O que é backup e qual a sua importância?

15/07/2020 às 08:08 Marketing

O que é backup e qual a sua importância?

O backup é uma cópia de segurança dos seus dados, que deve ser mantida sempre atualizada para casos de incidentes, evitando assim a perda de dados e configurações importantes.

Essa é uma rotina (que deveria ser) constante para todos que lidam com informática em algum nível, seja o administrador de um site ou apenas você utilizando seu computador pessoal.

Nós já ensinamos aqui como fazer backup, mas hoje o foco será em explicar o que é um backup, qual sua importância e os melhores meios de o armazenar.

Sobre a importância do backup

A verdade é que uma grande quantidade de dados é gerada ou alterada diariamente em todos os setores de mercado: contatos de fornecedores, números de documentos e cartões de clientes, imagens de produtos, configurações de sites, etc. Daí a importância do backup.

Se backup nada mais que uma cópia de segurança, podemos dizer que esta prática acontece desde muito antes da internet e dos meios digitais. Em grandes empresas por exemplo, sempre foi comum um cuidado extra com a armazenagem de informações.

Porém, se antes esta armazenagem requeria armários e salas, hoje tudo pode ser feito em um HD externo ou de forma ainda mais segura, com armazenamento em nuvem.

Entre os possíveis riscos de perda de dados que seu computador pode estar sujeito, listamos duas principais:

  • Primeiramente, uma das grandes causas de perda de dados é o mau uso por parte do usuário. Muitas vezes o usuário inexperiente pode vir a alterar configurações essenciais e colocar tudo que está armazenado na máquina a se perder.

O usuário pode ainda vir a ter comportamento descuidado, clicando em links maliciosos e infectando a máquina com vírus ou outros malwares mais agressivos.

  • Em segundo lugar, temos a possibilidade de ataques hacker. Embora seja uma possibilidade considerada remota por muitos, desde a expansão do home office com a pandemia de coronavírus, foram apresentados um aumento de 35% no sequestro de máquinas.

Esse tipo de situação é obviamente inadmissível para empresas que lidam com dados importantes de seus clientes. Infelizmente, este tipo de vazamento já aconteceu em grandes escalas o que levou o Google a ranquear melhor as páginas consideradas seguras, a União Europeia adotar a GPDR (do inglês, Lei Geral de Proteção de Dados) e no Brasil vemos transitar no senado um projeto de lei similar.

Tipos de backup

É claro que essas leis não dizem respeito diretamente a fazer um backup, porém servem para ilustrar o quão real é a ameaça de perder seus dados. Pensando nisso, os profissionais de segurança da informação criaram métodos diferentes de backups, para situações diferentes

Completo

Este é o tipo mais simples de backup, onde uma cópia de absolutamente todas suas informações é feita. É um processo demorado na verdade, mas com a vantagem de que só preciso realiza-lo uma vez.

Incremental

Neste tipo de backup são salvos apenas “incrementos”, ou seja, apenas os arquivos que foram alterados após o backup completo. Este tipo oferece uma otimização de tempo em relação ao backup completo.

Diário

O backup diário deve ser uma rotina para manter as cópias de segurança de tudo que foi feito no seu dia de trabalho. O diferencial aqui é que os arquivos que foram salvos serão marcados pela data, muito útil para quem tem um fluxo constante de informações e precisa saber exatamente quando foram criadas ou alteradas.

Diferencial

Outro tipo de backup que é um pouco demorado, o backup diferencial cria cópias dos arquivos que foram criados ou modificados desde o backup anterior, armazenando apenas os arquivos diferentes da ultima cópia.

Como fazer backup

A verdade é que esta é uma pergunta um pouco genérica. A grosso modo, pode-se dizer apenas que se deve criar cópias de seus arquivos. Mas isto é muito vago.

Para quem lida com computadores por exemplo, é possível utilizar programas que realizam backups automáticos na máquina de acordo as suas configurações.

Já para quem deseja fazer cópias de segurança dos arquivos em uma hospedagem de sites, a melhor opção é investir em uma hospedagem com backup ou mesmo um cloud gerenciado.

Além disso é preciso considerar muito bem onde serão armazenados os backups. Uma opção é o uso de mídias externas como HDs ou pen drives. É uma opção interessante e que em geral oferece uma boa proteção contra invasões, já que ninguém invadirá uma mídia offline.

Por outro lado, trás contras como a ocupação de espaço físico e a possibilidade de ter a mídia física danificada colocando todo o trabalho a perder.

Por isso recomendamos em geral optar por backups em nuvem. Os serviços de armazenagem em nuvem (Google Drive, Dropbox, etc) atualmente contam com segurança afiada para todos os usuários e um pequeno espaço gratuito que pode ser expandido a partir de uma assinatura.

Conclusão

Na ISBRasil, oferecemos o máximo de cuidado com os seus dados, com serviço de hospedagem de sites com backups diários, semanais e mensais. Além disso, se o seu tempo é curto para gerenciar todas as suas informações, conte com o nosso serviço de gerenciamento de servidor e cloud gerenciado.

Conte conosco para a segurança da sua informação e para o crescimento do seu negócio.

Gostou de nosso post? Compartilhe: