5 práticas para a eficiência da mídia programática

08/09/2018 às 09:07 Ajuda

5 práticas para a eficiência da mídia programática

Todo mundo que depende da internet para concretizar as suas vendas sabe a importância que os anúncios têm nesse processo.

Muitas vezes é difícil acertar de primeira, sem contar que os resultados normalmente demoram para aparecer.

Porém com o avanço da mídia programática, ou publicidade programática, como também é chamada, o mercado dos espaços publicitários vem se transformando e trazendo ainda mais benefícios para os investidores.

Se você ainda não conhece esse processo, não tem problema. 

Vamos explicar isso no texto de hoje e como ela pode funcionar no seu negócio através de 5 práticas para a eficiência da mídia programática.

Mas afinal, o que é mídia programática?

A mídia programática é um mecanismo que atua através de uma ferramenta na compra e venda de mídia online e espaços publicitários.

Essa automação, que substituiu as reuniões e negociações pessoais tem se mostrado cada vez mais eficiente, já que os mecanismos mostram exatamente aonde você deve investir, indicando a mídia e o público certo.

A grande chave da mídia programática é a segmentação, já que você seleciona seu público e escolhe o melhor horário, ou seja, você atinge as pessoas certas na hora certa.

Com isso os resultados aparecem mais rapidamente e não há desperdício de verba, já que a campanha acaba sento mais certeira.

Conheça o nosso Gerenciamento de Servidor! 

Termos específicos da mídia programática que você precisa saber

Listamos aqui algumas siglas e termos utilizadas quando o assunto é mídia programática.

É importante conhece-los para entender melhor como essa ferramenta funciona.

AD Exchange

É a plataforma onde acontecem as compras e vendas de inventário de mídia online.

RTB

Sigla para Real Time Bidding que é um modelo de compra no AD Exchange, por exemplo, que acontece em tempo real.

DSP

A Demand-side Plataform é uma plataforma utilizado pelo investidor com a finalidade de definir quem será o seu público-alvo.

A DSP e AD Exchange funcionam em conjunto.

DMP

Sigla para Data Management Plataform. A DMP funciona como uma coletora de dados e que também analisam o comportamento dos usuários durante a navegação.

Essas informações podem ser utilizadas pelos anunciantes.

Tranding Desk

São as empresas que o anunciante pode contratar para trabalhar com a mídia programática.

Leia também: Como funciona o Google Adwords?

Confira agora 5 práticas para a eficiência da mídia programática!

Tenha um objetivo

Esse é sem dúvidas o primeiro passo e o mais importante. Sem uma estratégia e sem um objetivo você não irá ter sucesso na mídia programática.

O que você quer é aumentar o número de cliques? Leitores? Compradores? Defina isso e comece a pensar no público que quer atingir e qual meio você pode utilizar para isso. Nessa etapa de criar um objetivo é preciso muito planejamento para poder seguir em frente.

Estude os seus produtos e então comece a se planejar.

Utilize estratégia de camada de dados

O que isso quer dizer? Quer dizer que você precisa filtrar cada vez mais o seu público para que tenha mais chances de sucesso.

Quanto mais você filtrar o seu público, mais perto de um público comprador você vai estar.

Para isso você pode utilizar a estratégia de camada de dados que funciona da seguinte forma, na primeira camada você selecionará todas as pessoas que se interessam por determinado assunto.

Na segunda camada selecione pessoas que gostariam de comprar produtos daquele assunto. Já na terceira camada foque em pessoas que queiram comprar produtos daquele assunto e que você esteja vendendo.

Pronto, aqui está um grupo mais seleto e provavelmente mais perto do engajamento. É nesse grupo que você deve apostar na sua mídia programática.

Enquanto na primeira camada haviam muitas pessoas, na última pode ter restado menos da metade, mas esse grupo é com certeza mais forte do que o primeiro.

Lembre-se menos é mais. Você pode utilizar aqui alguma empresa de DMP para ajudar na seleção do público-alvo.

Você pode se interessar: Como anunciar no Google Adwords?

Escolha a mídia certa

Essa é, sem dúvidas, uma das mais importantes práticas para a eficiência da mídia programática.

Após ter definido o seu objetivo e ter coletado dados e definido o seu público-alvo, você precisa pensar qual a mídia ideal para atingi-los.

Será que vale a pena investir só em computadores ou também em mobile? Será que vídeo é a melhor forma?

É importante saber que cada mídia pode funcionar melhor para cada objetivo e que cada produto deve aparecer de uma maneira em cada mídia, já que possuem formatos e tamanhos diferentes.

Aposte nos diversos anúncios

Com a mídia programática você pode testar várias chamadas e modelos de anúncios.

Ao fazer isso você consegue administrar em tempo real os resultados, observando qual modelo tem trazido mais resultados e qual tem trazido menos.

Assim, você consegue saber como o público tem reagido e está se comportando diante dos seus anúncios.

É importante que você teste vídeos, imagens e chamadas diferentes voltados para o mesmo objetivo, para então, saber com certeza qual tem funcionado melhor.

Observe os resultados

Por último, observe os resultados. Um dos pontos positivos da mídia programática é poder ter em mãos todos os resultados e métricas concretas da sua campanha durante todo o tempo.

Dessa forma, é importante que você os analise e saiba aonde você acertou e em que parte pode melhorar, já que é possível fazer isso em enquanto a campanha está em execução.

O nosso serviço de Google AdWords tem preços a partir de R$400,00 por mês, com investimento e monitoramento da campanha. Confira!

Você está pronto para aplicar essas 5 práticas para a eficiência da mídia programática? Essa ferramenta que está revolucionando o mercado publicitário ainda não é muito utilizada e muitos empresários ainda estão conhecendo e entendendo como ela funciona.

A mídia programática traz resultados muito mais efetivos do que as negociações formais para compra e venda de espaços, além de ter um custo de investimento menor.

Dessa forma não deixe de investir nessa ferramenta, mas para isso siga as dicas acima para obter ainda mais sucesso nas suas campanhas.

Gostou de nosso post? Compartilhe: