Saiba como o HTML5 pode ser útil no seu trabalho

17/07/2018 às 16:26 Ajuda

Saiba como o HTML5 pode ser útil no seu trabalho

Muitos designers e profissionais de TI estão usando o HTML5, essa nova versão da linguagem HTML está presente em praticamente tudo na internet.

Para você que não saiba disso, nesse texto vamos falar um pouco mais sobre o surgimento e como essa linguagem pode ser útil para o seu trabalho.

Dominar o HTML5 é um requisito obrigatório para quem quer trabalhar como designer freela no mercado digital.

Isso por que, como já falamos acima, a linguagem está em tudo, desde um gif até uma animação mais complexa.

O que é linguagem HTML e quais são as suas principais versões?

A linguagem HTML é uma das principais, senão o principal meio de programação das páginas da internet atualmente.

Tudo começou nos anos 80, quando o britânico Tim Berners-Lee, também criador do WWW (World Wide Web), criou a primeira versão da linguagem.

A segunda versão do HTML, o chamado HTML 2.0 surgiu em 1994. Tim voltaria a fazer novas atualizações na linguagem no fim dos anos 90 e no início do século 21, até 2008 quando o HTML5 começou a ser testado.

Com a nova versão da linguagem, Tim conseguiu ampliar o seu papel no mundo da programação, visando atender outras necessidades como a criação de sites e aplicativos.

O HTML5 chegou para facilitar a vida de programadores, desenvolvedores web e também de pessoas completamente leigas.

Após o pleno funcionamento da linguagem, que aconteceu anos depois, a validação de várias funcionalidades se tornou automática, o que diminuiu o tempo para a projetos de design e aumentou a produtividade dos setores de TI de qualquer empresa.

A principal vantagem do HTML5 é a facilidade que a linguagem oferece para programar animações, áudios, vídeos, entre outros formatos de conteúdo, com uma adaptação prática para o uso de jogos, aplicativos e sites em smartphones e tablets.

Por que uma atualização para o HTML5 foi necessária?

Tudo se deve a disseminação da internet no século XXI. A web cresceu absurdamente em muito pouco tempo e a antiga versão do HTML, o HTML 4.01 ou XHTML não conseguiam suprir as novas demandas.

O primeiro ponto foi a necessidade de otimizar o tempo para programar páginas na web e desenvolver aplicativos.

Com o HTML5, é possível usar um número bem menor de linhas de código para realizar diversas funções, antes complicadas de serem programadas.

Outro ponto levado em conta foi tornar a linguagem mais simples para que qualquer usuário, mesmo sem conhecimento nenhum em programação, conseguisse utilizar a linguagem para desenvolver projetos mais modestos.

Com o surgimento do Youtube, Tim Berners-Lee viu a necessidade de criar uma nova versão do HTML para trabalhar com elementos multimídias como vídeo e áudio, que eram tendências na década passada e se confirmam na internet atual.

No geral, o HTML5 surgiu para ser uma versão mais acessível do HTML.

Confira também qual é a melhor hospedagem de site.

Quais são os principais pontos do HTML5?

Bom, agora que você já sabe como essa linguagem surgiu e quais foram as motivações para a atualização do HTML, é hora de entender como essa nova versão da linguagem pode lhe ajudar com seu trabalho como designer, programador e profissões relacionadas.

O primeiro ponto é que a linguagem trouxe um código específico para organizar a hierarquia de um site, o que antes da atualização ainda não existia.

Com o HTML5, temos as tags de cabeçalho <header>, artigo <article>, seção <section> e rodapé <footer>, entre outras, que facilitaram aos programadores e aos leigos, entender mais facilmente o posicionamento de cada elemento de uma página web.

O segundo ponto é que com os novos códigos da linguagem HTML5, o programador precisa usar menos comandos para executar funções que antes era complexas. Isso ajudou a deixar o trabalho mais rápido, economizando tempo e outros recursos.

Agora, para criar um site é preciso ter menos respostas de servidores de hospedagem, o que torna o ritmo de trabalho mais prático.

Foi graças ao HTML5 que o Adobe Flash acabou. E um dos principais motivos para isso foi o surgimento das tags <svg> e <canvas>, que possibilitou a construção de sites com animações mais complexas sem recorrer ao programa da Adobe.

Muitos sites hoje já começam sua empreitada na internet com páginas bem mais interativos, graças a implementação do HTML5.

Também foram incluídos atributos como o number, o date, o time, entre outros que facilitaram a criação de campos de formulários que antes para serem criados era preciso uma combinação de HTML, CSS e JavaScript.

Qual é a estrutura básica do HTML5?

A estrutura básica da nova versão do HTML já começa com algumas modificações do DOCTYPE, que apesar de não ser uma tag da linguagem, tem de ser utilizada acima do código.

No HTML5, a referência a esse ponto é de responsabilidade do navegador.

Depois disso, tem a marcação do HTML que também passou por uma simplificação e basicamente é composta por:

<html lang=”pt-br”>

<head>

<meta charset=”UTF-8”>

<title></title>

</head>

<body>

</body>

</html>

Dentro da tag <head> devem ficar todo o conteúdo do site, desde informações simples a elementos complexos de editoração do layout da página. Na tag <html lang= “pt-br” é onde deve ser apontada a principal linguagem da página.

A tag <title> é onde deve ficar o título da ágina e a tag <body> é o onde deve ser inserido todo o conteúdo do site.

Ambas, estão dentro da tag <head> na hierarquia do HTML5.

Concluindo, utilizar o HTML5 na internet de hoje é essencial para ter o trabalho facilitado em diversos pontos.

A nova versão da linguagem de programação mais conhecida veio para deixar a vida de todo mundo mais fácil, seja você um programador, um designer ou um empreendedor que não tenha conhecimento algum sobre programação.

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog. Conheça o nosso serviço de Hospedagem de Site.

Gostou de nosso post? Compartilhe: