Conheça 6 frameworks PHP que podem otimizar o seu trabalho

11/08/2018 às 09:34 Ajuda

Conheça 6 frameworks PHP que podem otimizar o seu trabalho

Quem trabalha como desenvolvedor back-end sabe da importância que a linguagem PHP tem para o desenvolvimento de projetos.

O PHP é uma das linguagens de programação mais conhecidas por desenvolvedores de todo o mundo, por conta de ser uma ferramenta de fácil uso e aprendizado.

E para otimizar ainda mais o serviço com o uso do PHP em seus projetos, você precisa conhecer alguns frameworks PHP que podem otimizar (e muito!) o seu trabalho.

Existem diversas opções de frameworks da linguagem que irão simplificar seus projetos, tanto em aplicações web como móveis.

O desenvolvedor back-end deve ter uma noção mais aprofundada sobre como cada framework citado em nossa lista pode lhe ajudar e é por isso que desenvolvemos esse texto, confira abaixo:

Laravel

Esse é o framework PHP mais usado por desenvolvedores no mundo.

O Laravel se destaca por ser um serviço bastante versátil e tem um grande número de ferramentas que otimizam o trabalho de quem precisa do PHP para desenvolver projetos de baixa e alta complexidade.

Lançado em 2011, esse framework vem ganhando notoriedade no mundo da programação e pode ajudar o desenvolvedor a desenvolver diversas aplicações web.

O seu aprendizado costuma ser bastante rápido, já que o Laravel tem uma comunidade bastante ativa.

Não é difícil encontrar podcasts e vídeos que ensinem a utilizar essa plataforma.

Por conta de ser o framework PHP mais famoso do mercado, o número de tutoriais sobre o serviço é imenso, o que ajuda tanto desenvolvedores experientes, e principalmente, os profissionais iniciantes.

Phalcon

Lançado em 2012, o Phalcon também tem ganhado fama no mercado entre a comunidade PHP mundial.

Esse framework também possui uma comunidade extremamente ativa, a prova disso é que não é difícil encontrar tutoriais sobre a plataforma traduzidos para diversos idiomas.

Uma das principais vantagens do Phalcon é que ele consegue processar mais rapidamente as solicitações PHP.

O serviço tem uma arquitetura um pouco diferente dos demais frameworks PHP, ele foi escrito em linguagem C e por isso possui um desempenho mais otimizado.

Saiba também qual é a melhor hospedagem de site.

CakePHP

Este é um dos mais antigos frameworks PHP do mercado. O CakePHP é uma plataforma que pode ser utilizada por programadores experientes e iniciantes com a mesma eficiência.

A plataforma também é bastante eficiente e funciona bem em projetos de diferentes complexidades.

O CakePHP possui recursos não só para a linguagem mãe, mas também quem precisa integrar o trabalhar com JavaScript e o uso de formulários HTML e pode ser integrado com soluções front-end como o Twitter Bootstrap.

Assim como os demais, possui uma comunidade bastante ativa e se destaca por ser um framework bastante estável.

Zend Framework

Esse framework também nasceu em 2005 e alcançou a fama rapidamente, junto com outros frameworks famosos como o Ruby on Rails, por exemplo.

O crescimento rápido da plataforma se deve muito a influencia de Google e Microsoft, fortes apoiadores do serviço.

O Zend Framework compete com o Laravel, sendo um dos frameworks PHP mais utilizados por desenvolvedores mundialmente.

Aliás, a Zend, empresa de mesma nome e dona do serviço é uma das maiores apoiadoras que contribuíram para a disseminação rápida da linguagem PHP entre os programadores.

Porém, o Zend Framework possui uma desvantagem perante aos demais: o aprendizado da plataforma não é tão rápido quanto aos outros.

Por conta da dificuldade em aprender e utilizar esse framework, ele costuma ser mais restrito a profissionais back-end experientes e geralmente é utilizado em projetos mais complexos.

Não perca tempo e baixe o nossos Ebook de CloudLinux.

Codelgniter

Esse framework é bastante intuitivo e por isso é de fácil uso para desenvolvedores iniciantes.

Por mais que ainda seja bastante conhecido nos dias de hoje, o Codelgniter perdeu bastante espaço e popularidade na comunidade PHP.

Por esse motivo, a plataforma não recebe tantas atualizações o quanto deveria e por isso fica para trás em relação a ofertas de recursos PHP que oferece aos desenvolvedores.

Em contrapartida, o Codelgniter ainda se destaca pelo seu alto grau de compatibilidade com diversos servidores e por ainda ter um bom desempenho.

Em grande maioria, a plataforma atrai muitos desenvolvedores iniciantes e é usada para projetos de baixa complexidade e pouca robustez.

Symfony

Esse framework também é bastante antigo como o CakePHP e possui uma arquitetura MVC, assim como a maioria dos frameworks PHP.

É uma plataforma voltada a dar agilidade aos projetos e por isso é mais indicada para projetos mais robustos, já que conseguem suportar o volume de dados comuns em projetos de grande porte.

Porém também tem bom desempenho em aplicações web básicas.

Por conta de suas características, assim como o Zend, não é fácil de aprender a usar o Symfony.

Porém, o investimento de tempo para estudar e aprender sobre esse framework irá valer bastante a pena, principalmente se o desenvolvedor foca na construção de grandes projetos num médio prazo.

E aí, gostou da nossa lista? Bom, antes de fecharmos esse texto, vamos lhe dar mais algumas dicas de uso desses frameworks.

A primeira dica é: não baseie seus projetos em um único framework. Por que? Essa plataforma pode ser descontinuada, o que pode acabar com seu projeto.

Então, não seja dependente! Busque por frameworks estáveis e conhecidos no mercado.

Antes de utilizar qualquer framework citado acima, você deve tirar um tempo para aprender a usar a plataforma.

Não adianta apenas ver alguns tutoriais e achar que sabe de tudo! Tire um tempo para entender como cada framework funciona e como ele pode ajudar a otimizar o seu trabalho.

E claro, nossa última dica se refere principalmente aos profissionais iniciantes.

Antes de usar qualquer framework, então como a linguagem PHP funciona, conheça suas características e peculiaridades, somente assim você tirará proveito do que estes serviços têm a lhe oferecer.

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog.  Conheça o nosso serviço de Hospedagem de Site.

Gostou de nosso post? Compartilhe: