Como funciona e o que é o WordPress

13/07/2020 às 11:16 WordPress

Como funciona e o que é o WordPress

O WordPress funciona como um CMS (Content Management System), que traduzido para português seria Sistema de Gerenciamento de Conteúdo. Mas afinal, o que é isso?

Um Sistema de Gerenciamento de Conteúdo é utilizado para gerenciamento de sites, blogs, lojas virtuais, etc. Para compreender, pense que o CMS está para um site, assim como o Windows está para sua CPU.

Com um CMS é possível gerenciar o conteúdo de seu site sem utilizar linhas de programação, o que torna a usabilidade de um site mais acessível, o que gera oportunidade para mais criadores de conteúdo.

Apesar de ser uma ferramenta que visa simplificar e democratizar o desenvolvimento de sites, isso não significa que seja uma ferramenta amadora ou vulnerável. Empresas e organizações grandes também utilizam o Wordpress.

Como exemplo podemos citar: o site da Casa Branca, o site de arquivos nacionais do Reino Unido, o site da nGinx e esses são só alguns exemplos

WordPress.com e WordPress.org

Porém para quem deseja utilizar o WordPress é preciso escolher entre uma das duas versões: WordPress.com ou WordPress.org

A diferença é que basicamente o WordPress.com é um serviço de criação de sites com servidor próprio (o que exclui a contratação de uma hospedagem). Já o WordPress.org é um tipo de plataforma que pode ser instalado em sua hospedagem para o seu gerenciamento de conteúdo.

Embora as duas versões possuam diferenças importantes, elas são bem semelhantes em seus recursos e experiência do usuário. Ambas contam com os seguintes recursos:

  • Adicionar, programar e editar posts para o site
  • Inserir e editar arquivos de mídia
  • Criação de novas páginas, menus, categorias e tags para o site
  • Moderação de comentários
  • Acompanhar dados básicos de acesso
  • Editar a aparência do site
  • Níveis de permissão para os administradores da página
  • Criar, adicionar, editar e excluir plugins e extensões
  • Exportar e importar dados do site ou blog

Porque utilizar o WordPress

Se você já possui um site e considera trocar seu CMS ou se você nem tem um site ainda, existem bons motivos utilizar o WordPress. Esta plataforma recebe atualizações constantes e uma comunidade ativa, o que proporciona um nível de segurança dificilmente conseguido por outros sistemas de gerenciamento de conteúdo.

Além disso, ele oferece a experiência completa de um site desde o back-end até o front-end. Você pode personalizar de forma livre o layout de seu site, utilizar temas e manter uma estrutura e suporte, sem perder a praticidade que este CMS oferece.

Além disso tudo o WordPress investe em uma área constantemente esquecida: a experiência do usuário. A sua interface é intuitiva e fluida, o que torna todo o trabalho de gerenciar um site muito mais dinâmico.

site do wordpress

 

Plugins essenciais

Dissemos que o diferencial do WordPress.org é a vasta biblioteca de plugins. Mas por quê? Esses plugins permitem todo tipo de modificação em seu site, seja para torna-lo um e-commerce ou apenas para otimizar seu conteúdo

Nossa lista recomenda alguns plugins essenciais para turbinar sua hospedagem com WordPress:

  • Yoast SEO:  Sem dúvidas este será seu braço direito na otimização de conteúdo. Além de funções básicas como inserção de palavras chave, edição de título e meta description, ele oferece uma revisão indicando os pontos fortes e fracos do seu conteúdo.
  • Google Analyticator: Com esse plugin você vai otimizar a sua análise do Google Anaytics, importando dados e métricas.
  • Flare: E para acelerar sua divulgação nas mídias sociais, o Flare permite incluir botões de compartilhamento em todos seus conteúdos.

Variedade de temas

O seu site pode ter a cara que você quiser. Deseja um site de notícias? Escolha o tema adequado. Uma loja? Temos um tema pra isso também. Ou um streaming? Enfim, a sua biblioteca de temas nunca te deixará na mão.

E o melhor é que muitos dos temas gratuitos oferecem uma vasta gama de opções para personalizar de acordo a cara do seu projeto. Você também pode comprar temas completos ou até criar os seus se tiver conhecimento suficiente.

Instalar um tema é tão simples quanto instalar um plugin: basta procurar na biblioteca, baixar e instalar.

Primeiros passos

Devido as diferenças, começar a utiliza o WordPress.com e diferente de começar a utilizar o WordPress.org. Para o primeiro os passos são mais simples:

  1. O primeiro passo é acessar o site do WordPress.com e clicar em “Comece agora” e preencha seus dados.tutorial cadastrar no wordpress
  2. Agora escolha o domínio, mas lembre-se que sempre será .wordpress.com a menos que seja pago. cadastrar dominio no wordpress
  3. Escolha o plano que mais se enquadra nas suas necessidades

Embora seja simples, o WordPress.com oferece algumas limitações como a ausência de plugins e extensões. E estes são o que torna o WordPress.org um sistema de gerenciamento de conteúdo tão espetacular.

Se você deseja instalar o WordPress.org em seu site, isto pode ser feito manualmente ou você pode contratar um serviço de hospedagem com WordPress. Os nossos planos de hospedagem com WordPress contam com certificado SSL gratuito, teste de 30 dias e migração grátis e sistemas de backup diário, semanal e mensal.

Otimizações básicas

E como falamos em temas, falemos em otimizações. O tema irá influenciar diretamente o desempenho de seu site, não tenha dúvidas. Embora hoje a maioria dos temas do WordPress sejam responsivos, ainda assim não são todos portanto certifique-se disso ao instalar seu tema.

Além disso é essencial manter as atualizações sempre em dia, pois além das novas funcionalidades que podem otimizar o seu trabalho, isso trás mais segurança. E se a segurança é importante por si só, saiba que ela também influencia grandemente. Além disso, sempre procure por mais dicas de SEO para seu site ficar sempre otimizado.

Erros mais frequentes

Existem alguns erros que acontecem uma hora ou outra em qualquer site, vamos falar dos principais que acontecem aqui e ensinar como resolvê-los:

  • Erro interno do servidor (erro 500): Para resolver esse erro você pode verificar se o arquivo .htacess está corrompido ou incluir a linha de código -‘WP_MEMORY_LIMIT’, ‘64M’- ao arquivo wp-config.php. Se nenhum dos dois resolver, você pode ainda desativar plugin a plugin tentando encontrar o problema em um deles.
  • Erro 502 (Bad Gateway): Este erro acontece quando a página não carrega para seu visitante. Como se trata de um problema mais técnico, o melhor é contatar um suporte.

Gostou de nosso post? Compartilhe: