5 boas práticas para um programador php

5 boas práticas para um programador php

04/07/2017 às 22:01WordPress

Se já se deparou com algumas vagas no dessenvolvimento de projetos em php já deve ter visto que as vezes alguns requisitos sempre são vistos, um deles é o código limpo. Você já parou para pensar se segue essas boas práticas em seus projetos? Seja um programador iniciante ou já experiente, as novas tecnologias e estruturas de codificação estão cada vez mais atualizadas, se você não se adapta a elas pode estar ficadno para traz, preparamos algumas dicas que podem te ajudar a embarcar nessas noviddes.

Onde começa o problema?

As vezes você pode não perceber o quanto não seguir um padrão pode ser ruim, você já está acostumado com o seu código, se encontra onde quer que seja porque já sabe como sua estrutura funciona, o que para seus projetos pessoais pode ser ótimo, afinal, tudo funciona perfeitamente. Algumas vezes apenas funcionar não é o suficiente, podemos ver isso pela quantidade de frameworks que estão surgindo e sendo aperfeiçoados, muitos deles muito populares entre os desenvolvedores graças as suas estruturas pré-definidas e organização imposta pela estrutura do projeto, você acaba se adaptando a ela de forma quase natural. Não seguir as boas práticas da codificação pode te deixar em uma situação ruim, e quando for atualizar o código? Quando precisar encontrar determinada função? Como encontrar o problema que encontrou no debug?

Veja também nosso post: Passo a Passo para criar um blog

As PSRs que vão te ajudar, sempre!

As PSRs (PHP Standard Recommendations) são padronizações simples que você se adapta em pouquissimo tempo, são como uma opinião geral de como organizar seus códigos para que você ou qualquer outro programador responssável pela manutenção possa navegar entre as linhas e saber exatamente o que procura e onde procurar. Muitas delas abordam como esilizar o código e torna-lo mais atraente e visualmente limpo para todos, tome isso como base, mas não param por aí, claro.

Aprenda a "andar" antes de "correr"

Muitos programadores iniciantes buscam frenéticamente sobre frameworks para começar seus projetos, mas uma prática muito melhor do que essa é entender a linguagem "simples" antes de entrar em detalhes que vão tornar tudo mais trabalhoso. Entender como as coisas realmente funcionam, criar testes, conhecer as várias formas de resolver um problema, saber como tornar uma função ainda mais rápida e eficaz, tudo isso pode ser aprendido da forma mais pura possível, e depois partiremos para os padrões MVC.

O padrão MVC na prática

Depois de aprender a andar chega a hora de partir para práticas de códificação mais avançadas, e é aí que entra as regras do Model-view-controller, que separa sua estrutura em camadas, aplicação, controladores, bibliotecas, views, tudo o que você precisa para começar com a programação modular e aprender que todo projeto precisa ser fácilmente melhorado por qualquer um, não apenas quem começou o projeto. O melhor de tudo é que se você aprende tudo isso, qualquer framework será fácil de compreender, básicamente todos eles seguem o MVC e tornam tudo muito mais fácil, principalmente por contarem com módulos já prontos desenvolvidos pela equipe principal ou pela comunidade, quando falamos de open-source, o que determina o quando seu trabalho pode melhorar é você.

Entenda como e onde seus projetos vão ficar

Parece um detalhe simples, preciso apenas de uma hospedagem de site para que tudo funcione perfeitamente, mas nem sempre é assim, aprenda um pouco sobre os recursos que são necessários para executar seus projetos, o quanto ees consumem, como eles interagem com a estrutura em que estão, assim vai saber se precisa de algo mais básico ou robusto. Você pode conhecer algumas dicas de como escolher uma hospedagem de site, afinal de contas o ambiente onde seu projeto está faz toda a diferença, não adianta você seguir todas as PSRs, Coding Styles, MVC, e na hora seu provedor não colaborar, por isso a nós oferecemos as melhores otimizações.

Conclusão

Quando você precisa aprimorar suas habilidades no início da carreira de programador nada melhor do que desenvolver seu próprio fluxo de trabalho e técnicas de produtividade, saber a importância de seguir os padrões de desenvolvimento aceitos atualmente no mercado vai te deixar um passo a frente dos concorrentes e vai criar um habito excelente que será muito bem visto por todos, inclusive por programadores mais experientes.

Gostou de nosso post? Compartilhe: