Game engines para JavaScript: Conheça os principais

04/08/2018 às 20:06 Ajuda

Game engines para JavaScript: Conheça os principais

Os games engines ou motores de jogos são ferramentas extremamente importantes para os jogos digitais que nos divertem nos dias atuais.

Criar movimentos realistas e dinâmicos em personagens e obstáculos, construir cenários de jogos inteiros não é tão fácil.

Bom, desde que os game engines chegaram ao mercado, a criação de jogos dinâmicos ficou bem mais fácil.

É a partir de motores de jogos que os desenvolvedores conseguem criar jogos cada vez mais sensacionais em questão de realismo.

Essas ferramentas influenciaram bastante na jogabilidade dos games, alavancando uma dezena de franquias de sucesso como AngryBirds, Mortal Kombat, Batman, entre outros.

Os game engines auxiliam tanto para a criação de jogos de videogames como também de aplicativos.

O que é game engine?

Mesmo que você não seja um desenvolvedor de games, com certeza você já ouvir falar em game engine.

Acima, conseguimos descrever um pouco da importância dessa ferramenta, mas vamos falar um pouco mais sobre ela.

O game engine é um programa ou um conjunto de bibliotecas que conseguem reunir diversos elementos necessários para a criação de jogos dinâmicos e em tempo real.

Essa ferramenta é responsável pela alta qualidade em gráficos 2D e 3D, além de dar a possibilidade de criar animações mais próximas a realidade.

Depois da chegada dos game engines se tornou possível criar um game por inteiro e replicá-lo para outros estilos com bastante facilidade, como acontece com um FPS, por exemplo.

Bom, resumindo o processo, é por casa dos game engines que hoje um único desenvolvedor de games pode criar um jogo do zero, diferente do que acontecia antes, quando era necessário ter uma grande equipe para criar games que eram bem mais limitados.

Confira também quais são as vantagens de criar um blog.

Como era o mundo dos jogos antes dos game engines?

Antes dos game engines era muito mais difícil criar um jogo.

Os profissionais tinham um trabalho bem mais complicado e levavam muito mais tempo para criar os primeiros jogos de videogames, como conhecemos, que eram produzidos em 2D.

Os códigos na época precisavam ser o mais simples possível e eram escritos à mão, já que os hardwares eram bem limitados.

E para complicar, o jogo precisava ser praticamente refeito a cada atualização do hardware, o que tornava o trabalho ainda mais árduo.

Para se ter uma ideia, os desenvolvedores que criavam jogos para o Atari nos anos 80, por exemplo, escreviam todo os códigos a mão e era assim que eles conseguiam criar movimentos e efeitos considerados extremamente avançados para a época.

Conheça as principais game engines para JavaScript do mercado:

Unity

O Unity é um dos game engines mais populares entre os desenvolvedores de games.

Ainda em 2009, os criadores da ferramenta lançaram uma edição gratuita, o que atraiu e conquistou os profissionais da área.

Os jogos da famosa franquia Angry Birds foram criados através desse game engine.

É possível usá-lo para criar jogos para computador, smartphones, tablets e console.

Existem as versões gratuitas e paga desse game enfine. A gratuita, como já é de se esperar, tem menos recursos e é bastante utilizada por desenvolvedores de games independentes.

Já a versão paga é mais robusta e como forma de atrair clientes, os criadores liberam um teste de 30 dias da ferramenta.

Além disso, o Unity geralmente oferece descontos exclusivos para produtores de games independentes.

Unreal Engine

Esse game engine foi usado para criar jogos famosos como Batman, Mortal Kombat X e Tekken 7.

Desenvolvido pela Epic Games, o Unreal Engine é bastante utilizado por produtores de games de tiros, que hoje são bases para jogos de outros gêneros.

O Unreal não é tão famoso quanto o Unity, mas está por trás das maiores franquias de sucesso no mundo dos games.

A ferramenta foi lançada ainda nos 90 e por isso foi uma mola impulsora desse mercado.

Hoje, a Epic Games usa a solução para a criação de seus novos jogos e também disponibiliza uma versão para produtores de games independentes.

Construct 2

Esse game engine foi criado pela Scirra em 2007 e é muito utilizado na construção de jogos multiplataforma.

Com o Construct 2, é possível criar jogos para smartphones, Pcs, tablets, consoles, etc.

A principal vantagem desse game engine é que ele pode ser usado por quem não tem nenhum conhecimento em programação.

Por isso, é tão conhecido por professores, estudantes, designers e outros profissionais para a criação de jogos simples, e claro, o ensino de desenvolvimento de games.

A interface da ferramenta é bem simples e intuitiva, sendo possível a inclusão de recursos apenas arrastando para a plataforma.

O Construct 2 também tem um editor de imagens integrado a plataforma, o que facilita os desenvolvedores na hora de fazer ajustes gráficos.

GameMaker

Apesar do Construct 2 ser bastante indicado para pessoas leigas em programação, o GameMaker é o game engine mais aconselhado para quem é iniciante no ramo de desenvolvimento de jogos.

Assim como seu concorrente direto, não é preciso saber programar e nem conhecer muito sobre games para criar um jogo através da ferramenta.

O GameMaker tem as ferramentas básicas para a criação de jogos, oferecendo músicas, fontes de textos, texturas, etc.

É possível criar games na plataforma e exportá-los para diversas lojas virtuais como a Apple Stores, a Windows Store e a Google Play Store.

RPG Maker

Outro bom game engine para desenvolvedores iniciantes é o RPG Maker. A ferramenta é bastante fácil e permite a criação rápida de jogos.

Mesmo aparentando ser bastante simples, esse game engine foi utilizado em famosos games como os jogos clássicos da série Final Fantasy e Pokémon.

Existem diversas versões do RPG Maker, sejam elas gratuitas ou pagas, por isso a recomendação é que os profissionais chequem quais são os principais recursos oferecidos antes de escolher com qual trabalhar.

Gostou das dicas? Confira mais em nosso blog. Conheça o nosso serviço de Hospedagem de Site.

Gostou de nosso post? Compartilhe: