O que levar em conta na hora de contratar um webdesigner para criar seu site?

24/11/2017 às 19:30 WordPress

O que levar em conta na hora de contratar um webdesigner para criar seu site?

Contratar uma profissional ou fazer por conta própria? O que eu preciso saber antes de contratar alguém? Essas são algumas das perguntas que usuários costumam fazer quando têm a ideia de criar um site profissional para uma empresa.

Todo empreendedor já se deparou com essas dúvidas e apesar delas parecerem complicadas, é cada vez mais fácil e prático, lidar com a montagem de um site para seu negócio. No todo, é preciso que sua empresa seja bem apresentada na internet, o que passa por diversos fatores, como uma boa hospedagem de site e um bom domínio, além claro de um bom site.

Para saber o que levar em conta na hora de escolher um webdesigner ou um programador para criar o seu site, é preciso considerar diversos fatores. Diferentes de tempos passados, atualmente existem diversos meios para criar um blog ou um site com qualidade sem altos gastos. Plataformas como o WordPress e o Blogger podem reduzir bastante seus custos na hora de investir em um site para o seu negócio.

Confira os principais fatores para considerar na hora de escolher um profissional para criar um site:

O principal é definir o orçamento!

Esse é ponto principal e o que você deve definir já de início para começar a pensar em contratar um designer ou programador para criar seu site. Avalie alguns fatores como: custo-benefício de um site mais complexo, possível retorno no caso de um site mais simples, verifique se há dinheiro em caixa para pagar por um site com um layout mais aprimorado, se esse investimento realmente pode se pagar ou não, pense em qual tipo de site seu público mais gosta, entre outros.

Há diferentes motivos para criar um site e também para direcioná-lo, de acordo com os interesses da sua empresa. Em caso de negócios locais, por exemplo, o mais indicado é criar um site simples, contendo informações de contato, horário de funcionamento, o que pode ser feito por você mesmo, ou irá sair mais barato na hora da contratação de um designer para transformar sua ideia em realidade.

Porém, se o seu negócio foca em consumidores online, que busquem acompanhá-lo e estar por dentro das novidades, como uma loja virtual por exemplo, será preciso investir mais para ter um site com um layout mais bem definido e ter um bom sistema de vendas e de cadastro, que facilite a vida dos seus clientes.

O ideal é ter uma noção de quanto custa o site que você deseja colocar no ar e assim saber, se é possível no momento, de acordo com o seu orçamento. Caso não seja, você pode executar o projeto por fases, criando um site mais simples e depois com o retorno do investimento e do crescimento do seu negócio, fazer upgrades no mesmo, que podem ser feitos pelo mesmo profissional, que terá facilidade por conhecer a estrutura que ele próprio montou.

Confira também dicas para se tornar um blogueiro.

Escolher o mais barato ou não?

Após fazer as contas, você já tem uma noção do que você precisa e do que você pode pagar. Com isso, busque procurar por profissionais e também por opções para criar o seu site. É possível achar templates prontos do WordPress, por exemplo, e também achar webdesigners que aceitem criar um site por um valor que se encaixe em seu orçamento.

É importante frisar que por mais que você encontre templates prontos e contrate um bom serviço de hospedagem, você ainda deve contar com um programador para mexer em seu servidor, criando seu site e guardando todos os arquivos da forma correta.

Também é possível que você precise aprender a mexer com programação, principalmente para sites que precisam de atualizações diárias, ou então, você terá que contratar um programador para ficar responsável por essa parte, fazendo com que o site de sua empresa esteja sempre disponível e atualizado para seus clientes.

Em caso de sites mais aprimorado, contrate um profissional que tenha experiência no assunto. Nessas horas, não é prioridade pensar em economia, mas em eficiência. É preciso lembrar que você deve passar credibilidade para seus clientes, e para isso é preciso contratar um profissional que garante que seu site seja bem formatado, que todos os gadgets funcionem corretamente, entre outros pontos.

Um bom site vai conquistar a confiança da maioria dos visitantes, o que pode torná-los em futuros clientes e desperta um interesse maior sobre o seu negócio.

Invista dentro da sua realidade!

Não dê um passo maior que a sua perna. Como dissemos acima, caso você não tenha o montante para colocar o site dos seus sonhos no ar, comece por um mais simples e vá aprimorando. Faça um planejamento financeiro considerando que você também terá de investir em um serviço de hospedagem de site, um registro de domínio e talvez na contratação de outros sistemas de suporte aos seus serviços.

Cuide do seu negócio para não decretar o seu fracasso. Também pense em outros pontos importantes como a manutenção do seu site, assim você saberá o quanto você gastará com a contratação de um profissional para criar e manter o seu site no ar.

Analise os profissionais antes de escolher o que irá contratar

Para ter certeza de estar fazendo uma boa escolha, é preciso ter atenção na hora de procurar por webdesigners e programadores para criar o seu do seu negócio. Peça para avaliar seu portfólio e veja se o que ele já criou tem a cara da sua empresa. Às vezes, o designer pode ser bom, mas pode não a pegada para criação de um site no estilo que você deseja.

Peça também possíveis recomendações, entre em contato com antigos clientes para saber como foi a relação deles com o profissional e saber se eles estão satisfeitos com o serviço do profissional. E por último, tire todas as dúvidas sobre valores e questões a resolver antes de começar o trabalho. Se certifique de que o programador entendeu a sua ideia!

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog e conheça o serviço de Hospedagem WP. Confira os planos da ISBrasil para hospedagem com WordPress.

Gostou de nosso post? Compartilhe: