5 regras que todo freelancer deveria quebrar pelo menos uma vez na carreira

11/01/2019 às 17:07 Ajuda

5 regras que todo freelancer deveria quebrar pelo menos uma vez na carreira

Seguir a carreira de freelancer é quase nadar contra a corrente do trabalho considerado comum.

A forma como você lida com seu trabalho, com seus clientes e consigo mesmo no ambiente profissional é totalmente diferente da forma como você lidaria se tivesse representando uma empresa.

Isso tem total relação com o fato de você ser sua própria empresa, ou seja, de você trabalhar para si mesmo, ser o próprio chefe e funcionário ao mesmo tempo.

Ser quem precisa lidar com as responsabilidades e quem precisa aguentar a pressão disso.

Existem diversos pontos positivos e negativos de trabalhar dessa forma, mas é inegável que é uma maneira diferente do que estamos acostumados.

E por isso hoje separamos uma lista de 5 regras que todo freelancer deveria quebrar pelo menos uma vez na carreira.

Pequenas coisas pré-estabelecidas que dão certo para a maioria, mas que valem a pena ser arriscadas, principalmente quando o seu ambiente de trabalho é tão diferente.

Ficou curioso? Leia o texto até o final e descubra quais são essas regras!

Não comece a carreira sem ter uma garantia

Vamos começar pelo começo. É claro que é importante ter alguma reserva de dinheiro e muita paciência reservada se você quer seguir sua carreira como freelancer, mas a verdade é que não existem garantias quando você trabalha por conta própria.

Sua vida vai ser um mar de incertezas e isso não é necessariamente ruim, apenas diferente do que está acostumado.

Então quando falamos de regras que todo freelancer deveria quebrar pelo menos uma vez na vida, essa tem que ser primeira delas. Ou você pode ficar esperando o resto da vida pela “garantia”.

Você já conhece o nosso serivço de Hospedagem de Site? O plano básico de hospedagem é o produto ideal para quem está começando na internet, com preços a partir de R$ 9,90 (pagamento mínimo trimestral para esse plano). Aproveite!

Pegue todos os trabalhos que puder

Quem tem o controle sobre o futuro da sua carreira é você. Por mais que você possua clientes que possam te ajudar, por mais que você tenha mentores na sua área, no fim das contas, quem decide que rumo você deverá tomar é apenas você.

E se, de repente, você acabar pegando trabalhos que não gosta apenas por dinheiro, você pode acabar ficando dependente deles.

E o mais difícil de tudo é que é quase impossível se livrar disso depois, porque você vai acabar ganhando dinheiro com aquilo que não gosta tanto de fazer e sem tempo para procurar suas mudanças.

Pense muito bem antes de aceitar todo e qualquer trabalho.

Quanto mais tempo você tiver um cliente, melhor

Ok, existem clientes em que vale a pena passar muito tempo, seja pela facilidade como você lida com eles profissionalmente, pelo dinheiro que você ganha ou até mesmo pelo prazer de realizar determinados projetos.

A grande questão é que essa regra nem sempre se aplica. E se há uma regra que todo freelancer deveria quebrar pelo menos uma vez na carreira, essa é com certeza uma delas.

Não tenha medo de dizer não para um cliente que não é tão bom. Ou de parar de trabalhar com um cliente que não te agrada tanto.

Não tenha medo de perder nem de ter que procurar novos desafios. Se isso é uma coisa que você tem liberdade para fazer, simplesmente faça.

Você não precisa de um horário fixo

Quando você ouve falar de um trabalho de freelancer, é bastante comum ouvir falar também da liberdade de horários que esse tipo de trabalhador tem. Isso é algo real.

Como freelancer você pode trabalhar em um horário comercial, mas também existem dias em que você está trabalhando domingo de madrugada.

Porém, deixar que isso seja uma regra pode ser um problema por dois principais motivos. O primeiro é que você pode acabar se desorganizando e, consequentemente, tendo problemas no trabalho.

O segundo motivo é que você acaba passando a impressão de que está disponível o tempo todo, o que pode ser um problema para você aproveitar a sua vida pessoal e que acaba perdendo o sentido do “fazer seu próprio horário”.

Leia também: Passo a passo para criar um blog

Você precisa trabalhar para ter reconhecimento

A frase-título desse tópico não é uma mentira. Você realmente precisa ter trabalhos feitos para ter reconhecimento do mercado. Mas isso não quer dizer que você deve trabalhar de graça para ninguém.

Esse é um dos grandes perigos que freelancers iniciantes correm, já que necessitam de portfólio e muitas empresas, de olho, nisso oferecem trabalhos em troca apenas de portfólio.

Não estamos dizendo que você deve cobrar muito. No início e sem experiência em sua área, é comum que você ganhe menos do que a média, afinal, você precisa trabalhar para ter reconhecimento.

É um tipo de carreira que precisa ser construída como qualquer outra, mas você não deve aceitar trabalhar de graça só por isso.

Como você pôde perceber, as 5 regras que todo freelancer deveria quebrar pelo menos uma vez são, na verdade, conceitos pré-estabelecidos da vida de freelancer, que muitas vezes faz bem seguirmos, mas que é necessário que saibamos a hora de quebrar e renovar nossas carreiras de alguma maneira.

Leia também: Melhor hospedagem de site

Conclusão

E você, já quebrou uma dessas 5 regras pelo menos uma vez? Não custa nada tentar experimentar e ver o que acontece quando testamos algo diferente.

Afinal, uma das principais vantagens de trabalhar de forma independente é exatamente a possibilidade de arriscar e de tentar algo novo.

Por isso não tenha medo, se você perceber que quebrar alguma dessas regras não foi uma experiência positiva, você pode simplesmente voltar à rotina.

Afinal, você trabalha para si mesmo. Não transforme a experiência de trabalhar como freelancer em algo comum e corriqueiro.

Faça a diferença, mesmo que isso signifique quebrar algumas regras vez ou outra. Arrisque. Tente. Experimente. Ao fim de tudo, é pra isso que a vida como freelancer existe.

Gostou de nosso post? Compartilhe: