Mantendo sua base de dados limpa com o WP-Sweep

05/09/2018 às 13:47 WordPress

Mantendo sua base de dados limpa com o WP-Sweep

Manter a sua base de dados com tamanho reduzido e com apenas o necessário para rodar ajuda a economizar espaço, dinheiro e melhora a velocidade de processamento do seu blog, veja como manter tudo organizado com poucos cliques.

Claro que todos esses procedimentos poderiam exigir conhecimento um pouco mais técnico, comandos SQL para serem utilizados no painel phpMyAdmin, mas com toda certeza esse é o caminho mais longo e nem todos tem essa técnica ou mesmo tempo para um processo mais demorado.

Pensando nisso vamos recorrer aos plugins, que estendem as funcionalidades do painel administrativo do wordpress facilitando muito esse tipo de tarefa.

A base de dados do wordpress é no geral muito simples, mas com o tempo começa a ficar com resíduos de plugins instalados, publicações na lixeira, revisões de posts, entre outros itens que ao longo do tempo irá apenas se acumular.

Nem sempre isso vai ser perceptível, depende muito de como é a sua rotina de uso do painel, quantidade de plugins, modificações ou plugins incompatíveis ou que mexam de alguma forma errada com a base de dados.

Um blog muito recente com certeza não tem muitas informações, já um blog de muitos anos que nunca realizou uma otimização na base de dados vai notar muitos resíduos no momento da otimização.

Uma base de dados limpa com poucos cliques

A tarefa do WP-Sweep é manter a praticidade, após instalar o plugin você não precisa realizar nenhuma configuração, basta acessar o menu Ferramentas e a página do Sweep, suas opções são bem simples, traz apenas as informações da sua base e numera todos os dados “otimizáveis” das tabelas.

Você encontra revisões, rascunho automático, lixeira, metadados duplicados ou órfãos, além de comentários marcados como spam, não aprovados ou deletados.

Toda a limpeza pode ser feita manualmente, clicando no botão de ação “Sweep” que existe em cada tabela (você pode também ver os detalhes do processo, com as tabelas que serão manipuladas) ou utilizar o botão “Sweep All”, que realiza todas as tarefas da lista.

Um complemento gratuito para o processo

Existem plugins de otimização que possuem recursos gratuitos mas tem a sua versão PRO, isso as vezes é um problema quando a opção que você mais precisa não é liberada, por isso complementamos a tarefa do WP-Sweep com o plugin Garbage Collector, ele busca tabelas “sem dono”, restos de plugins desinstalados.

Além disso ele possibilita uma busca na estrutura de tabelas padrão do wordpress, muitos plugins deixam dados na tabela wp_options por exemplo, e o Garbage Collector da conta do recado, limpando todas as informações que já não tem mais um plugin associado.

Conclusão 

Tabelas podem ser muito rápidas ou muito lentas, e isso nem sempre é culpa do provedor de hospedagem, mas sim da quantidade de informação irrelevante que precisa ser processada para que a solicitação seja atendida.

Plugins ruins, mal configurados, podem criar tabelas com dados duplicados, aumentando e muito o tamanho da sua base, e com isso o tempo de processamento, por isso fique atento as dicas e mantenha sempre uma rotina de otimização configurada.

Todos os planos de hospedagem wordpress possuem alta velocidade no processamento das bases de dados, você pode testar qualquer um dos planos por 30 dias.

Gostou de nosso post? Compartilhe: