O que é e por que usar o redirecionamento 301 no seu site

10/11/2018 às 09:34 Loja Virtual

O que é e por que usar o redirecionamento 301 no seu site

Para um site de qualquer gênero conseguir ter sucesso na internet é preciso otimizar a aplicação com técnicas e práticas de SEO.

Independente se você possui um site institucional para sua empresa, uma loja virtual ou mesmo um blog pessoal, é preciso aplicar medidas que possam manter um bom tráfego e potencializar a experiência dos seus visitantes.

Uma dessas medidas é o redirecionamento 301. Essa ação pode ajudar o seu site a melhorar a performance das suas páginas nas redes sociais e no Google.

O direcionamento de URLs são importantes e benéficos para qualquer site na internet.

O que é redirecionamento 301?

O redirecionamento 301 é uma função que servidores oferecem aos usuários para o redirecionamento de páginas de um site.

Basicamente, você consegue avisar aos visitantes do seu site que uma página específica virou outra dentro da aplicação.

Aplicando o redirecionamento 301 em seu site, os visitantes do seu passarão diretamente para a nova página do conteúdo ao tentarem acessá-la pela URL antiga.

Isso evita que os usuários caiam numa página de erro 404, o que pode fazer muitos deles desistir de navegar no seu site.

Quais são as principais correções feitas pelo redirecionamento 301 em seu site?

Ao navegar na internet, os usuários podem se deparar com vários tipos de erros em sites.

Quando uma página da internet é excluída ou mesmo muda de nome, os servidores de hospedagem costumam avisar os usuários que acessam a URL com um código de erro de mensagem.

E é aí que entra o redirecionamento 301, para evitar que os visitantes do seu site não caiam nesse tipo de erro e possam sair dele. O erro 404 citado acima, por exemplo, é onde o redirecionamento 301 age mais fortemente.

Esse erro indica ao usuário que a página não foi encontrada, isso acontece quando a URL muda ou a página é excluída do servidor.

Existem alguns outros códigos que são mostrados para os usuários, como por exemplo, o erro 500, que indica falhas no servidor, o que acaba causando erros que tiram um site do ar e o código 302, que indica aos visitantes de um site que uma página mudou de URL, mas isso é temporário.

O redirecionamento 301, como já dissemos acima, avisa aos usuários que uma página mudou de URL permanentemente.

Confira também: Vantagens do Cloud Server.

Por que e quando utilizar o redirecionamento 301 no meu site?

O redirecionamento 301 é essencial por que ele passa aos usuários de um site, que um endereço antigo passou para um novo, de uma maneira prática e funcional.

Existem alguns momentos importantes para usar esse recurso e garantir que o seu site mantenha e aumente a audiência.

O primeiro motivo para o uso de redirecionamento 301 é quando acontece uma migração de página em seu site. Com o crescimento de um site, é completamente normal que você mude o conteúdo de páginas e suas URLs para otimizar o site e atrair mais público.

Por isso, quando você fizer a migração de uma página do seu site, evite que as pessoas que o acessem caiam no erro 404.

Com o redirecionamento 301, você consegue levar uma boa experiência para o usuário e evita perder acessos em seu site.

Mesmo que você não mude a URL de uma página antiga, excluindo-a de seu site, você pode redirecionar o usuário para outra página que tenha a ver com o assunto.

Outro motivo para utilizar o redirecionamento 301 é quando é preciso mudar um site inteiro.

Digamos, por exemplo, que sua empresa revise seus conceitos, remonte um plano de ação e mude de nome no mercado. É lógico que a mudança gerará um novo domínio, mas você poderá utilizar todo ou parte do conteúdo já produzido.

Essa reconstrução de uma URL antiga para uma nova com a mudança de nome, não precisa ser feita por completa. Você pode, por exemplo, manter ativas páginas de seu site que estejam bem ranqueadas.

Basta que você faça as alterações necessárias no conteúdo e utilize o recurso de redirecionamento 301 para fazer com que usuários que acessem sua URL antiga possam migrar diretamente para nova sem grandes dificuldades.

Dessa maneira, o Google também entenderá a mudança e irá continuar mantendo a relevância do seu site na plataforma, evitando que você tenha que começar tudo de novo.

Outro motivo para utilizar o redirecionamento 301 é o conteúdo duplicado.

Muitos sites acabam definindo URLs muito parecidas e isso é muitas vezes interpretando pelo Google como conteúdo duplicado, o que acaba por destruir a reputação de sites nos resultados de busca.

Com o redirecionamento 301, você pode pegar URLs semelhantes e direcionar os usuários diretamente para a mesma página, evitando qualquer tipo de problema.

Baixe já o Ebook de CloudLinux.

Como fazer o redirecionamento 301 em meu site?

Bom, essa parte é bem técnica e geralmente os responsáveis de fazê-las são os desenvolvedores web.

Depois realizar o redirecionamento 301 das suas páginas, você pode utilizar algumas ferramentas para ter a certeza de que o recurso está funcionando da maneira correta.

Através do Google Webmaster Tools ou do HTTP Header Checker é possível verificar se o redirecionamento 301 foi feito corretamente.

É preciso evitar ao máximo possível que as páginas do seu site caiam no erro 404.

Um grande número de páginas caindo nesse erro pode significa uma perda considerável de posições do seu site nos rankings de busca, já que isso afeta diretamente a experiência do usuário, um dos principais fatores do ranqueamento que a plataforma utiliza atualmente.

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog. Conheça o nosso serviço de Cloud Gerenciado.

Gostou de nosso post? Compartilhe: