Google passa a adotar o modelo Mobile First Index como prioridade de ranqueamento

30/12/2018 às 18:22 SEO

Google passa a adotar o modelo Mobile First Index como prioridade de ranqueamento

O Google anunciou que passou a adotar o modelo Mobile First Index como prioridade para o ranqueamento de páginas nos resultados de busca.

Porém, apesar de você já ter percebido a importância, ainda existe muita gente que nem sabe o que é isto.

Não é novidade, nem surpresa para ninguém que o Google vem atualizando seu algoritmo nos últimos tempos para diminuir as chances de manipulação dos motores de busca e fazer um ranqueamento ainda mais relevante para os usuários, priorizando a experiência dos usuários.

Com isso, é hora dos profissionais de SEO acompanharem essa tendência e ir em busca do Google Mobile First Index para se adequar a essa nova necessidade do mercado.

Afinal, uma boa estratégia de SEO deve acompanhar os motores de busca do Google para continuarem ranqueando bem suas páginas.

Agora, se o seu site não se adapta ao modelo Mobile First Index, o seu site pode perder qualquer chance de chegar ao topo do Google.

E por que isso é necessário? É simples! As mudanças foram motivadas pelo alto e crescente número de acessos no Google através de dispositivos móveis como smartphones e tablets.

E por isso, o Google passou a dar prioridade para os sites que adotam modelos de layout adaptáveis a estes dispositivos.

Muitos sites já possuem adaptação para um modelo responsivo, que possui uma boa capacidade de adaptação no Mobile, mas o Mobile First Index vai além disto.

Confira também: Melhor hospedagem de site.

O que o Google Mobile First Index?

Numa tradução literal para o português, Mobile First Index significa mobile primeiro, ou seja, a principal versão do seu site deve ser voltada para a visualização em dispositivos móveis.

Diferente do modelo responsivo que falamos acima, o modelo mobile marketing tinha no responsivo apenas uma adaptação para dispositivos móveis.

No caso do mobile first index, o seu site é voltado primeiramente para dispositivos móveis, deixando a versão para desktop em segundo plano.

Por isso, quem possui um site que apenas tenha uma versão responsiva ou não tenha adaptação para mobile está saindo atrás e perdendo relevância nos resultados de busca.

Então, se no seu segmento de mercado, os seus principais concorrentes já possuem versões mobile first index do seu site, eles estão saindo na frente e provavelmente irão ranquear melhor no Google.

O Google Mobile First Index começou a ser implementado em março deste ano e agora o modelo passou a ser prioridade no ranqueamento.

E com isso, desde então muitos sites vem se adaptando a esse modelo para não perderem posições nos mecanismos de busca.

O objetivo do Google é fazer com que todas as páginas de internet sejam focadas para visualização em dispositivos móveis.

E por que? Por que isso tende a melhorar a experiência do usuário, que agora é um dos principais fatores para ranqueamento no Google.

Por conta de dar valor a experiência do usuário, adotar uma adaptação mobile se tornou um dos principais fatores de ranqueamento.

A necessidade vem da ideia que o Google agora dá a preferência para sites com indexação para mobile.

Teste 30 dias de Hospedagem de Site.

O que o Google Mobile First Index pode modificar no ranqueamento?

Segundo pesquisas, atualmente cerca de 60% das pesquisas realizadas feitas no Google são através de dispositivos móveis.

Além disso, cerca de 77% das pesquisas são realizadas em casa e não nas ruas, como acontecia no início. Isso aconteceu por conta da disseminação do 4G e das redes WiFi no Brasil.

Esses dados mostram o quanto o mobile saltou de importância e como ele já bate o modelo desktop há algum tempo. Bom, como já deu para perceber, é precisar adotar o Google Mobile First Index pra ontem!

Na nova atualização dos algoritmos do Google, os robôs da plataforma vasculham e dão prioridade aos sites com Mobile First Index.

A indexação para mobile ajuda na hora da busca para ranqueamento do Google e torna mais fácil seu site chegar ao topo do Google se ele priorizar a visualização em dispositivos móveis.

Com o crescimento das visualizações em mobile, o Google não teve como deixar de dar certa ênfase aos dispositivos móveis.

Por isso, o Mobile First Index deixou de um ser um simples fator de ranqueamento para se tornar uma das prioridades dos buscadores.

Bom, mesmo com o Google Mobile First Index ganhando prioridade no Google, os usuários não serão brutalmente impactados pela novidade.

Isso acontece por que o Google, dará tempo para que os sites possam se adaptar ao novo modelo.

SEO: First Mobile Index e a relação com o ranqueamento

O Google está realizando uma análise dos sites que buscam ranqueamento na plataforma e com isso tem gerado diferentes SERP (página de resultados de busca) para os usuários.

Os usuários recebem SERPs co versões para mobile e para desktop e isso pode gerar posições de ranqueamento diferentes.

E o que isso quer dizer? É simples, quem já possui um site adaptável para dispositivos móveis e cumprir outros fatores de SEO como layouts limpos, páginas com rápido carregamento, tags e palavras-chave, etc.

O mais indicado para que você não perca posições nos resultados de busca até se adaptar ao Mobile First Index, é preciso que você adapte suas páginas, pelo menos, para o modelo mobile friendly.

Esse modelo é responsivo e se ajusta melhor aos diferentes tamanhos de tela, mantendo o layout amigável, o que já não acontece no modelo responsivo simples que pode gerar distorções dependendo do tamanho da tela do dispositivo móvel onde o usuário visualiza o site.

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog. Conheça o nosso serviço de Hospedagem de Site.  

Gostou de nosso post? Compartilhe: