Como reduzir o uso de memória no WordPress

Como reduzir o uso de memória no WordPress

18/12/2017 às 10:20WordPress

Cada servidor tem um limite de memória RAM, assim também é no WordPress. A quantidade de memória que tem seu servidor é determinada pelo tipo de serviço que você contrata. Quando sua memória lota, por conta de arquivos e outros dados upados na aplicação, é possível que o servidor trave o site para evitar problemas maiores, mesmo assim causam problemas para seus clientes e para atrair novos visitantes, já que o ideal é que seu site fique sempre no ar, 24 horas por dia nos 7 dias da semana.

O WordPress é a maior plataforma para a publicação de diversos tipos de sites e blogs. É o principal CMS do mercado, sendo a melhor opção para sistemas de gerenciamento de conteúdo. A plataforma tem código aberto e uma comunidade fervorosa, ideal para conseguir novas informações e funcionalidades, o que facilita a administração de seu site.

O que é o uso de memória no WordPress?

O uso de memória no WordPress é a quantidade de memória usada por scripts PHP. Existem alguns tipos de script que consomem memória podendo ser um tema, um plugin ou um arquivo. Um bom tema e alguns plugins são focados em reduzir o uso de memória para não gerar sobrecarga no servidor, por conta do alto consumo.

Os scripts PHP que consomem boa parte da memória do seu site, pode diminuir a velocidade do seu site. Muitos serviços de hospedagem compartilhada costumam usar salvaguardas para anular os scripts que excedem o nível aconselhado de memória alocada. Mesmo assim, seu site pode ficar por horas inativo ou até é possível que suas contas de hospedagem sejam suspensas.

Uma boa dica para otimizar o uso da memória RAM no WordPress é utilizar plugins de cache que tem como objetivo reduz a carga do seu servidor, fornecendo cópias em cache de páginas da web, sobrepondo scripts mais pesados.

Você, como gerenciador do servidor, pode checar por si próprio a quantidade de memória que está sendo consumida, sem necessidade de ajudar técnica. Num painel cPanel, por exemplo, é possível checar o status do serviço, onde é possível olhar essa informação.

Saber o nível normal de consumo é essencial para identificar quando o alto consumo acontece por conta do upload de arquivos, evitando que seu site tenha um grande problema e acabe saindo do ar. O uso da memória mostra o total consumido através de uma barra de porcentagem. Outros serviços de hospedagem que não usarem o cPanel também costumam contar com painéis de controle que permitem verificar essa informação e fazer o acompanhamento detalhado do consumo de memória.

O que pode aumentar o consumo de memória no WordPress?

O alto consumo de memória no WordPress pode causar sobrecarga no seu servidor de hospedagem. Alguns fatores influenciam bastante o aumento do consumo, entre eles estão: qualquer plugin do WordPress, recebimento de uma grande quantidade de acessos simultâneos e a versão do PHP que você está usando no seu site. Quanto maior for o tráfego do seu site, mais você deve se preocupar com o consumo de memória e melhorar a capacidade do seu servidor para suprir a demanda de visitas.

Confira também quais são os melhores plugins para o WordPress.

Como economizar memória no WordPress?

Em média, 10 acessos simultâneos consomem cerca de 500 MB de memória, ou seja, um site consome entre 40 e 50 MB por acesso. O que indica que quanto maior for o seu tráfego, você deve adotar um servidor mais robusto para suportar o número de visitas, senão seu site tende a sair do ar por vezes seguidas.

É possível diminuir o uso de memória, atualizando a versão do PHP para a mais recente suportada pelo WordPress e também atualizando todos os plugins instalados ou os nativos do WordPress. Além disso, é preciso desabilitar os plugins da plataforma do qual você faz uso.

Uma boa solução é o uso de plugins como dissemos acima. A extensão TPC! Memory Usage pode ajudar a monitorar a memória consumida pelo seu site. É possível configurar o plugin e receber um e-mail toda vez que seu site superar o nível de memória aconselhado.

O plugin te informa sobre todas as características do seu servidor, desde os riscos de segurança, a versão do PHP que está sendo usada, além de oferecer boletins que informam mais detalhadamente o consumo de memória do seu servidor de hospedagem.

Outras formas para otimizar aplicação e diminuir o consumo de memória

Usar um sistema de cache é muito indicado para que seu site alcance um melhor desempenho. Um plugin do gênero vai reduzir as requisições feitas pelo seu servidor, em vez de abrir novas aquisições para cada acesso, ou seja, seu site deixará de consumir 50 MB por sessão.

Evite utilizar aspas duplas em seu site, optando por aspas simples. Isso é importante porque o script PHP vai processar mais rapidamente seu código, economizando tempo e espaço de memória. Se o conteúdo do seu site é em grande maioria estático, ou seja, não usa animações .gif, em flash ou outros formatos, opte por usar o HTML. O tempo de carregamento do seu site diminuirá com o HTML do que nas demais linguagens de programação, isso também ajuda a reduzir o consumo de memória.

Uma dica específica para sites que tenham diversas páginas com um mesmo tipo de conteúdo é combinar diversas funções ao digitar o código de programação, juntando scripts para economizar tempo no processamento e o consumo individual das aplicações.

Faça a otimização de suas consultas com o SQL. Crie índice na base de dados, isso vai facilitar e muito suas buscas, já que você não terá que checar todos os dados, indo direto para o índice que você precisa. Guarde todas as consultas realizadas em cache, isso vai melhorar o desempenho do seu site e economizar o seu tempo.

Otimizar o seu site e diminuir o consumo de memória ajudará no aumento do volume de tráfego, já que os mecanismos de buscas do Google consideram esses pontos como um fator positivo na hora de ranquear conteúdo.

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog. Conheça os planos da ISBrasil para o serviço de Hospedagem com WordPress.

Gostou de nosso post? Compartilhe: