Dicas de templates e design para e-mail marketing

Dicas de templates e design para e-mail marketing

08/07/2017 às 18:08Email Marketing

O e-mail marketing tem se tornado um dos pontos-chave da estratégia de marketing digital das grandes, pequenas e médias empresas. As newsletters ficaram cadas vez mais populares e hoje temos uma grande quantidade de e-mails de publicidades em nossa caixa de entrada.

Essa ferramenta é uma ótima forma de conseguir boas vendas e criar um relacionamento de fidelidade com seus clientes. Seja por disparos segmentados por base ou enviado de forma automática, é possível converter leads, além disso o e-mail marketing compensa pelo baixo custo e pela possibilidade de uma lista com clientes que realmente se interessam em receber as novidades de seus produtos e serviços.

Um dos principais objetivos do e-mail marketing é gerar maior tráfego para o site e as redes sociais do seu negócio. Criar influência através de um template com design impecável é primordial para a qualidade de conteúdo.

O que complica na hora da criação de seu e-mail marketing é que nem sempre o desenvolvedor do design do template é o mesmo que codifica o arquivo em HTML ou CSS. O designer deve ter conhecimentos básicos sobre e-mail marketing para saber como funciona, facilitando a vida do profissional de HTML.

Facilitar a vida do programador, o fará produzir um bom código para o template, que seja correto e mantenha os aspectos da arte criada.

Vamos as dicas!

Saiba utilizar imagens e textos

Utilizar imagens e textos no template de e-mail marketing é essencial para tornar sua leitura mais fácil e seu visual mais atraente. Tente equilibrar ao máximo a quantidade de texto e de imagem, já que os que só possuem imagens diminuem a taxa de cliques e os que contam com muito texto, afastam os leitores.

Crie uma arquitetura harmônica para clientes de diferentes webmails. Outra dica é sempre colocar textos na imagem, já que nem sempre as imagens carregam de forma automática, de acordo com o serviço e a internet dos usuários, já os textos carregam fácil e podem instigar a vontade do cliente em conferir o e-mail.

Não existe regra que determine quantas imagens e qual a quantidade de texto ideal para um template que conquiste seus clientes. Esse design depende muito do seu produto ou serviço, da mensagem que você quer passar, mas obviamente um texto ilustrado por uma imagem que combine com ele, deixará os usuários mais instigados para conferir.

Confira alguns exemplos de campanhas de e-mail marketing para se inspirar.

Use call to actions

As chamadas para ação, ou call to actions, são botões com links que façam com que o leitor execute algum tipo de ação. Desde um cadastro, compartilhamento de e-mail, compra com desconto, etc. Eles são a chamada que dá uma finalidade ao e-mail, todo ele deve ser baseado em que seu cliente clique na call to action e participe da ação que você ofereceu.

A chamada é essencial para o sucesso do template. Call to actions com cores diferentes do resto do template, customam ser usada para destacar a ação chave do e-mail. Escolher bem a posição do botão também é extremamente importante, para um e-mail que só tenha uma call to action é recomendado colocar no topo ou no rodapé, dependendo do estilo do template. Quando o e-mail tem mais de uma chamada, elas geralmente são colocadas lado a lado de acordo com a sua importância.

Invista no design responsivo

A taxa de cliques e de rejeição de seu e-mail marketing tem muito a ver com um bom design responsivo. Os números dos acessos em e-mails através de dispositivos móveis crescem dia após dia. Um design responsivo é fundamental para que seu e-mail consiga se adaptar perfeitamente e os usuários consigam ler sem dificuldades em qualquer dispositivo.

Quais são as dicas técnicas para criação de um ótimo template de e-mail marketing?

Crie templates com largura de no máximo 600 pixels é o ideal para e-mail marketing.

Use em seu template na hora de criar seus textos, as chamadas fontes de sistema, que estão presente na grande maioria dos computadores, smartphones e tablets como a Arial, Verdana, Times New Roman, Calibri, etc. Isso facilita na hora de formatar os textos no código, sem necessidade de usar mais imagens, o que podem classificar seu template como spam.

Não faça a diagramação de métodos ou instruções de opt-out para que no HTML eles tenham que ser inseridos como imagens, formate estes usando fontes de sistema para que eles possam ser formatados no código como texto.

Não posicione conteúdo sobre imagens se no HTML você for precisar criar áreas com imagens de fundo. Essa função não tem suporte nos principais programas de e-mail como o Gmail e o Hotmail. Nos programas de e-mail o fundo com imagem não é suportada, se o template for criado dessa forma, seus clientes não conseguiram ver a arte como foi criada.

A sua lista de contatos também com nomes e outras informações que seus clientes cadastraram ao assinar sua newsletter, crie algumas áreas no template utilizando essas informações. Essa pequena personalização, criará uma diferença do conteúdo em si, o que gera um atrativo a mais para o leitor ler o e-mail e um ponto que ajuda o template a passar nos testes anti-spam.

Não crie templates parecidos com folders ou propagandas de revistas, sempre tente formatá-lo para ser desmontado e reproduzido em HTML. Os templates que são feitos como um folder são geralmente inteiros e não podem ser quebrados, não possuem textos e isso aumenta a pontuação de spam na hora de passar pelos testes dos programas de e-mail.

Evite escrever grandes trechos de um texto em letra maiúscula e nem escreva em vermelho ou verde limão, essa é uma prática muito utilizada por criadores de spam e podem atrapalhar o desempenho do seu e-mail.

Gostou das dicas? Confira mais em nosso blog. Conheça nossos planos de hospedagem, e-mail marketing, loja virtual, streaming, entre outros serviços.

Gostou de nosso post? Compartilhe: