2 Dicas para Otimizar o Desenvolvimento de Novos Produtos

03/12/2018 às 08:20 Marketing

2 Dicas para Otimizar o Desenvolvimento de Novos Produtos

Com o rápido consumo de informações do mundo atual, as empresas são forçadas a desenvolver e lançar mais produtos dentro de um ano.

E para que se possa manter a qualidade desses produtos em pouco tempo para desenvolvimento é preciso aplicar técnicas que podem otimizar todo o processo.

Esse processo cada vez mais rápido pode fazer com que sua empresa perca espaço de mercado, caso um produto que sua empresa tenha lançado tenha defeitos ou então não traga nenhum recurso inovador para o cliente.

E é por isso que nesse texto vamos dar dicas de otimização dos desenvolvimentos de seus produtos.

Hoje em dia, as empresas não têm apenas de lançar novos produtos, é preciso criar diferenciais competitivos.

Vamos ao seguinte exemplo: não basta lançar um smartphone numa versão atualizada de uma anterior, caso os aparelhos tenham praticamente os mesmos recursos.

Para que o novo produto faça sucesso no mercado e conquiste os consumidores, é preciso criar um marketing sobre o valor do produto, dando ênfase para os diferenciais da mercadoria.  

Para que o cliente não considere seu novo produto como “mais do mesmo”, será preciso criar uma estratégia de desenvolvimento para ter um processo mais assertivo e lançar um produto que tenda a ter uma boa resposta entre os consumidores.

É preciso saber como podemos eliminar as fraquezas do produto, corrigindo-o tecnicamente ou mesmo projetando argumentos que possam minimizar os pontos fracos.

Da mesma maneira, também é possível montar uma estratégia onde os pontos fortes, os diferenciais do produto possam ser explorados o máximo possível.

Como posso otimizar o desenvolvimento de novos produtos da minha empresa?

Bom, o foco desse texto é otimizar o desenvolvimento de novos produtos, então vamos lá! Acho que já deu para entender acima, o que é preciso ter para que um novo produto faça sucesso no mercado.

Para isso, é preciso entender a identificar os pontos fracos e fortes do seu produto.

A partir disso, será possível montar uma estratégia de desenvolvimento mais assertiva que atinja em cheio os seus potenciais clientes.

Essa identificação pode ser feita por meio de algumas técnicas que citaremos abaixo, o que pode potencializar o seu processo de desenvolvimento de produtos, fazendo com que novos produtos da sua empresa sejam mais bem aceitos no mercado e possa ser fonte de lucro para o negócio.

Confira também: Melhor hospedagem de site.

Defina qual é o ciclo de vida do produto

Diferente de produtos criados no século passado, nenhum produto é feito para durar a “vida inteira”.

Montar o ciclo de vida do produto é essencial para entender quais investimentos para o lançamento do produto, quais são os custos de produção e qual é a previsão de lucro que o produto deve dar para sua empresa.

Sabendo do ciclo de vida do seu novo produto, você pode montar uma estratégia de vendas mais assertiva, prevendo o número de vendas, a durabilidade do produto, etc.

Assim, após um certo período de tempo, você pode descontinuar o produto e lançar uma versão atualizada dele ou mesmo lançar outro segmento, quando perceber que o produto já rendeu tudo o que já poderia.

Leia também e descubra: Como tirar boas fotos dos produtos para sua loja virtual

E como montar o ciclo de venda do produto? É preciso prever alguns pontos, como por exemplo, a introdução do produto no mercado.

Esse período corresponde ao tempo de lançamento do produto, nessa parte sua empresa deve calcular os investimentos necessários para o lançamento e a previsão inicial de retorno.

Depois dessa fase, é hora de prever o crescimento do produto. Em outras palavras, depois de lançado, esse é o momento de lucrar com o produto, então nessa fase, é preciso montar uma estratégia para vende-lo o máximo possível.

A terceira fase é o período de maturidade, quando o produto se torna conhecido. Nessa parte, é preciso prever uma redução de investimentos e uma estagnação nas vendas do produto, ou seja, o produto praticamente já alcançou seu ápice de vendas e agora precisa continuar tendo um nível de vendas satisfatória para sua empresa.

A última fase do ciclo de vida de um produto é o declínio, onde você deve considerar que o produto já está “velho” e sua empresa precisa lançar uma nova versão do produto ou um novo segmento.

Teste 30 dias de Hospedagem de Site.

Faça a Matriz de Ansoff do seu novo produto

Outra dica para montar um processo de desenvolvimento de produto mais assertivo é fazer uma matriz de Ansoff.

Essa técnica pode lhe ajudar a tomar decisões mais acertadas, entendendo quais são melhores formas de promoção do produto, o quanto ele deve vender, etc.

Assim como no ciclo de vida do produto, a matriz de ansoff é dividida em quatro partes.

A primeira delas é a penetração de mercado, onde se deve montar uma estratégia para vender o máximo possível, os produtos que já são conhecidos no mercado.

A segunda parte é o desenvolvimento do produto, nessa fase a empresa precisa entender como lançar um novo produto dentro do seu segmento.

A terceira fase é a ampliação de mercado, onde é preciso buscar novos perfis de clientes para ampliar a venda de novos produtos do seu negócio.

E por último, a fase de diversificação onde é preciso montar uma estratégia de marketing para que os novos produtos da sua empresa possam ser comprados também pelos clientes dos novos mercados que a sua empresa passou a atuar.

Para definir cada etapa, é preciso analisar o mercado, fazendo uma pesquisa sobre seus clientes, concorrentes e fornecedores, etc.

Em relação a entrada em novos mercados, será preciso testar novos produtos para ter uma ideia de como sua empresa pode atuar.

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog. Conheça o nosso serviço de Hospedagem de Site.

Gostou de nosso post? Compartilhe: