LinkedIN lança reações para estimular interação na rede social

18/05/2019 às 09:05 Redes Sociais

LinkedIN lança reações para estimular interação na rede social

Desde o ano passado, o LinkedIN tem lançado novos recursos para estimular a interação na plataforma.

A rede é a principal plataforma social corporativa do mundo, mas parece que ela quer competir diretamente com redes sociais de entretenimento como Facebook e Instagram.

O último recurso lançado foi a reação as postagens na rede.

Agora, além das recomendações, os usuários também podem reagir a postagens. A tentativa da rede é estimular a interação entre os usuários, levando contato profissional a um outro nível.

A ideia é deixar as discussões na rede mais dinâmicas.

Recentemente a empresa anunciou um novo recurso de transmissões ao vivo.

As novas possibilidades apresentadas pela rede social apontam o caminho para a otimização da experiência dos usuários e crescer como rede social, mostrando que para fazer negócios não é preciso ser chato ou formal demais.

Quais são as opções de reação no Linkedin?

O contato entre usuários agora pode ser mais personalizado com o uso das reações, assim como aconteceu no Facebook, a ideia é que por conta das reações, os usuários do LinkedIN sejam estimulados a reagir a qualquer postagem interessante feita na rede.

Confira abaixo as reações disponíveis no novo recurso do LinkedIN:

Like (curtir):

Essa reação já era um dos padrões da rede. Com o novo recurso, o like ganhou uma nova roupagem no LinkedIN.

Apesar de todo já saber o que ganhar um like significa, essa reação não consegue expressar os mais variados tipos de reações que temos ao ler uma postagem.

Inclusive, foi por essa insuficiência no like que o Facebook testou outras reações até adotar o modelo que exibe hoje.

No LinkedIN, a ideia de continuar o curtir, após o lançamento de outras reações é padronizar o botão para um certo tipo de reação, deixando as outras opções para indicar de forma precisa a reação do usuário com uma postagem na rede.

Celebrate (comemoração):

Por ser uma rede social com foco no ambiente corporativo, a reação celebrate chega como um botão que permite demonstrar a comemoração pela conquista de outros usuários da rede.

Por enfatizar as relações profissionais, o uso do celebrate se estende além de datas de aniversário, a ideia é que os usuários utilizem a reação para celebrar um novo cargo, uma nova formação, o lançamento de algum projeto, etc.

Isso vai de encontro ao que buscamos no ambiente corporativo: a busca por resultados.

Confira também: Melhor Hospedagem de Site.

Love (amei):

Essa reação já conhecida do Facebook, também chegou ao LinkedIN. A intenção é que os usuários a usem sempre que gostarem muito de uma postagem.

Se você gostou de uma ação de alguma empresa, de um texto ou de um case, o love é a reação indicada.

Essa é uma forma de medir a qualidade de uma ideia ou ação realizada por uma empresa ou mesmo por um profissional.

O principal objetivo da reação love é gerar mais empatia entre os usuários, potencializando as chances de criação de vínculos, que vão além do ambiente profissional com outros usuários.

Insightful (perspicaz):

Essa reação é exclusiva do LinkedIN e própria para uma rede que tem como principal foco o mercado corporativo.

Empresários, empreendedores e profissionais de qualquer área vivem de insights.

Essa reação é excelente para ser usada quando alguma postagem lhe der alguma ideia ou mesmo dar uma dica útil para realizar uma ação, por exemplo.

Curious (curiosidade):

Essa é a reação perfeita para quem não sabe como reagir a uma postagem. A reação curious é a que mais tem potencial de geração de engajamento na rede social.

O seu uso é estimulado para os usuários que virem um post e não conseguirem entender ou tiverem alguma dúvida sobre um tema.

A ideia é que com essa razão, o autor da postagem, entre mais a fundo no assunto e possa provocar uma discussão maior no LinkedIN.

Como as reações podem me ajudar a interagir no LinkedIN?

Geralmente, quem cria um perfil no LinkedIN tem dois objetivos principais: conseguir um emprego e ampliar sua rede de contatos.

E as reações podem ajudar a “quebrar o gelo”. O LinkedIN sempre foi considerado uma rede social bastante formal, devido ao seu público-alvo.

A intenção do LinkedIN é aumentar o destaque da rede como uma geração de engajamento maior com as reações e assim captar novos usuários, além de fidelizar usuários antigos.

E para os usuários essa é uma boa chance para atingirem o seu objetivo dentro da rede. E mais, com as reações é possível levar os contatos profissional também para o âmbito pessoal.

O LinkedIN busca mostrar que fazer negócios ou buscar uma vaga de emprego não precisa ser algo completamente formal.

É possível socializar numa rede social profissional, é essa a ideia. Essa pode ser uma maneira de crescer como profissional dentro da rede social.

Quanto mais reações positivas, tiverem suas postagens, maiores devem ser suas chances de trabalho, então use as reações para se destacar e chamar a atenção nas postagens de empresas e profissionais interessantes.

Conclusão

O LinkedIN vem buscando trazer mais dinamismo ao ambiente corporativo. A ideia é que a rede social vire um Facebook de negócios.

Gerando mais negócios através de uma interação mais leve e dinâmica entre os usuários.

Com isso, podemos esperar ainda mais novidades do LinkedIN para 2019.

Com certeza, vem muito mais por aí, e é importante estar por dentro das tendências para aproveitar os recursos para conquistar a tão sonhada vaga de emprego, achar um sócio para começar um negócio, etc.

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog. Conheça o nosso serviço de Hospedagem de Site.

Gostou de nosso post? Compartilhe: