Google Speed Update: Atualização de Velocidade Mobile como Fator de Ranqueamento

19/03/2018 às 20:40 Novidades

Google Speed Update: Atualização de Velocidade Mobile como Fator de Ranqueamento

No dia 17 de janeiro de 2018, o maior motor de buscas da internet, o Google, anunciou mais uma novidade para o mundo: O Google Speed Upadate.  Essa nova atualização mudará a forma como as buscas e os anúncios acontecem em dispositivos móveis a partir de julho desse ano. Se você ficou curioso para saber como se dará essa mudança e como ela pode afetar sua loja online, leia esse artigo até o final e saiba mais.

O que é Google Speed Update?

Trata-se de uma atualização do Google que passará a considerar a velocidade como fator de ranqueamento nas buscas realizadas através de dispositivos móveis. Desde 2010, a velocidade de carregamento das aplicações passou a ser considerada pelo Google na hora de ranquear as páginas. Porém, a partir do próximo mês de julho, isso irá mudar um pouco.
A mudança já era aguardada desde 2016, quando o Google anunciou que páginas mobile teriam prioridade na indexação. Trata-se de um resultado natural de um mundo cada vez mais dominado pelos dispositivos móveis. Leia nosso posto sobre vantagens de Criar um Blog  

Qual será o impacto do Google Speed Update nas buscas?

Segundo o Google, somente os sites que proporcionarem experiência mais lenta aos usuários irão perder pontos na classificação do buscador. O Google Speed Update vai impactar apenas uma porcentagem pequena das buscas, ou seja, se uma página estiver mais lenta, mas ter um conteúdo considerado relevante para o público, poderá continuar nas primeiras posições.
Vale ressaltar que o Google Speed Update fará essa análise independente da tecnologia utilizada para se criar as páginas. Então, todos os proprietários de sites deverão se preocupar em melhorar a velocidade da navegação, sem exceções. Mais do que a velocidade, o foco deve ser a experiência do usuário.

E quanto ao Google AdWords?

Provavelmente você está pensando como ficará a situação do Google AdWords. Será que o Google Speed Update também exercerá influência nos anúncios? Pelo andar da carruagem, parece que sim. Afinal de contas, um dos pontos que o Google AdWords observa para compor o índice de qualidade dos anúncios é justamente a experiência do usuário na página de destino.
E para melhorar essa experiência, o Google recomenda que os desenvolvedores web tomem algumas ações como facilitar a navegação, diminuir o tempo de carregamento e tornar o site mais rápido em todos os tipos de dispositivos. Na verdade, essa nova atualização tem tudo a ver com o AdWords. Espera-se que o custo por clique (CPC) dos anúncios aumente caso a velocidade da página não seja considerada em dispositivos móveis. Conheça nosso serviço de Hospedagem de Site

Como saber a velocidade do meu site?

É fundamental que você saiba como está a velocidade do seu site em geral, para não ser pego de surpresa. O Google recomenda que os seguintes recursos sejam usados.
Page Speed Insights: Essa é uma ferramenta que mostra como a página executa o relatório UX do Chrome e sugere otimizações. Ela não apenas mede o desempenho como sugere ações para deixar sua página mais rápida tanto no desktop quanto nos dispositivos móveis.

Lighthouse: trata-se de uma moderna ferramenta voltada para a experiência do usuário. São feitos vários tipos de testes dentro da página em que um relatório sobre o desempenho dela é criado.
Chrome User Experience Report: É um relatório que traz todas as métricas de experiência do usuário. Ele leva em consideração todas as pessoas reais que utilizam o Google Chrome.

Dicas para se preparar para a atualização

Continue focando na qualidade

De nada adianta ter um site com um layout bem feito e otimizado, se o conteúdo não for de qualidade e relevante para os usuários. Por esse motivo, todos os esforços devem estar voltados com o objetivo de entregar valor ao público. Na dúvida entre velocidade e qualidade, prefira o segundo, mas trabalhe continuamente para conseguir unir esses dois pontos da melhor forma possível. Aprimore seus conhecimentos em Como criar um blog

Pense na experiência do usuário em cada detalhe

A velocidade de um site não deve ser vista como algo isolado. O objetivo é proporcionar a melhor experiência de navegação possível para o visitante, mesmo em dispositivos móveis. Não basta ter um site que ofereça um excelente conteúdo e que tenha um carregamento ultra rápido, mas que não ofereça uma experiência agradável ao usuário. Você deve pensar na experiência do usuário em cada detalhe.

Entenda e invista em Google AMP

AMP é uma sigla para o termo Accelerated Mobile Pages, que é uma iniciativa de código aberto do Google para criar páginas que carreguem de maneira instantânea nos dispositivos móveis. É como se fosse uma segunda versão de seu site, porém mais leve, veloz e responsivo. Se você utiliza WordPress, basta fazer uma simples instalação de um plugin que já é o suficiente para tornar as suas páginas AMP.

Pense em conteúdos voltados para o mobile

Vale ressaltar que as pessoas tem comportamentos diferentes quando estão acessam a internet via dispositivos móveis. Por isso, pense em conteúdos voltados para celulares e tablets. Quando as pessoas acessam conteúdos em smartphones, elas tem menos paciência e fazem leituras mais curtas.
Já no desktop e notebook a situação muda consideravelmente e as pessoas ficam mais à vontade para ler conteúdos mais complexos e densos. Assim, é crucial que você pense em conteúdos voltados para dispositivos móveis, em específico.  

Conclusão

A nova atualização do Google não é nenhuma novidade inesperada. Os dispositivos móveis vem ganhando espaço nos últimos anos e seria um erro crasso desconsiderar ou subestimar isso. Seja para ranquear melhor na busca orgânica, construir anúncios mais eficazes no Google AdWords ou mesmo por mera preocupação com as pessoas, você precisa pensar no desempenho de suas páginas e principalmente na experiência do usuário.
Ainda tem dúvidas? Sem problemas. Em nosso blog você pode ler mais sobre esse e outros assuntos.  Entre e navegue à vontade!

Gostou de nosso post? Compartilhe: