Cultura de inovação em pequenas empresas: Como adotar

23/09/2018 às 11:10 Ajuda

Cultura de inovação em pequenas empresas: Como adotar

Quando ouvimos falar de inovação, esse termo pode entrar pela nossa cabeça de diversas formas. Ele é, de certa maneira, bastante vago e aberto para diversas intepretações, mas quando falamos de inovação em empresas, a coisa já muda de patamar.

Na era digital é muito comum que todos queiram se atualizar e inovar o máximo possível, mas é difícil entender como essa inovação pode ser feita. É por isso que o termo cultura de inovação foi criado.

Mas você sabe o que ele quer dizer e como você pode adotar a cultura da inovação em pequenas empresas? É exatamente disso que o texto de hoje ira tratar!

Interessado em Hospedagem de Site? O nosso plano básico de hospedagem é o produto ideal para quem está começando na internet. Temos planos  a partir de R$ 9,90 (pagamento mínimo trimestral para esse plano).

O que é cultura da inovação?

Como já falamos anteriormente, inovação pode ser um termo muito vago e definir o que isso significa pode parecer relativamente simples, mas é muito mais difícil definir e alcançar do que se poderia pensar.

Para começar, é necessário compreender como a equipe de uma pequena empresa lida com o risco. Todas as empresas lidam com risco; existe risco em fazer algo e há risco em não fazer nada.

O risco é uma parte de estar no mundo dos negócios, e como a empresa está preparada para gerenciar tal risco é um fator principal em sua capacidade de entrar em novas arenas competitivas. Em outras palavras, a sua capacidade de inovar.

É aí que começamos a falar de cultura da inovação em pequenas empresas. Cultura, aqui, significa um conjunto de valores, ideias, hábitos e também tradições.

Ao mesmo tempo que inovar é trazer algo novo, isso quer dizer então que esses valores, ideias, hábitos e tradições precisam ter um foco em uma coisa específica: Fazer com que o novo aconteça.

Podemos então resumir e criar a definição de que cultura de inovação é todo esse movimento que uma empresa tem em busca do novo.

Ideias novas são valorizadas, espaços de debate são abertos e há espaço para correr riscos, claro que sempre com consciência disso.

E agora que você já sabe o que significa esse termo, fica mais fácil para assimilar como adotar a cultura da inovação em pequenas empresas.

Conheça aqui o nosso serivço de loja virtual!

Como adotar a cultura da inovação em pequenas empresas?

Existem diversas técnicas que podem ser utilizadas para que uma empresa pequena aprenda como adotar a cultura de inovação.

Falaremos de algumas das atitudes mais importantes para que ela não seja apenas um discurso raso, ou seja, para que você realmente adote essas medidas e tenha uma verdadeira cultura de inovação em sua empresa. Essas medidas são:

  • Inovação em áreas não tão óbvias
  • Encoraje sempre!
  • Olhe além da tecnologia
  • Construa uma cultura livre de culpa

Iremos falar mais profundamente sobre cada uma dessas medidas e explicar como elas ajudam a adotar a cultura de inovação em pequenas empresas.

Inovação em áreas não tão óbvias

A imagem mental de inovação de funcionários de uma empresa provavelmente se limita aos saltos inovadores voltados para o mercado que são mais falados nos jornais e redes sociais, como inovações de gigantes como a Google, por exemplo.

Fazer com que os funcionários expandam essa definição é essencial, então você deve explicitar explicitamente para eles as três áreas distintas que estão maduras para a inovação: produto, processo e modelo de negócios.

É importante deixar claro para seus funcionários que você está procurando por contribuições em qualquer um desses três pontos. Assim acabam surgindo inovações nessas áreas que não são as mais óbvias e que por isso acabam passando longe da mente de muitos dos funcionários.

Leia também: Passo a passo para criar um blog

Encoraje sempre!

Se tem uma coisa que funcionários precisam para que a cultura de inovação seja adotada de verdade, é de serem encorajados a fazer isso.

As ideias acabaram surgindo, primeiro timidamente e, com o passar do tempo, você vai perceber que elas vão surgir de todos os lugares naturalmente.

Existem diversas formas de encorajar seus funcionários e isso vai os manter ativos, querendo buscar melhores soluções e sempre dentro dos valores da empresa.

Olhe além da tecnologia

Pode ser tentador pensar que a tecnologia por si só detém a chave para desbloquear a inovação. No entanto, quem busca adotar a cultura a inovação em pequenas empresas deve se concentrar onde a tecnologia interage com a mudança social.

E isso é um fator determinante. Qualquer empresa que pretenda inovar de maneira a impactar verdadeiramente tanto o desempenho quanto o relacionamento com os clientes deve ser igualmente perspicaz.

Pense não só na tecnologia como um fim, mas como um meio para que ela possa gerar alguma mudança.

Construa uma cultura livre de culpa

Esse é uma das principais dicas para conseguir fazer uma empresa crescer de diversas formas, e é particularmente importante se você quiser incentivar a inovação.

Os funcionários sentem-se mais seguros com o status quo do que com a inovação, porque é menos provável que leve a erros visíveis e, consequentemente, a culpa.

Então, se você quer que os funcionários experimentem, eles precisam saber que seus esforços para inovar estarão livres de repercussões negativas. É como uma grande brainstorm que traz um novo ar para o seu local de trabalho.

Leia também: Hospedagem ilimitada existe?

Conclusão

O mundo dos negócios hoje em dia exige que você seja versátil, que mude rapidamente e saiba se adaptar às novidades constantes.

E exatamente por isso a ideia de uma pequena empresa saber como adotar a cultura de inovação parece uma ótima saída não só para se destacar em um mercado que fica cada vez mais concorrido, mas também para manter a empresa ativa e livre de possíveis problemas.

É claro que há certos riscos que podem ser corridos, mas como já dissemos anteriormente, eles existem na ação ou na inação, ou seja, é melhor arriscar e conseguir colher todos os frutos do esforço do que ficar estagnado em um mundo que exige mudanças constantes.

Gostou de nosso post? Compartilhe: