Conheça 5 tendências do design gráfico para os próximos anos

05/01/2020 às 16:43 Novidades

Conheça 5 tendências do design gráfico para os próximos anos

O design gráfico é uma das áreas mais populares do design nos últimos anos. E essa área está cheia de tendências que chegaram em 2019 e se perpetuaram nos próximos anos.

Depois do “boom” do flat design, novas tendências trazem novidades ao design gráfico, mantendo o conceito minimalista dos últimos anos.

Neste artigo, vamos listar as principais tendências do design para os próximos anos. Então, se você é designer gráfico ou está estudando para seguir essa profissão, leia esse texto até o fim! Essas dicas serão importantíssimas para o seu sucesso na área.

Confira as principais tendências do design gráfico para os próximos anos:

A volta dos gradientes

Na década passada, o gradiente era uma tendência do design e fez muito sucesso. No início dos principais sites e blogs da internet, era comum ver o uso de gradientes em todos os lugares do layout. 1Qualquer site, folder ou mesmo apresentação de Power Point tinha gradientes. 

Com a chegada do flat design, os gradientes caíram em desuso. Agora, com a evolução dessa técnica, a chamada “flat 2.0” ou “semi-flat design”, os gradientes reapareceram.

Logos e layouts voltaram a ter o gradiente como tendência, é possível ver isso no layout do sistema iOS da Apple e na logo do Instagram, por exemplo.

O gradiente está voltando a ser popularidade, sua presença está aumentando em ilustrações, logos com o intuito de melhorar a experiência visual dos usuários.

Se você não sabe o que é gradiente, é bem simples! Gradiente é uma transição de cores, atualmente é feita de forma mais suave do que antigamente, por conta do conceito de flat design.

Duotone

A técnica de Duotone também voltou a virar tendência. Basicamente, o duotone consiste na criação de artes com duas cores contrastantes, o objetivo é aplicar um conceito de flat design e dar mais elegância e destaque as imagens.

Um bom exemplo do uso do Duotone no mercado atual são as capas de playlists do Spotify, que também tem adotado a técnica nas artes das suas últimas campanhas de marketing.

Essa técnica foi adotada por designers gráficos porque ela combina com o semi-flat design.

O arquivo é preparado para impressão com dois tons contrastantes, um por cima do outro para criar uma imagem de duas cores.

Essa é a técnica base do processo de Duotone, que ficou muito mais fácil de ser feita com a evolução dos softwares de edição de imagem.

Além da aplicação da técnica com duas cores, também é possível criar um duotone ainda mais colorido.

Muitos designers gráficos estão explorando o uso de três ou quatro cores no processo. Por ter um design elegante e trazer mais destaque as artes, a técnica de duotone será uma das maiores tendências dos últimos anos.

Confira também: Vantagens de ter um blog em WordPress.

Tons anos 80 e 90

Hoje em dia, as crianças nos anos 80 e 90 são a maior parte dos adultos que comandam o mercado criativo.

Por isso, a volta a essas épocas tão boas também chegaram ao design. O uso de tons mais elétricos, mais contrastados voltou com tudo no design. Além disso, o uso de elementos visual que remetam a época.

Essa tendência do design gráfico está com tudo e tende a se perpetuar pelos próximos anos. O uso das paletas de cores dos anos 80 e 90 estão bastante populares, entre os designers gráficos.

A tendência do uso de cores e elementos dos anos 80 e 90 surgiram não só pelos profissionais criativos, mas pelos consumidores que receberam muito bem esta idade.

A volta a estas épocas está presente em tudo no design e se estende a outras áreas como a produção audiovisual, por exemplo.

No motion design, no design de móveis, todas essas áreas junto ao design gráfico, estão adotando cores e elementos anos 80 e 90 em suas criações.

Microinterações

O uso da chamada microinteração é uma tendência do design gráfico para os próximos anos.

Esse conceito consegue na criação de artes animadas, as animações são bem simples e visam melhorar a experiência visual dos usuários.

A ideia das microinterações é levar os usuários a executarem uma ação. Por isso, as animações têm um estilo de GIF e estão sempre convidando os usuários a fazer alguma coisa.

Esse tipo de arte está por todo o lado na internet, podemos ver isso nas redes sociais como Instagram e Facebook, por exemplo.

Apesar de serem bem simples, as animações são capazes de tornar artes mais interessantes e intuitivas.

O uso da microinteração está presente em tudo, desde campanhas de marketing até e-mails e boletins informativos.

Por serem fáceis de fazer e trazer movimento a artes simples, a microinteração é uma das tendências mais fortes do design gráfico para os próximos anos.

O uso destas pequenas artes animadas deve evoluir bastante e ocupar todos os espaços da internet.

Fotos autênticas

O uso de fotografias autênticas também é uma tendência do design gráfico para os próximos anos.

Fotos mais naturais conseguem dialogar melhor com o consumidor atual e podem ser a base para a montagem de artes mais realistas.

Muitas empresas estão apostando na produção de imagens autênticas, que mostram o desenvolvimento de projetos.

De encontro a isso, muitos fotógrafos estão diminuindo o uso de filtros e deixando o tratamento de imagens bem mais leves, para que elas parecem cada vez mais reais.

Os consumidores acabam sendo atraídos por uma fotografia mais realista.

O designer gráfico precisa conciliar o uso das imagens mais naturais com um flat design bem leve para criar artes que contem histórias, remetam a bons sentimentos, já que estas sensações são importantes para a conquista e a fidelização de clientes.

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog. Conheça o nosso serviço de Hospedagem de Site.

Gostou de nosso post? Compartilhe: