Benchmarking na gestão de marketing. Saiba como fazer

25/04/2018 às 16:33 Ajuda

Benchmarking na gestão de marketing. Saiba como fazer

Independente do ramo do negócio em que você atua, a probabilidade de existir muitas outras empresas com objetivos e público-alvo parecidos é imensa.

Por isso, para conquistar o mercado, somente cuidar do seu negócio não basta e você também precisa pesquisar as atividades e ações dos seus concorrentes para fazer benchmarking.

Mas o que é isso? Como o benchmarking é importante para o seu negócio? Leia esse artigo até o final e saiba mais a respeito. 

O que é benchmarking? 

Trata-se da prática de acompanhar todos os concorrentes com o objetivo de incorporar boas ações e aperfeiçoar os seus próprios métodos. O benchmarking é extremamente comum no mundo dos negócios. Afinal de contas, qual empresa não quer saber como está se saindo em meio à concorrência desenfreada? 

A ideia principal do benchmarking é ajudar sua empresa a vender mais ou até se tornar líder de mercado. Tudo isso com base no acompanhamento do desempenho da concorrência, que vai te ajudar a tomar melhores decisões.

A regra é muito clara: se ela está crescendo fazendo determinada ação, você pode tentar incorporar algo parecido à sua estratégia. Se ela errou em uma outra ação, você já sabe o que não fazer. 

Atualmente, fazer benchmarking é fundamental no marketing digital, onde as empresas disputam cada vez mais um lugar no Google ou uma curtida no Facebook e Instagram. Por isso, você deve saber fazer métricas, acompanha-las e conhecer bem as ferramentas. Leia nosso post sobre hospedagem ilimitada existe?

Por que fazer benchmarking?    

Primeiramente, é importante reforçar o motivo que você deve incluir o benchmarking na sua estratégia de marketing digital. Essa é uma prática que traz vantagens indiscutíveis para qualquer negócio.  Conheça os motivos.

Identificar oportunidades perdidas

Seus concorrentes estão melhores sucedidos do que seu negócio? Isso quer dizer que você deixou passar desapercebido algum detalhe importante. A análise competitiva vai mostrar algumas oportunidades que você deixou passar e que ainda podem ser aproveitadas sem muito esforço, como uma palavra-chave que não ranqueou, por exemplo. 

Encontrar lacunas na sua estratégia e tomar melhores decisões

Quando você está administrando um negócio, é de extrema importância considerar múltiplos fatores. Eles são tantos que a chance de alguma coisa escapar da sua atenção é grande. Por isso, toda atenção é pouca nesse assunto. 

Uma análise minuciosa dos concorrentes te ajuda a descobrir as falhas na sua própria estratégia. Você percebe onde eles estão errando e onde estão se saindo melhor do que você. Por exemplo, uma rede social que tem enorme presença do seu público-alvo e na qual a concorrência já está forte. Conheça nosso serviço de Hospedagem Empresarial

Prever os próximos passos dos concorrentes    

Estar alinhado com a estratégia dos seus concorrentes é a melhor forma de ganhar a disputa pelo cliente. Dessa forma, você entenderá todas as tendências da estratégia de marketing deles e conseguirá antecipar suas ações. 

Mas mesmo quando conseguir ultrapassa-los, continue verificando o desempenho deles para garantir que você está na direção certa. Não se esqueça de que um concorrente pode lançar uma campanha com tudo para viralizar e deixar sua empresa a ver navios. 

Conhecer melhor seus clientes

Analisando os concorrentes você tem uma oportunidade única de entender porque seus clientes potenciais escolham determinada empresa e não outra.

Além de descobrir o que os faz comprar, quais estratégias e técnicas mais os atraem, inclusive nos sites de cada um. Conhecer a fundo o seu público-alvo é crucial para todo o negócio. 

Pesquisa orgânica: quais palavras eles utilizam para falar com os clientes?

Palavras-chave são a base da maioria das estratégias de marketing online. São através delas que os clientes pesquisam quando procuram por serviços, produtos e informações na internet. 

Por isso, as keywords representam um bom ponto de partida para o seu benchmarking. Analisando as palavras-chave do seu concorrente, dê especial atenção às seguintes métricas:

1 – Volume de pesquisa da palavra-chave 

Essa métrica mostra qual é a quantidade média de pesquisas dessa palavra-chave por mês. Você pode usar esses dados para medir a popularidade da keyword na rede.

2 – Ranqueamentos

A pesquisa de ranqueamentos do seu concorrente pode mostrar as suas reais chances de ultrapassá-lo nas páginas de pesquisa do Google. Aprimore seus conhecimentos em Hospedagem de site gratuita

3 – Número de Resultados 

É o número de URLs que aparece na pesquisa orgânica para uma palavra-chave específica. Essa métrica mostra a competitividade de uma palavra-chave em toda a internet. 

4 – Tendência 

Essa métrica ajuda rastrear o quanto seus clientes estavam interessados numa palavra-chave específica no último ano e qual é a sazonalidade dela.

Algumas ferramentas que podem ajudá-lo a comparar as suas palavras-chave com as dos seus concorrentes. 

Pesquisa Paga: Como eles conduzem as campanhas de AdWords?

Observe os seguintes elementos ao fazer sua análise:

1 – Custo e tráfego estimados do anúncio 

A maioria de plataformas de pesquisa CPC (custo por clique) consegue estimar esses dados baseando-se nas posições das palavras-chave desse domínio Sabendo quanto dinheiro o seu concorrente gasta com tráfego e o que ele recebe em troca, pode revelar muito sobre a estratégia dele.

2 – Alterações no padrão de gastos com publicidade

O seu concorrente está aumentando ou diminuindo os gastos com publicidade? Essas informações podem ajudar a entender como ele desenvolve a campanha de PPC dele.

3 – Palavras-chave

Investigue quais palavras-chave seu concorrente está visando e repare na posição do anúncio contendo cada uma delas.

Mídias Sociais: como seus concorrentes interagem com o público?

Hoje em dia, as mídias sociais são uma ferramenta de negócios poderosa. As empresas fazem de tudo para aumentar o alcance deles com a ajuda de redes sociais. 

1 – Quantidade de seguidores

A quantidade de seguidores é uma métrica enganosa, porque nem sempre significa que a sua estratégia é eficaz. De qualquer maneira é uma métrica que vale a pena ser rastreada.

2 – Engajamento

Se a quantidade de seguidores não é a melhor métrica para estimar o sucesso nas mídias sociais, o engajamento é a métrica perfeita. Para começar, avalie a quantidade de curtidas, comentários e compartilhamentos.

Só com isso você já consegue entender se a campanha do seu concorrente foi eficaz e se você pode se inspirar em algumas táticas dele.

3 – Configurações do perfil

Muitas vezes, o seu perfil é a sua primeira chance de apresentar o seu negócio, por isso é tão importante fazer as configurações corretas. Entretanto essa tarefa pode parecer difícil se você não souber o que seu público espera.

Felizmente você pode obter mais informações sobre isso olhando os perfis dos seus concorrentes. Confira as fotos de perfil, descrições e links postados.

Ainda tem dúvidas? Sem problemas. Em nosso blog você pode ler mais sobre esse e outros assuntos. 

Gostou de nosso post? Compartilhe: