Como ter um negócio online

09/06/2020 às 14:25 Marketing

Como ter um negócio online

Cada vez mais pessoas desejam saber como ter um negócio online, mas ao mesmo tempo não sabem como iniciar. Muitas vezes a incerteza do empreendedorismo e a falta de informações sobre o cenário deixam muitas pessoas em posição defensiva quanto a iniciar um negócio próprio.

Quando se trata de um negócio online as incertezas só aumentam: será que dá mesmo pra “viver de internet”? O que eu posso oferecer em um mercado tão concorrido quanto o das lojas virtuais? Além disso, iniciar um empreendedorismo digital é ainda mais complicado que um negócio físico, não?

Não. Não é que seja mais simples lidar com empreendedorismo digital, porém o nível de dificuldade não é maior que qualquer outro empreendimento. E com acesso a internet você pode encontrar todas as informações que necessita para ser um empreendedor digital.

Porque criar um negócio online

Quando questionadas “por que criar um negócio online” as respostas podem ser diversas: aumentar a renda, a busca por um negócio próprio ou o desejo de trabalhar em casa.

A verdade é que todos estes são motivos válidos sim, mas vamos apresentar alguns motivos mais palpáveis para isso. Vamos falar de dados e números que mostram que o mercado de e-commerce está a pleno vapor.

Começando em 2011 o mercado de loja virtual vendeu R$18,7 bilhões de reais. Desde então esse número se tornou cada vez mais crescente e em 2018 alcançou a casa dos R$53 bilhões.

Embora não seja apresentado no gráfico, em 2019 o Brasil ainda faturou 75 bilhões de reais pelo e-commerce. Um crescimento de 22,7% em relação a 2018.

No inicio deste ano especialistas do mercado digital previam um aumento de 18% em relação ao ano anterior. Ou seja, um faturamento de mais de 100 bilhões de reais.

Você ainda tem dúvidas que uma parte desse faturamento pode ser seu?

gráficos mostrando crescimento do e-commerce

O que é um empreendedor digital?

Como você já deve ter notado, um empreendedor digital é basicamente alguém que possui um negócio online. Mas se você se pergunta “como ser um empreendedor digital?”, talvez queira saber mais.

Dizer que possui um negócio online é tão vago quanto dizer que possui uma loja. Uma loja de quê? Qual seu trabalho exato? A ISBrasil por exemplo é um empreendimento digital, do ramo de hospedagem de sites. Além destes serviços oferecemos também soluções em cloud gerenciado, revenda de hospedagem, etc.

Percebe como é importante ter em mente exatamente com o que deseja trabalhar na internet? Chamamos a isto de “nicho”. E escolher o seu nicho deve ser uma prioridade.

Dê uma olhada neste gráfico sobre os nichos mais lucrativos do Brasil nos anos 2018 e 2018. Ainda hoje, esse ranking não se alterou muito.Porém isso não significa que você deve investir diretamente em algo super aquecido. É melhor avaliar onde você pode oferecer mais conteúdo e soluções. Por exemplo, se você já entende da área de moda, invista nisso mesmo que telefonia pareça um nicho mais lucrativo.

Gráficos indiciando nichos lucrativos de e-commerce

Começando seu negócio online

Você já definiu seu nicho? Bem, vamos a sua próxima decisão: qual será o modelo do seu negócio online? Você trabalhará vendendo produtos com sua loja virtual ou será uma prestação de serviços, como por exemplo um designer atendendo clientes de forma online?

Assim como em um negócio físico, um empreendedorismo digital necessita de um planejamento pormenorizado e definir o modelo do seu negócio é o primeiro passo para isso. Vamos falar de alguns modelos de negócio online que vemos funcionando e conhecendo mais do mercado, você decidirá onde seu perfil se encontra.

Além disso, ter esse planejamento lhe ajudará na parte prática de controlar seu investimento.

E-commerce

Como falamos até aqui, o mercado do e-commerce está de vento em popa. Mas se você deseja ter sua própria loja virtual prepare-se pois terá muito serviço. Primeiro se preocupe em encontrar um provedor de hospedagem e um plataforma para sua loja virtual. A ISBRasil oferece os dois serviços: hospedagem de sites e loja virtual. Mas a depender de seu provedor, pode ser que precise contratar serviços separados.

Além disso é preciso considerar o investimento inicial em seus produtos, de acordo o seu nicho.

Freelancer

Alguns profissionais se tornam autônomos na internet oferecendo serviços freelancer das suas áreas de especialidade. Se no inicio estes serviços se limitavam a designers, programadores, etc. Hoje contadores, advogados e até psicólogos utilizam a internet como meio para prestar serviços.

Se este é o seu caso, você precisa se preocupar com uma boa hospedagem de sites e um site que apresente o seu trabalho da melhor forma possível. O site deve ser responsivo, limpo e rápido.

Infoprodutos

Se não conhece o mercado de Infoprodutos ainda, vamos começar do básico: Hotmart. O Hotmart é uma plataforma onde são disponibilizados diversos Infoprodutos seja para você adquirir ou revender e receber uma comissão. O melhor desse modelo de negócio é o baixo investimento e a boa comissão de alguns produtos, que podem facilmente ultrapassar os cem reais, por venda.

Um infoproduto muitas vezes se trata de um curso e/ou acesso a uma área de membros para troca de informações, ou um e-book ou mesmo serviços de assinatura.

O seu principal investimento aqui será a aquisição de uma hospedagem de sites e o tempo utilizado na produção de conteúdo para divulgar o produto escolhido.

Erros para se evitar

Ficou empolgado com as possibilidades? Ok, mas vá com calma! É preciso se atentar a vários erros.

Como diria um professor meu “o inteligente aprende com o próprio erro, o tolo o repete. O sábio aprende com o erro de outros”. O que eu quero dizer é que você deve estudar, especialmente aquilo que dá errado com você e com os outros e evitar.

Um erro comum aos iniciantes por exemplo é economizar muito com investimentos iniciais (hospedagem de sites, produtos, loja virtual, etc) e acabar oferecendo um serviço incompleto e que acaba não gerando lucro justamente por estar incompleto.

Se você deseja um negócio que vá gerar lucro e que você possa se preocupar apenas com seu empreendimento online e sem indisponibilidades, confira nossa hospedagem de sites com 30 dias grátis.

Gostou de nosso post? Compartilhe: