Como usar o Google Search Console?

19/10/2018 às 11:20 SEO

Como usar o Google Search Console?

O Google Search Console assim como outras ferramentas como o Google Analytics é um excelente serviço para entender o comportamento dos leitores do seu blog.

Com o programa é possível entender como os usuários conseguiram achar o seu site.

Com essa ferramenta você terá dados para entender como o Google analisa o seu site e assim poderá fazer as correções necessárias para otimizar seu conteúdo, corrigindo erros editoriais, de marketing e de SEO.

O Google Search Console é a nova versão do antigo Google Webmaster Tools.

A mudança de nome e as alterações do programa agora são bem mais amplos e não abrange apenas profissionais de programação, mas todos os usuários leigos que podem, de maneira intuitiva, colher e analisar dados.

O que é o Google Search Console?

O que é o Google Seach Console

Essa é uma das ferramentas do Google para os usuários entenderem o comportamento do seu público na internet.

O serviço foi reformulado e relançado neste ano para abranger um público maior do que apenas os profissionais do setor de TI.

Mesmo com a mudança, as ferramentas antigas do Google Search Console que foram descontinuadas, ainda estão disponíveis na versão anterior.

Esse é o motivo de muitos usuários ainda utilizaram a antiga versão do programa.

A ideia central da ferramenta é fornecer aos usuários relatórios e recursos para que eles consigam entender como anda o tráfego do seu site, semelhante, mas menos complexo ao que acontece no Google Analytics.

A partir dessa análise inicial o programa também oferece meios para que os proprietários de websites corrijam os erros de suas páginas para recuperarem os poderes dela nos mecanismos de busca, melhorando sua posição no ranking e aumentando sua autoridade com o público.

Por esses motivos, o Google Search Console é um programa muito recomendado para quem está buscando implementar ou melhorar sua estratégia de SEO.

O melhor de tudo isso é que a nova versão é mais intuitiva e ajuda a todos e não somente profissionais técnicos desse setor de mercado.

Confira também: Vantagens do Cloud Server.

Como utilizar o Google Search Console no meu sistema?

O programa apresenta algumas funcionalidades importantes para a otimização de SEO.  Ela mostra como o Google compreende a aparência das páginas do seu site, indicando se existem melhorias a serem feitas nos títulos, descrições, imagens, etc.

Outro ponto importante é que o serviço destrincha os motivos pelos quais as pessoas acham e acessam o seu site, ideal para entender o comportamento do usuário.

A ferramenta também serve para mostrar quais são as melhores palavras-chave para o seu site e como acontece o processo de indexação de suas páginas.

Também é possível identificar falhas de segurança no seu site e testar outros recursos adicionais. Bom, depois de falarmos resumidamente como o programa pode te ajudar, é hora de ir a fundo.

Confira abaixo:

Aparência

Como falamos acima, nessa parte o programa te dá recursos para que você possa corrigir erros de SEO e assim otimizar a sua página.

O primeiro relatório para prestar atenção são os dados estruturados, onde é possível identificar quais mudanças deixariam seu site mais atrativo.

Nesse relatório, além de informações completas sobre a aparência do seu site, você encontrará marcadores que apontam os erros em cada elemento do seu site.

Esse recurso gera uma avalição sobre todos os principais pontos da aparência de uma página.

No relatório de dados estruturados permite rastrear as possíveis melhorias de HTML que precisem ser feitas. Isso acontece por que o programa mostra quais erros o Google está achando em seu site quando ele é ranqueado nos resultados de busca.

Quais são os problemas mais encontrados? Entre outros erros, os mais comuns em relação a aparência do seu site são a duplicação da meta descrição, títulos incoerentes, longos ou duplicados, falhas que proporcionam a falta de indexação de uma página no Google.

Um dos novos recursos da nova versão é a avaliação também para sites visualizados em dispositivos móveis.

Como a experiência do usuário é um dos principais fatores de ranqueamento atualmente, a versão mobile dos sites representa cada vez mais uma das prioridades para qualquer site.

Tráfego

Nessa parte, é possível obter relatórios que mostrem detalhadamente como os usuários chegam até o seu site. Com isso, é possível saber quais páginas do seu site foram indicadas por outros sites ou usuários, em quais palavras-chave que seu site ou blog estão se destacando.

Através dos relatórios de tráfego você consegue identificar de quais países os usuários acessaram o seu site, se eles acessam mais por smartphones ou desktop e qual foi a origem de tráfego.

É possível apontar, por exemplo, o que vem acontecendo em muitos sites, que estão sendo encontrados por pesquisas especificamente sobre imagens.

Todas as informações dão aos proprietários de website um panorama completo sobre o tráfego de seus sites.

Falhas de segurança

Essa parte também é essencial para o seu site. Os relatórios de segurança do Google Search Console conseguem mostrar quando seu site foi infectado por um vírus ou invadido por hackers.

Caso problemas sejam encontrados, eles são analisados e se torna possível fazer uma revisão para apontar possíveis soluções para o problema.

Depois de corrigir as brechas de segurança, o usuário pode voltar a pedir uma nova avaliação para ver se a situação foi contornada.

Além disso, o Google Search Console é bastante complexo, mas é possível entender de maneira simples como tornar o seu site mais interessante para os usuários do Google.

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog. Conheça o nosso serviço de Cloud Gerenciado.

Gostou de nosso post? Compartilhe: