5 softwares para gerenciar o marketing da sua empresa

24/03/2019 às 19:09 Ajuda

5 softwares para gerenciar o marketing da sua empresa

Os softwares utilizados para o gerenciamento do marketing de sua empresa representam uma economicidade de tempo e de dinheiro, logo, aumentam a lucratividade de sua marca, prevê possíveis problemas em tempo de serem corrigidos, evitam o retrabalho e tornam mais eficazes o seu processo.

Atualmente, é inevitável entre as empresas de sucesso que suas atividades sejam automatizadas, pois, isso é sinônimo de otimização das tarefas da empresa, de modo que a equipe de gestores pode se dedicar com mais empenho em outras atividades.

Isso por que quando ajuntadas várias pessoas com métodos e ideias específicas, a dificuldade para que essa diversidade se torne algo pragmático e realmente eficaz na hora de trabalhar é real.

O gerenciamento do marketing da marca, nesse sentido, trata-se de uma série de softwares que compõem um sistema unificador de dados, automatizando os processos da empresa, fazendo com que eles se tornem mais seguros e mais rápidos, convertendo toda a entrega em algo mais eficiente.

Com ele, os dados podem ser salvos de maneira prática e os resultados podem ser conferidos mediante o acesso aos relatórios que são automaticamente gerados.

As novas tecnologias, nesse caso, somam à rotina das empresas e otimizam a lida com o marketing, por exemplo e, entre os softwares mais utilizados para a gestão, destacam-se:

1 – Conta Azul:

é utilizado para a gestão financeira de sua empresa de marketing e é indicado para as pequenas e médias empresas, sendo um dos mais completos do mercado.

Sua atuação acontece em três frentes: finanças, estoque e vendas de sua marca,

Com ele, a alimentação automática do estoque a cada compra é feito, sem que seja necessário digitar informações em uma tarefa repetitiva ou se preocupar com a criação de controles paralelos. 

Pode ainda, dar entrada a importações e a devoluções de venda, de maneira automática, além de poder realizar o cadastro dos produtos e fazer a configuração dos impostos, não se atendo às informações fiscais durante toda venda realizada, pois, ela valerá para todas as circunstâncias.

2 – RD Station:

é usado para a gestão do conteúdo em marketing.

É possível criar campanhas de automação para determinados públicos conforme seu perfil e sua instância no funil de vendas, cria também as landing pages com oferta de conteúdo exclusivo por meio de formulário.

Com esse software, a segmentação da base de contatos para que se criem campanhas de e-mail voltadas para o público certo e com altas taxas de conversão em cliques é possível.

Além disso, permite o acompanhamento dos desempenhos das campanhas e a eficácia do e-mail marketing e saber quais são as palavras-chave relevantes para a empresa conforme o que é pesquisado no Google. 

Leia também: O que é Email Marketing?

3 – Survey Monkey:

é responsável pela gestão de pesquisas, possibilitando a criação de questionários online com até quinze tipos de questões, com escalas de classificação e múltipla escolha.

Conta com perguntas preexistentes em sua biblioteca. Se o plano é pago, permite-se a personalização da aparência e do design dos questionários, personalizando esse ambiente conforme a proposta da marca.

O software possibilita a criação de uma URL própria de questionários, de modo que ela poderá ser enviada ao público e, ao fim das perguntas, eles poderão ser redirecionados a um destino promocional, permite também que as respostas sejam rastreadas e lembretes sejam enviados aos questionados.

4 – MailChimp:

esse software faz a gestão de mailing da empresa e é útil para o envio de mensagens para a base de clientes potencial, conforme seu comportamento e suas configurações.

Notas e conversas podem ser adicionadas aos perfis dos clientes para que eles sejam fácil e convenientemente identificados.

Essas funcionalidades podem ser acessadas via desktop ou mobile, comportando-se bem em ambas as plataformas.

5 – Runrun.it:

serve para a gestão de tarefas e do tempo e auxilia o trabalho da equipe da empresa com uma lista de tarefas, cujas prioridades e aspectos são automaticamente entregues por um sistema que calcula quando uma atividade deverá ser entregue em conjunto.

Com isso, é possível acompanhar o passo a passo do projeto, antever seus imprevistos e tornar otimizado o serviço.

Há ainda um sistema de permissões para delegação e recebimento de tarefas em favor de um fluxo de tempo e de trabalho mais bem organizado, gera também relatórios de desempenho para que os colaboradores sejam reconhecidos e, eventualmente, repensem ou repitam suas práticas.

Leia também e descubra Dicas rápidas para aumentar a conversão com o E-mail Marketing!

Gostou de nosso post? Compartilhe: