O que é Marketing de Comunidade?

28/10/2019 às 12:58 Marketing

O que é Marketing de Comunidade?

O sentido da palavra “Comunidade” no dicionário remete a coisas, estados comuns à um mesmo público. Isso significa comunhão, convivência em harmonia, a criação de uma unidade composta por várias pessoas com o mesmo objetivo.

Essa é a ideia do Marketing de Comunidade, tema deste artigo.

Empresas vivem buscando maneiras de aumentar as vendas, ampliar o seu alcance, aumentar as conversões, em outras palavras, fazer com que seus clientes realizam determinadas ações de marketing essenciais para um negócio.

Isso fica bem mais fácil quando você cria uma comunidade em torno da sua marca.

O que é Marketing de Comunidade?

O marketing de comunidade é uma estratégia que busca criar um posicionamento para a sua marca que atraia pessoas de um mesmo grupo, assim você pode fornecer os meios e os membros podem compartilhar e explanar as suas necessidades.

Essa estratégia aplicada a longo prazo é muito efetiva para gerar clientes engajados com o seu negócio.

As comunidades vão além da prestação de suporte, de um bom atendimento e produtos e serviços de qualidade, elas criam uma imagem permanente sobre a sua empresa na mente das pessoas.

Forte, não é? O senso de comunidade leva pessoas a serem leais a sua marca, indo muito além do que simples garantir uma venda ou alguns meses de fidelidade.

Como construir uma comunidade para a minha empresa?

O sucesso de uma comunidade está no seu processo de criação e ampliação. A construção de uma comunidade para o seu negócio deve ser diária.

Sua empresa deve estar foco em converter e engajar novos membros diariamente.

Um trabalho para massificação do posicionamento do seu negócio é o que trará resultados para a sua empresa, desde a captação, passando pela conversão até a inclusão de novos membros em sua comunidade.

Confira abaixo nossas dicas para criar uma comunidade para o seu negócio:

Alinhe as suas expectativas com as expectativas dos clientes

As comunidades podem surgir de duas maneiras, criadas pela sua empresa ou por clientes de forma independente.

Assim, o que importa não é construir uma comunidade, mas alinhar as suas expectativas para mantê-la e ampliá-la no longo prazo.

E para alinhar expectativas, você precisa saber mais sobre o seu público. De nada adianta criar conteúdo e pensar em criar uma comunidade, se você não consegue identificar quais são as necessidades, os objetivos e desafios dos seus clientes.

Esses são os fatores que farão com que eles sejam atraídos para a sua comunidade.

Sua empresa também deve deixar claro o que espera da comunidade, por isso é preciso definir o seu posicionamento, estipulando sua missão e seus valores, para que estes reflitam na sua atuação no mercado.

Confira também: O que é E-mail Marketing e como criar o seu?

Captação + Capacitação + Conversão = Comunidade

A criação de uma comunidade visa estimular o engajamento com o seu público.

E tudo isso passa por 3 C´s importante para a formação da comunidade, são eles: captação, capacitação e conversão.

Captação

Essa é a fase onde você precisa identificar as principais necessidades de seus potenciais clientes.

Conhecendo suas dores, você deve pesquisar o comportamento do seu público na internet, descobrindo em quais redes eles são mais ativos e como eles se comunicam na web.

Saber dessas informações é fundamental para montar uma estratégia de captação eficiente.

Não existe comunidade sem membros, logo captar possíveis membros é o primeiro passo para criar a comunidade da sua empresa.

Assim, você pode investir no conteúdo e nos formatos certos para atrair o público para a sua comunidade.

Produzir conteúdo relevante em uma estratégia de marketing de conteúdo e mídias sociais é o passo inicial para captar possíveis membros para sua comunidade.

Capacitação

A comunidade é formada por pessoas de expectativas alinhadas sobre um assunto, um produto ou serviço, etc.

Dessa forma, a fase de capacitação é importante para que os membros da sua comunidade se sintam habituados e satisfeitos em fazer parte da sua comunidade.

Gerar conteúdo relevante é importantíssimo nessa fase para nutrir o público e criar formas de manter o membro em sua comunidade.

Disponibilize blog posts, materiais ricos, vídeos e podcasts, assim sua comunidade estará lotada de conteúdo em diversos formatos e chamará mais atenção dos membros e mais tráfego.

Conversão

Depois de captar e capacitar os seus membros, é hora de convertê-los a sua comunidade.

Isso quer dizer que você deve criar uma relação de confiança, visando o engajamento e uma sensação de pertencimento no seu público.

O importante desta fase é se conectar diretamente com o seu público. O diálogo e as pesquisas são importantes para moldar o conteúdo produzido pela sua empresa e as regras da sua comunidade.

Faça perguntas para saber mais sobre os membros da sua comunidade

Depois de montar a sua comunidade, além de oferecer conteúdo relevante com frequência, também é preciso estar sempre por dentro das novidades dos seus membros para manter a comunidade sempre em alta.

O feedback dos membros é o que mantém a sua comunidade ativa e crescendo no mercado digital.

Por isso, fazer perguntas é essencial para sempre estar preparado para atender as necessidades da comunidade, já que elas mudam com o tempo.

Você pode usar de enquetes públicas, formulários, pesquisas de satisfação, entre outras.

Com as respostas, analise e monitore o andamento da sua comunidade através de redes sociais, site oficial, aplicativos, etc.

Dessa maneira, você estará sempre atendendo todas as necessidades dos membros e mantendo a sua comunidade em pleno crescimento.

Ouvi-los é importantíssimo para estimular o engajamento dos seus clientes.

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog.  Conheça o nosso serviço de E-mail Marketing.

Gostou de nosso post? Compartilhe: