Os melhores nichos de negócio para se investir no e-commerce

Os melhores nichos de negócio para se investir no e-commerce

05/07/2017 às 12:54Loja Virtual

O marketing digital denomina uma categoria online, de nicho. Assim, se um blogueiro faz resenhas sobre computadores, seu nicho é a tecnologia, mas se o seu foco são vídeos com roupas, seu nicho é a moda. Cada plataforma deve ter um nicho adequado para ser bem-sucedida, sua escolha leva em consideração não somente o que está em voga no momento, mas aquilo com que se tem mais familiaridade e domínio de conteúdo. De um modo geral, o nicho se refere a um produto ou serviço específico que é consumido por um tipo específico de público, uma dinâmica que é mais apropriada as lojas virtuais do que às lojas físicas.

Veja também nosso post: Passo a Passo para Criar um Blog

Um estudo feito pelo Sebrae mapeou as palavras mais pesquisadas no Google referentes à nichos com baixa concorrência na internet, ou seja, são nichos suscetíveis a serem explorados pelos e-commerce. Para tanto, o Sebrae fez uma estimativa da quantidade de buscas mensais de vários termos no Google Adwords, que é uma ferramenta de pesquisa por palavras no Google. Com isso, separou-se as que apareceram mais vezes com maior número de cliques e que, ao mesmo tempo, referiam-se a nichos com baixa concorrência online.

Esse levantamento trouxe à tona uma séria de palavras associadas a segmentos de interesse de investimentopara abertura de um e-commerce. Sendo essa pesquisa apenas um ponto de partida para os interessados, ressaltando que a vinculação entre o conteúdo de que se gosta, a que se domina e que traga retornos financeiros significativos é imbatível.

Focar no nicho, em vez do mercado de massa é uma tendência do mercado, pois tem uma concorrência menor, margem de lucro por venda maior, investimento inicial mais baixo, sem contar a proximidade e viabilidade das relações entre a empresa, seus consumidores e fornecedores que é mais interessante. Mas, quais são os nichos de maior sucesso na web? Confira alguns dos nichos mais populares e rentáveis na internet:

1 – Livros: o nicho é abrangente, mas pode ser reduzido à comercialização de livros raros, livros usados, livros de acervo, livros em língua inglesa ou livros de sebo, por exemplo;

2 – Calçados: uma loja virtual que só trabalhe com chinelos ou só trabalhe com galochas estilizadas, entre outras coisas, pode atingir um público que é específico, mas também é bem vasto;

3 – Ferramentas: um e-commerce que venda só ferramentas de pesca ou só ferramentas de marcenaria, por exemplo, pode se dedicar a uma mercadoria de excelente qualidade e de destaque no mercado;

4 – Peças: peças para motos, peças de computadores ou peças de carros. É a especificidade que diferencia o nicho;

5 – Comidas e bebidas: e-commerce que ofereça comida vegana de qualidade, ou venda vinhos raros ou cervejas artesanais são boas possibilidades no mercado;

6 – Os chamados infoprodutos: e-books, mapas ou planilhas online são alternativas cada vez mais eminentes para os consumidores virtuais. Trata-se de produtos beneficiados por não ocuparem espaço físico e estar sempre ao alcance de seus compradores. O investimento nesse nicho é tendência;

7 – Brindes: chaveiros, canecas ou broches personalizados são mimos que não saem de moda, pois são sempre uma boa pedida para aniversários, casamentos e demais datas importantes. Isso sempre é bem-vindo no e-commerce;

8 – Cursos: aulas especializadas sobre determinada área de conhecimento e de atuação. Uma boa dica nesse caso é expandir os cursos relacionados ao seu nicho e montar uma escola virtual;

9 - Tatuagens: um e-commerce com venda de cupons para tatuagem, ferramentas para tatuadores profissionais, catálogos de desenhos e disponibilização de modelo e preço da arte é uma boa maneira de se alcançar presencialmente um público online;

10 – Loja de quadrinhos: um e-commerce que vise o público dos quadrinhos tem uma vantagem a mais, pois o nicho possui vários conteúdos e mecanismos de oferta aos consumidores; desde cursos online sobre o nicho à venda de materiais e softwares para desenho, além da própria comercialização das revistas em quadrinhos em si, podendo ser itens de colecionador, coleções da moda ou raras.

A regra para a escolha de um nicho deve passar pelo crivo financeiro, ou seja, se o seu conteúdo gerará lucros ou não com a loja virtual. A fórmula usada pelo Sebrae é a V = T x TC, em que “vendas” é igual à “tráfego” vezes a “taxa de conversão”, para esse cálculo, a ferramenta Keyword Planner é a mais indicada. A fórmula não apenas prevê a quantidade de vendas mensais que podem ser realizadas com aquele nicho, mas se há uma tendência ou não para o seu crescimento.

Saber calcular a margem de lucro, subtraindo-lhe os gastos feitos na hora de planejar seu e-commerce de nicho, ou seja, conhecer seu ROI – retorno do investimento é essencial para seu sucesso.

É importante também que o nicho seja escolhido levando em consideração a própria dinâmica do mercado, ou seja, se o produto ou serviço pensado no nicho é uma demanda dos consumidores ou se o investimento para aquele projeto vale a pena ou se a concorrência já oferece o que você pretende oferecer. Esses aspectos devem ser pensados, já que as estratégias de diferenciação de seu nicho devem ser prioritárias para o sucesso de seu e-commerce.

Saiba mais coisas sobre o mundo do marketing digital no ISBrasil!

 

 

Gostou de nosso post? Compartilhe: