Nuvem de marketing: já ouviu falar? Entenda!

24/05/2018 às 11:25 Ajuda

Nuvem de marketing: já ouviu falar? Entenda!

A computação na nuvem é uma das principais tendências no mundo marketing digital para os próximos anos. Muitas empresas, independente do porte e setor de atuação no mercado, tem adotado o serviço na nuvem para aproveitar de seus variados benefícios.

Essa ferramenta permite o armazenamento de dados e arquivos pesados, além de integrar diversos tipos de aplicações e também ser bastante eficiente para a produtividade de sua equipe.

Isso por que todos os arquivos upados na nuvem podem ser acessados por qualquer colaborador a qualquer hora e em qualquer lugar, não estando restrito a acesso apenas por desktops, o que não restringe o trabalho ao escritório.

Mas ao contrário do que muitos pensam, o conceito de nuvem de marketing é bem anterior ao uso de cloud computing.

Da onde veio o conceito de nuvem de marketing?

Segundo o empreendedor digital Edmardo Galli, esse conceito pode relacionado a trilogia de filmes Matrix. Nos filmes, o protagonista Neo é convidado a conhecer as diversas ilhas que vão além da compreensão humana e que são possíveis por causa de códigos infinitos.

Atualmente, estamos na época de uma forte disseminação de dados. Todas as ações que realizamos na internet são coletadas na nuvem e por isso as grandes empresas conseguem definir novas preferências. É através do uso da nuvem que esses dados permitem que sejamos melhor compreendidos na internet.

No mundo do marketing, o uso da nuvem se tornou essencial já que o setor trabalha com dados para definir suas próximas ações e conseguir ser mais assertivo. Apesar disso a “nuvem de marketing” ainda é um conceito pouco compreendido no meio.

Quando falamos que a nuvem não surgiu nos dias atuais e vem se desenvolvendo a muito tempo, queremos explicar que de fato, esse conceito existe desde a época da Guerra Fria, um dos principais embates entre os Estados Unidos e a União Soviética, as nações mais poderosas da época.

Já naquela época, o governo americano implementou um sistema que contava com uma rede de computadores que serviram para centralizar os dados militares e governamentais do país. Essa tecnologia foi uma das bases para o início de todas as ferramentas de comunicação, incluindo a própria internet que acessamos hoje.

Depois dessa época, já nos anos 80 entramos na era dos computadores. Com o passar do tempo, os PC´s que serviam para centralizar e compartilhar dados foram convertidos em redes de servidores que conseguiam rodar programas internamente.

Como o desenvolvimento e a manutenção de servidores físicos são caros e com o início da disseminação da internet em âmbito global, as empresas especializadas na construção de softwares criaram seus próprios servidores remotos, o que gerou o surgimento da nuvem.

De início, as empresas usavam a nuvem para oferecer soluções básicas para seus clientes. Serviços de compartilhamento na nuvem como Google Drive e Dropbox nasceram das nuvens públicas criadas por grandes empresas do mercado.

Saiba quais são as principais vantagens do Cloud Server.

Atualmente, aplicativos como a Netflix e o Spotify utilizam a nuvem para oferecer seus serviços para clientes e com isso conseguem baratear bastante os custos. Outras empresas como o Google, conseguem fazer com que os usuários possam utilizar inúmeros serviços e os sincroniza em uma única conta.

O surgimento da nuvem fez com que a internet se tornasse a casa de um número ilimitado de dados e por isso o marketing decidiu se aproveitar destes benefícios e passou também a utilizar a nuvem. Percebendo essa tendência, muitas empresas globais do setor passaram a oferecer serviços para empresas de marketing com o intuito de trazer ferramentas especializadas para a análise de dados e a tomada de decisão.

Quando passaram a usar a nuvem, os profissionais de marketing perceberam que o serviço era ideal para integrar as equipes, acabando com os conflitos e para aumentar a produtividade por conta da facilidade para a criação de relatórios, troca de dados, reuniões dinâmicas, entre outros pontos que ajudam na economia de tempo e de dinheiro.

Então a “nuvem de marketing”, basicamente é o uso deste serviço que cada dia é mais popular entre os profissionais da área que conseguem migrar e escalar facilmente dados, arquivos e aplicações.

Quais são as principais vantagens da nuvem de marketing?

A nuvem surgiu para agilizar o trabalho dos marketeiros e tem mudado profundamente seu fluxo de trabalho. Existem diversas vantagens para trabalhar com a ferramenta, confira quais são as duas principais:

Melhora a tomada de decisões

Analisar dados na nuvem é muito mais fácil e rápido do que manualmente ou por meio de softwares específicos. Isso por que a nuvem dá a oportunidade de gerar previsões de mercado, o que possibilita tomar decisões mais assertivas para a realização de novas ações de marketing.

Esses recursos podem ser utilizados por empresas de qualquer porte e área de atuação no mercado. Com eles, é possível ter uma noção precisa do desempenho de todas as ações já desenvolvidas pelo setor de marketing, mostrando o que é possível melhorar, o que deve ser reforçado e o que não deu certo.

A nuvem de marketing também permite uma análise de dados em tempo real, o que permite ao seu time de comunicação e vendas identificar e corrigir erros a tempos de transformar campanhas com potencial duvidoso em campanhas de sucesso.

Trabalho remoto e integração entre equipes

Essa solução certamente acabará com o conflito entre os setores de marketing e vendas. O trabalho remoto otimizará o tempo para tarefas sejam executadas e também facilitará o contato entre as equipes para a definição de ações padronizadas.

Na nuvem é possível trabalhar de qualquer lugar e a qualquer hora, podendo monitorar todo o funcionamento de sua empresa da onde você estiver. Através do serviço é possível acertar detalhes que vão desde o planejamento a execução de ações de marketing.

Esse upgrade na gestão de sua empresa é essencial para evitar custos desnecessários e focar em ações que sejam realmente ideais para garantir mais clientes no mercado digital.

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog. Conheça o nosso serviço de Cloud Gerenciado.

Gostou de nosso post? Compartilhe: