a presença do parâmetro e não lança aquele aviso se o mesmo ainda não estiver definido.

Que tal se inteirar mais sobre assunto clicando em Como criar um blog

Sintaxe uniforme de variáveis

No PHP 7 foi introduzida toda uma sintaxe de variáveis consistentes, que vão permitir ao programador realizar operações sobre aquelas expressões arbitrárias, aninhadas ou diferentes. O mais bacana é que toda a operação é semelhante ao que você já está acostumado a fazer na linguagem Java Script. Vai ser uma mão na roda, não acha?

Remoção de tags alternativas

Algumas tags alternativas para abrir e fechar código, presentes na versão anterior do PHP foram removidas, pois constatou-se que mais atrapalhavam do que o contrário. São elas: <%, <%=, %>, <script language="php">, </script>  

Agrupar classes inclusas com a expressão USE

Antes, o programador utilizava diversas classes de um mesmo namespace. Agora o trabalho ficou mais fácil e será possível agrupa-las ao invés de repetir o namespace para cada classe. Na versão anterior, isso era pura perda de tempo, certo? Essa também é uma das novidades que você precisa saber sobre o PHP 7.

Operador de divisão de inteiros

Na versão do PHP 7 foi adicionado um novo operador (%%) e uma nova função (intdiv). Ambos os recursos permitem a divisão de um inteiro por outro, retornando o resultado um número inteiro ao invés de um float. Por exemplo: 3%%2 (ou intdiv(3,2)) resultaria em 1, enquanto 3/2 o resultado seria 1,5. Não há dúvidas que essa versão do PHP 7 chegou para facilitar a vida de todo programador, certo?

Conheça mais sobre nossos serviços em Hospedagem de Site

Classes anônimas

Assim como as funções anônimas, chamadas de closures, as classes anônimas são úteis quando são criadas ou utilizadas no tempo de execução. Tudo foi pensado na otimização do tempo quando se trabalha com programação.

Ainda tem dúvidas sobre as novidades que você precisa saber sobre o PHP 7? Sem problemas. Em nosso blog você pode ler mais sobre esse e outros assuntos. Conte sempre com nossa equipe com o que precisar!

Gostou de nosso post? Compartilhe: