5 maneiras de aumentar o faturamento da sua Agência de Marketing

29/11/2018 às 13:07 Marketing

5 maneiras de aumentar o faturamento da sua Agência de Marketing

Uma agência de marketing tradicional se alicerça nestes aspectos: atendimento, planejamento, criação e publicidade; sendo que os três primeiros pontos são responsáveis pelo investimento feito e, o último, pelo seu retorno.

Nesse sentido, nesse ramo, tem se percebido que o cliente (a marca contratante) gosta de criação, mas não gosta de pagar por ela; já o atendimento deve ser obrigatoriamente excelente; mas é sempre a mídia quem arcará com todas as despesas da campanha e lhe trará os devidos lucros.

A mídia é a grande força que move o mercado da comunicação e do marketing digital.

Cada vez mais, as agências se voltam para os anúncios em canais, em que o esforço é menor e a comissão maior, e menos para a capacidade de se perceber o problema da marca, planejar e criar em favor de sua resolução.

Esse modelo não é o preferido pelos bons gestores de marketing, mas tem sendo o mais praticado no mercado.

A questão é que em todos os nichos em que o profissional ganha pela criatividade isso vem acontecendo: a criatividade é valorizada, mas ninguém quer pagar por ela.

Exemplo prático: a primazia é dos engenheiros que vivem de reserva técnica, a comissão ganhada pela indicação de produtos afins e não dos projetos de engenharia que vivem de algum tipo de couvert ou cachê.

Fique por dentro de como alavancar o seu negócio. Baixe já o nosso e-book!

Com o advento da internet, as marcas se viram tendenciosas a migrarem para o mundo virtual, com o auxílio das agências de marketing digital e suas soluções de SEO, conteúdo para as redes sociais e campanhas dos mais variados tipos.

Copiando a prática tradicional, as agências cobravam das marcas vinte por cento de seu investimento em mídia, o que gerou baixa rentabilidade e distorção do objeto da campanha.

A associação do faturamento da agência ao investimento é, entretanto, o mais comum no mercado.

A exceção são algumas agências altamente segmentadas e especializadas, cujo modelo é de difícil replicação, pois, ou não podem sê-lo ou não podem ganhar muito escala, porque não funcionaria.

Um exemplo disso são as agências de Inbound Marketing que, por sua vez, envolvem perspectivas diferenciadas: identificar e entender o problema da marca, criar uma estratégia referente a isso que envolva conteúdo e mídia, analisar os dados e mensurar durante toda a campanha e construir processos de automação em favor da captação de leads e da qualificação de vendas.

Confira agora o Serviço de Revenda de Hospedagem tem plano inicial de R$29,90 mensais.

Como minha agência de marketing digital pode aumentar seu faturamento?

1 – Melhore sua precificação

Isso é mais do calcular entradas e saídas, é saber qual é o real valor do trabalho que está sendo fornecido a uma marca cliente.

Qual é o retorno desse investimento para sua agência também? Para tanto, tenha em mente quais dos seus serviços devem ser baseados em custos e quais em valor e responda às seguintes perguntas:

  • O renome de sua agência de marketing digital influencia a percepção da marca a respeito do valor dos seus serviços?
  • Se você oferecer um bom desconto, a credibilidade de sua agência é afetada?
  • O que é possível cobrar e como apresentar esse custo à marca, mantendo o valor de sua agência?
  • Que análise sua agência faz para mensurar como o valor para a marca é criado?

Com base nessas respostas, precifique todas as suas ações pelo valor, replique as práticas de sucesso e entenda melhor o contexto de sua marca antes de lhe propor algo.

2 – Aperfeiçoe as contas atuais

Apesar de a conquista por novos engajamentos e clientes em potencial serem o cerne do faturamento de muitas empresas, a fidelização dos já conquistados clientes, com pequenas ações voltadas para eles, é uma boa maneira de gerar rentabilidade para sua agência.

Sua agência deve estar preparada para o estabelecimento de metas que visem o crescimento orgânico de suas já fidelizadas contas.

Acompanhe semestral ou anualmente as suas marcas, a fim de que o status desse relacionamento esteja sempre saudável, podendo melhorar e oferecer-lhes novos serviços.

Novas tendências e propostas devem ser constantemente apresentadas aos clientes.

Mas isso deve não deve ser feito de qualquer maneira, a marca cliente precisa sentir familiaridade e que é relevante por parte de sua agência, para isso, ela deve ser capaz de discutir as especificidades de cada marca, atendendo às suas expectativas.

3 – Tenha canais de venda mais estáveis

A flutuação nas agências de marketing digital é um fato, em um semestre o lucro é grande, no seguinte, o faturamento é zero.

Para sanar esse tipo de problema, algumas empresas estão criando fontes de receitas adicionais que ajudam na estabilidade do fluxo de caixa e na manutenção dos recursos que já possuem.

Considere sempre alternativas, quando a agência deverá aplicar suas habituais práticas a um modelo de negócios diferente

4 – Fique de olho no funil de vendas

Se a meta da agência não está sendo cumprida em sua totalidade, estruture um funil de vendas em favor de novos negócios.

O foco para se pensar em um processo comercial ativo é o quanto de tempo a sua equipe consome.

Nesse contexto, uma das maiores fontes de tempo gasto é o ciclo para se encontrar novos clientes, criar um fluxo de contatos para esse cenário e escrever suas propostas.

Essa etapa requer um método bem-sucedido para qualificar clientes e fazer todo  o processo adequadamente, por exemplo.

Para tanto, a criação de um modelo de e-mails, de mensagens padrão e do domínio das estratégias de inbound marketing são essenciais:

  • Crie listas de potenciais clientes;
  • Mensure a presença digital e seus conteúdos;
  • Filtre os clientes que se encaixem no perfil das melhores ofertas de sua agência para sua abordagem;
  • Analise periodicamente o seu funil;
  • Calcule qual é a prospecção necessária para que você alcance suas metas.

5 - Nada como uma equipe produtiva

O que há de mãos valioso na sua agência é a sua equipe. Portanto, identifique quais são os membros mais produtivos e mais eficientes, assim como, em que tarefas eles se saem melhor.

Voltando o planejamento de suas atividades para essa métrica.

Gostou de nosso post? Compartilhe: