O que é e como fazer Business Intelligence na minha empresa?

08/03/2019 às 20:04 Ajuda

O que é e como fazer Business Intelligence na minha empresa?

O business intelligence é um método para coleta e análise de dados para otimizar a tomada de decisão de empresas. Esse conceito surge para inverter a lógica do achismo em algo contrato e alocar investimentos e recursos nos locais certos.

Além disso, faz com que os empreendedores avaliem a real necessidade de conhecerem o mercado e adquirirem conhecimento.

Devido aos inúmeros e constantes avanços tecnológicos, a possibilidade coleta de dados foi levada ao extremo. E isso trouxe uma chance para as empresas conseguirem acompanhar o desempenho dos concorrentes e buscar diferenciais competitivos.

E estes fatores surgem através da ajuda dos dados para a tomada de decisão assertiva.

Com o advento de coleta e análise de dados em tempo real, os empreendedores deixaram de seguir pesquisas de certas instituições ou pior confiar em suas próprias visões limitadas de mercado para realizar investimentos.

Atualmente, é consenso de praticamente todos os especialistas de marketing e de vendas que as melhores decisões partem da coleta e análise de dados e isso inclui a prática de business intelligence.

Isso possibilita o acúmulo, a tabulação e a construção de relatórios com indicações concretas para os caminhos dos negócios.

O que é Business Intelligence?

Business intelligence significa em português algo como “inteligência de negócios” ou “negócio inteligente”. Só através dessa descrição já dá para resumir qual é o intuito desse conceito que vem se ampliando no mercado brasileiro.

O principal objetivo do business intelligence é melhorar a qualidade das decisões tomadas pelas empresas, independente de tamanho e setor de mercado. E isso se torna possível através de dados.

É sempre bom lembrar que quando há dados, não há discussão. São os números que podem dar a sustentação necessária para bons argumentos e levar um negócio a escolher onde irá investir e apostar no próximo ano, por exemplo.

A opinião apesar de valiosa não é concreta, o achismo leva a erros. Com os dados, é possível criar um relatório e mostrar em números, ou seja, algo concreto, o que é melhor para sua empresa.

Até podemos basear nossa opinião em dados, aliás os empreendedores devem fazer isso, mas de forma alguma devemos basear nossos dados em nossa opinião. Esse é o principal recado que o business intelligence pode lhe dar.

Dito isso, é preciso afirmar que o business intelligence é um conceito e não uma ferramenta. Então, não há um só software de businesse intelligence, existem vários que podem ser usados dentro dessa lógica.

A integração de ferramentas uniformiza os processos de coleta e análise de dados e levam a decisões mais assertivas.

O objetivo do business intelligence não é apenas transformar todo o achismo em algo concreto, mas apresentar os dados corretos, na hora e momento exatos para a realização de uma ação.

E qual é a base para utilizar o conceito de business intelligence na minha empresa?

Coletar todos os dados relacionados ao seu negócio, organizar e analisar todas as informações com atenção, tomar decisões após a análise e continuar acompanhando os resultados. Este é basicamente o ciclo do business intelligence.

Confira também: Dicas para atrair mais clientes para sua empresa no Google.

Quais são os principais benefícios que implementar o business intelligence pode trazer?

O primeiro é principal benefício desse conceito em seu negócio é que ele mantém o seu negócio “vivo”. O que quero dizer com isso? Simples, num mercado digital onde a concorrência é grande e voraz, o business intelligence tende a manter a sua empresa competitiva e gerando resultados a longo prazo.

O segundo benefício, não menos importante, é controle sobre os investimentos e ações e o fato de evitar maiores desperdícios.

Com a aplicação do business intelligence, o seu negócio pode parar de “perder dinheiro” apostando em soluções e recursos que não atendem os clientes para focar no que realmente irá entregar valor e trazer autoridade para a empresa.

Além disso, como falamos acima, a última parte do ciclo do business intelligence é o acompanhamento dos resultados após a tomada de decisão. Isso coloca a sua empresa num ciclo infinito de melhora de funções, ferramentas e ações para crescer o negócio no mercado.

O terceiro benefício é a possibilidade de organizar dados corretamente e apresentar números concretos como provas cabais de seus argumentos nas reuniões do seu negócio.

Falar em métricas e análise, já é algo até batido nos dias de hoje. Falo no seguinte sentido: “todo mundo já faz isso”.

O que quero dizer é que o business intelligence traz metodologias e ferramentas que podem esclarecer as informações coletadas e não as tornar confusas, como muitas vezes acontece no meio do marketing.

O quarto benefício é a construção de um processo de marketing e vendas dinâmico e assertivo. Muito se fala em organização, em jornada de compra, mas pouco se faz para implementar soluções que realmente funcionem.

A ideia do business intelligence é facilitar não só acúmulo e a coleta de dados, como tornar a organização e a análise mais eficiente e isso realmente ajuda na definição desses processos. Assim sua empresa pode aumentar a produtividade e gerar mais oportunidades de negócios.

Conclusão

O business intelligence é um conceito que deve ser mais explorado no mercado brasileiro.

Há muito o que fazer na área de marketing e de vendas para gerar processos integrados, setores que se comuniquem entre si, evitem conflitos e gerem menos erros posteriormente.

Essa é uma boa saída para quem deseja buscar uma competição mais igual com as demais concorrentes de mercado.

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog. Conheça o nosso serviço de Google Adwords.

Gostou de nosso post? Compartilhe: