Como fazer Linkagem Interna - SEO

10/05/2018 às 19:11 SEO

Como fazer Linkagem Interna - SEO

Ter um blog significa ter que traçar estratégias o tempo todo, em diversos aspectos. Enquanto pensamos na programação e na otimização para os usuários, também precisamos pensar na diagramação, nas cores, no layout, na fonte, entre diversas outras coisas.

Mas se há um acordo entre os donos de negócios online sobre o que é o mais importante, a resposta sempre será o conteúdo. A preocupação com o conteúdo é sempre a maior e não é por acaso.

Um site bonito e agradável pode atrair leitores e clientes em potencial, mas é o conteúdo que vai garantir o seu sucesso e gerar boas conversões. 

Mas ter um bom conteúdo não significa simplesmente saber escrever bem, todas as estratégias precisam também ser levadas para esse conceito, principalmente as de SEO. Um texto bem escrito e bem estruturado com certeza está acima da maioria do conteúdo do que se vê na internet, porém, ainda há mais uma coisa a ser pensada.

Uma vez que você tem um bom conteúdo, sua intenção é levar os leitores para outras páginas, fazê-los acessar e chegar até o seu produto, até seu serviço, baixar o seu e-book, etc.

Mas para que isso ocorra é necessário que o uso de links esteja também muito bem estruturado. Quer saber como usar links internos em seu blog e fazer com que seus leitores possam usufruir do seu conteúdo da melhor maneira? É sobre isso que iremos falar no texto de hoje.

O Que é um Link Interno?

Antes de tudo é importante saber do que estamos falando. A definição de link interno é basicamente de um link que conecta uma página de um site a uma página diferente no mesmo site. Em um link interno, o domínio de origem e o domínio de destino são os mesmos. Ou seja, é a forma que você leva um leitor de uma página para a outra do seu próprio blog.

Podemos citar 3 grandes vantagens de usar links internos em seu blog:

  • Melhora a navegação de seus leitores
  • Te ajuda com a autoridade da página
  • Ajuda na arquitetura e estruturação do blog como um todo

E agora que você já entendeu o que é, podemos falar diretamente sobre como usar links internos em seu blog de maneira que te beneficie.

Você conhece o nosso serviço de Hospedagem de Sites? O plano básico de hospedagem é o produto ideal para quem está começando na internet, com preços a partir de R$ 9,90 (pagamento mínimo trimestral para esse plano).

Linke Produtos com Produtos

Muitas vezes os clientes estão interessados em um determinado produto, mas ao perceberem outro semelhante, acabam mudando o objetivo da compra ou até mesmo comprando os dois. Essa é uma técnica utilizada por diversos sites, mas que deve ser utilizada com cautela para o tiro não sair pela culatra.

Aqui podemos citar uma lição que precisa ser aprendida por todos que querem aprender a usar links internos em seu blog: Cuidado com o excesso. Colocar produtos semelhantes pode ser benéfico, mas colocar produtos demais pode fazer com que o cliente perca o interesse e com que a página perca o foco. Isso nos leva diretamente ao próximo item da lista.

Coloque links que se relacionem

Com dissemos no tópico anterior, links demais podem fazer com que a página perca o foco. Mas o que isso quer dizer realmente? Quer dizer que o seu conteúdo precisa estar bem estruturado.

Se você tem uma página de calçados femininos para o inverno, alguns outros calçados do mesmo estilo podem interessar, mas quando você coloca links de sapatos masculinos, de chinelos ou de bolsas de verão, esses links começam a perder o sentido. (Leia também: Como Criar um Blog?)

Essa regra vale não só para links de produtos com outros, mas também com conteúdo de texto.

Imagine que você possui um blog de esportes e está falando sobre futebol, mas quer muito colocar um link sobre o seu novo post sobre a última corrida de Formula 1. Será que é válido? Provavelmente não.

Tente sempre relacionar o assunto do se conteúdo com os links que são colocados. Essa é a melhor forma de garantir que os usuários se interessem e que você atinja seus objetivos.

Tenha uma lógica em seus links

Para entender como usar links internos em seu blog, você precisa entender que seu site deve seguir certa lógica. Isso também significa saber estruturar bem o seu blog.

Se determinado usuário está lendo um artigo que você fala sobre o seu produto, o próximo link pode ser sobre um artigo que aprofunde o leitor ainda mais sobre o assunto ou até mesmo o de venda. Se sua intenção final é vender, diversos tipos de conteúdo com níveis de profundidade diferentes, mas que se relacionam entre si, são ideias para você.

Dessa forma você consegue guiar o leitor até a página de vendas. Ele, por sua vez, vai ter mais confiança no produto ou serviço que está adquirindo, uma vez que já leu diversas coisas suas sobre o assunto.

Não force a barra

Se podemos dar uma dica final, é a dica de que os links devem estar sempre a favor do leitor e não ao seu favor. Isso significa que colocar um pequeno texto sobre sapatos e depois diversos links de venda não é a melhor forma de conquistar clientes com seu blog.

Antes de mais nada, ofereça um conteúdo relevante, crie links desse conteúdo com outros assuntos e faça com que o leitor queira clicar no seu produto, não que ele se sinta obrigado. (Leia: O Mito da Hospedagem Ilimitada).

Conseguiu aprender como usar links internos em seu blog? É claro que isso não é algo simples que se começa a fazer da noite para o dia, mas o primeiro passo é, sem dúvidas, estudar e entender todos os conceitos por trás da estruturação de um bom conteúdo.

Somente dessa forma você vai fazer com que os seus textos ganhem mais força e sejam mais visitados não só por um grande público, mas pelo público que você deseja atingir. Agora é começar a botar a mão na massa, dia após dia, post após post e conferir os resultados!

Gostou de nosso post? Compartilhe: