Desenvolvedor freela: como fazer um briefing de maneira eficiente

12/02/2020 às 08:47 Ajuda

Desenvolvedor freela: como fazer um briefing de maneira eficiente

Quem trabalha como desenvolvedor freelancer precisa de todo o material possível para realizar um bom trabalho. E falando dos fatores que podem aumentar a qualidade do trabalho, neste artigo vamos mostrar como fazer um bom briefing. I

sso é essencial para o sucesso com os clientes.

O briefing deve ser montado no primeiro contato com o cliente, assim é possível entender melhor a sua ideia, discutir opiniões e fechar um projeto dentro da realidade.

Essa é uma das formas mais fáceis de entender o cliente, o que nem sempre é fácil.

O que é um Briefing?

Antes de entrarmos nas dicas para a montagem de um bom briefing, vamos voltar ao significado desta palavra.

Briefing é um documento muito popular no meio publicitário, onde se definem uma pauta de perguntas para o cliente, com o intuito de entender melhor o projeto, reunindo o maior número de informações possíveis sobre um projeto.

O objetivo do briefing é, neste caso, ajudar o desenvolvedor freela a desenvolver um projeto com mais assertividade, aumentando o nível de satisfação dos seus clientes.

Basicamente, o briefing nos ajudaria a entender como o cliente quer que com um novo site ou aplicativo, por exemplo.

O briefing nos daria um Norte para guiar todo o nosso trabalho. Assim, o que torna um briefing eficiente são o conjunto de perguntas feitas para o cliente, elas devem ir ao ponto certo, ser precisas para que possamos tirar todas as nossas dúvidas.

Um bom briefing é 100% esclarecedor.

Como fazer um briefing eficiente?

Muitos se perguntam sobre o que é bom briefing, afinal o que não faltam são modelos a seguir na internet.

Mas quais modelos de briefing realmente funcionam? Bom, já respondemos acima que o torna um briefing eficiente é o seu conjunto de perguntas. Então, para lhe ajudar ainda mais, separamos abaixo algumas dicas:

Não defina um único padrão de briefing

A nossa primeira dica é bem simples, basta saber que você não deve definir um único padrão de briefing para seus próximos projetos.

Isso porque cada caso é um caso, é preciso se adaptar a diferentes estilos de projeto.

Cada cliente pensa de uma forma diferente e tem suas próprias necessidades. Por isso, um briefing que pode ser eficiente para um projeto, pode acabar não ajudando muito em outros.

É lógico que existem perguntas padrão que devem ser feitas para qualquer cliente, mas você não deve se restringir a elas para desenvolver o seu trabalho.

Construa o briefing em uma reunião presencial

Com o avanço da internet, hoje é muito fácil fazer briefings através uma conversa com o cliente por e-mail ou por whatsapp, por exemplo.

Porém, o encontro presencial ainda é a forma mais efetiva de desenvolver um bom briefing e entender as necessidades do cliente.

Nada supera o olho no olho, na hora em que precisamos tirar o máximo de informações para formatar um projeto. Por isso, sempre que possível busque encontrar o cliente pessoalmente para um bate papo.

Esse pode ainda ser um diferencial em relação a concorrência, trazendo mais personalidade para o seu atendimento.

Confira também: Vantagens de ter um blog em WordPress.  

Crie um briefing inicial

Para lhe ajudar a extrair um maior número de informações sobre o projeto com o cliente, o ideal é que você divida o briefing em duas partes.

A primeira parte, nós vamos chamar de briefing inicial. Esse briefing é algo mais simples e superficial, que deve ser focado em conhecer mais as necessidades do cliente e do projeto.

Esse briefing deve ser construído no primeiro contato com o cliente. Assim, quando passarmos para a segunda parte, que é mais elaborada, você já terá as informações base e conseguirá tirar todas as suas dúvidas.

O briefing inicial deve focar em entender qual é o público-alvo do cliente e quais são os objetivos do projeto.

Qual é a imagem que o site precisa passar? O que o site deve ter? Dentre outros detalhes, é preciso conseguir entender a ideia raiz do projeto.

Crie um briefing elaborado para tirar todas as dúvidas

Essa segunda parte do briefing deve ser construída em uma reunião com menos pressa. A ideia é que as perguntas aqui sejam mais elaboradas e busquem tirar todas as dúvidas sobre o projeto.

Dessa maneira, é possível discutir com o cliente ponto a ponto, para alinhar as expectativas, o que é muito importante para o sucesso do projeto.

As perguntas devem focar em informações relacionadas a layout, identidade visual, animações, estilos e outros pontos do projeto.

Isso é essencial para definir prazos e montar um cronograma de trabalho. Clientes também prezam pelo respeito aos prazos e o briefing é a ferramenta ideal para auxiliar no desenvolvimento mais rápido e assertivo de um novo projeto.

Seja honesto com o cliente!

Não prometa o que não pode cumprir! Acho que isso resume o que quero dizer nessa frase. É preciso ser honesto com o cliente.

A ideia é que vocês possam discutir ponto a ponto do projeto, para que se alinham as expectativas.

Essa é a melhor maneira de evitar descontentamentos e reclamações exageradas de ambas as partes.

A ideia é que você seja transparente com o cliente, assim você pode mostrar a ele, que não é possível fazer tal coisa ou que isto custará mais caro.

Você pode mostrar a sua criatividade e apresentar suas próprias ideias ao cliente, mostrando a eles novas e melhores formas de desenvolver o projeto.

Gostou? Confira mais dicas com o nosso blog. Conheça o nosso serviço de Hospedagem de Site.

Gostou de nosso post? Compartilhe: