Quanto vale o seu site? Descubra!

14/02/2019 às 17:21 Marketing

Quanto vale o seu site? Descubra!

Muitos empreendedores perdem diversas oportunidades de negócio simplesmente por que não sabem o quanto os seus sites valem.

Saber o valor do seu site é importantíssimo, não só se você estiver pensando em vender a aplicação, você pode aproveitar a valorização para engajar mais seu público e fechar mais vendas.

Muitos veem os sites como simples peças da infraestrutura dos negócios digitais assim como a hospedagem de site. E esquecem que o site pode ser tido como um ativo digital.

Sim! Com certeza, você já deve ter ouvido falar em pessoas que venderam páginas em redes sociais, não é? Pois saiba que também é possível vender sites.

Por não ser um bem físico, fazer a precificação de um site é uma incógnita para muitos, mas sim é possível fazê-la.

Ter a noção exata de quanto vale o seu site e como você pode aumentar o seu valor é essencial para a boa performance do seu negócio digital.

Por que é importante saber o valor do meu site?

Como já dissemos acima, precificar um site não é algo que se faz apenas quando queremos vende-lo.

Por mais que o seu site sirva para a promoção e estruturação da presença online do seu negócio, é preciso saber o seu valor real. Isso deve ser feito justamente para potencializar a geração de receita com a aplicação.

Lembre-se o seu site é um ativo e ele pode gerar lucro e não ser apenas um canal de vendas da sua empresa.

E a geração de receita através do site começa pela otimização das taxas de conversão do seu site. E passa também pelo uso de programa de afiliados e anúncios para geração de receita própria.

Parece que não mais a valorização do seu site deve culminar na geração de receita própria. Além de buscar mais oportunidades de negócio, com o seu ativo digital você pode adquirir mais uma fonte de renda para sua empresa.

Já pensou se o seu próprio site conseguir se pagar? Isso mesmo! Que ele gere dinheiro para pagar hospedagem, domínio, etc.

Sabendo o valor do seu site é possível ter uma ideia de como fazer isto acontecer.

Como descobrir o valor do meu site?

A avaliação do valor de um site deve começar pelo que já falamos acima, pela sua capacidade geração de receitas. É preciso saber qual é o papel que seu site representa para a rentabilidade do seu negócio.

Esse é o principal objetivo de um site, não é? Gerar renda! E isso consegue ser mensurado pela renda gerada através do site. Num exemplo básico, todo orçamento feito pelo seu site que terminou em venda é uma receita gerada pelo site.

Um site que não converte é um site sem valor. Por isso, além de gerar receita própria, é importantíssimo gerar receita para o seu negócio.

Não adianta, por exemplo, você ter um site e só vender pelas redes sociais. Isso deixará o seu ativo quase nulo no mercado e com pouquíssimo valor.

Confira também: Hospedagem ilimitada – por que é impossível?

É preciso que você consiga pensar em meios viáveis de fazê-lo gerar renda para o seu negócio. Pense em landing pages, em um layout funcional, melhore a performance do seu site, foque em bons CTAs, comece a fechar vendas pelo site e o valor do seu ativo irá aumentando no mercado digital.

Volime do tráfego do site

Outro ponto de avaliação é o volume de tráfego do seu site. Quanto mais visitas seu site recebe mais valor ele tem.

O tamanho desse valor depende ao tipo do seu site, mas é claro que um bom fluxo de tráfego mensal já garante um bom valor de mercado.

Analisar métricas simples é uma excelente maneira de verificar o valor gerado pelo tráfego do seu site.

Então, mensure as taxas de conversão e rejeição, o tempo médio de sessão, o número médio de páginas visitadas, etc. Isso mostra que o tráfego, seja ele de origem paga ou orgânica, é realmente ativo e não passivo. Isso valoriza ainda mais o seu site.

Isso leva a outro ponto importante na precificação do seu site que é o engajamento dos visitantes. As métricas que citei acima também podem ser usadas na avaliação desse fator.

Assim como nas redes sociais, quanto mais ativo for o público que frequenta o seu, mais valor ele possui.

Se o engajamento for mínimo, o seu site perde valor. Isso acontece por que o mercado entende que o seu conteúdo não tem qualidade, sua empresa não gera confiança e que você pode estar tentando burlar os números de acesso.

E a perda de valor está ligada a dificuldade que um próximo terá para engajar uma audiência.

E o último ponto que podemos citar para uma boa precificação de site é a reputação da sua marca na internet. Como os usuários veem sua empresa? Como seu site ajuda na criação da autoridade do seu negócio na internet? Essas perguntas devem ser feitas.

Uma marca forte tende a valorizar um site, fortalecer uma estratégia de branding e atribuir valores precisos para o seu setor de mercado é essencial para valorizar o seu site.

Como precificar um site?

Depois dos pontos que citamos acima, é hora de explicar como definir o preço atual do seu site Então, vamos lá! O método mais usado para isso é o cálculo de múltiplos.

Basicamente você deve multiplicar a sua média de lucro líquido de um período X por um múltiplo, que geralmente vai de 20 a 50.

E como descobrir qual é o múltiplo do seu site? É preciso avaliar alguns fatores. O primeiro fator é o risco, ou seja, quanto mais desafios seu site tiver a cumprir, como o aumento do engajamento, por exemplo, menor é o valor do múltiplo.

Também é possível botar nessa conta o potencial de crescimento e a transferência do negócio, quanto maior foram o peso desses fatores, maior deve ser o múltiplo.

E por fim, para tutelar o valor do seu site, é preciso comprovar. Então junte todos os fatores de avaliação e de precificação na hora de afirmar o valor do seu ativo digital.

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog. Conheça o nosso serviço de Hospedagem de Site.

Gostou de nosso post? Compartilhe: