Como melhorar o controle de acesso a internet na sua agência

27/03/2020 às 20:06 Marketing

Como melhorar o controle de acesso a internet na sua agência

Quando você possui uma agência de marketing e comunicação, é importante que os funcionários que lá trabalham se sintam confortáveis e bem com o que estão realizando.

Como todos nós sabemos, quando os funcionários estão felizes, o ambiente de trabalho tende a ser mais amistoso e a produtividade tende a ser maior.

Por outro lado, é necessário prestar atenção para que certas liberdades não sejam extrapoladas, o que pode fazer com que esse ambiente perca essa positividade e se torne um caos total.

Pensando em todas essas questões, resolvemos falar sobre como melhorar o controle de acesso à internet na sua agência. Quer saber como chegar a esse equilíbrio e ter uma equipe feliz e produtiva? Então confira no nosso texto agora!

A importância da liberdade

Nenhum funcionário gosta de sentir que está sendo privado de alguma coisa, ainda mais quando falamos de acesso a sites que ele está acostumado a visitar.

Fazer com que todos se sintam livres dentro da sua agência é essencial para que ela funcione corretamente.

Mas como fazer isso sem diminuir a produção ou afetar o trabalho negativamente? É sobre isso que vamos falar nos tópicos a seguir.

Mas a primeira coisa que você deve ter em mente é que a liberdade é algo fundamental para que a agência funcione bem.

Você já conhece o nosso serviço de Cloud Gerenciado? Os planos do Cloud Privado estão apartir de R$250,00 e os diferenciais são o Monitoramento, Gerenciamento Preventivo, Backup e a Licença do cPanel incluso.

Como melhorar o controle de acesso à internet?

Antes de mais nada, é importante entendermos que melhorar não significa restringir mais o controle de acesso, nem mesmo proibir que seus funcionários acessem determinados sites.

Na verdade, a proibição feita de uma hora para outra pode gerar um efeito bastante negativo, uma vez que pode soar como um castigo sem motivo e fazer com que o clima do ambiente de trabalho piore.

O mais adequado a se fazer nesse momento é ter um relacionamento aberto com seus funcionários, no sentido de os avisar até que ponto o trabalho deve ser feito e até que ponto o uso excessivo de determinados sites pode prejudicar a agência.

A conversa é, sem dúvidas, a melhor forma de melhorar o controle de acesso à internet. Pense bem, quando usamos o termo controle, isso não soa bem nos ouvidos de todos.

Como dissemos anteriormente, as pessoas não gostam de se sentir vigiadas, controladas e limitadas sobre o que podem ou não fazer.

Mas quando você é franco em relação aos limites que a empresa possui sobre o acesso à internet, os funcionários tendem a compreender de uma melhor forma e, consequentemente, respeitar mais os limites passados por você.

Portanto, quando falamos em melhorar o controle de acesso à internet, estamos também falando sobre como melhorar o seu relacionamento com seus funcionários para que eles possam trabalhar em um ambiente produtivo e em que a as regras não sejam motivo de infelicidade para eles.

Pode ter certeza que as melhores agências trabalham dessa maneira e que os resultados são mais do que positivos.

Devo bloquear alguma coisa?

Essa é uma questão delicada e muitas coisas tem que ser levadas em consideração na hora de tomar a decisão sobre bloquear algum site dentro da sua agência.

A primeira coisa que deve ser levada em consideração é com o que seus funcionários estão acostumados. Se sua agência já possui determinados sites bloqueados desde o início de seu funcionamento, a tendência é que eles não sintam falta disso.

Por outro lado, quando você decidir bloquear um determinado site, é necessário que o motivo esteja muito claro para todos.

Você pode mandar um e-mail geral avisando sobre possíveis abusos que possam estar ocorrendo dentro da agência e que, se isso não for melhorado, certos privilégios podem ser cortados.

Se você perceber que os abusos continuam, você pode enviar outro aviso, dessa vez falando sobre o bloqueio.

Quando os funcionários sabem os motivos concretos de tal ação ser realizada e de sua responsabilidade por causa daquilo, eles tendem a aceitar esses bloqueios de uma forma melhor.

 A velocidade da internet

Não podemos deixar de falar também sobre o quanto o uso livre da internet pelos funcionários pode afetar a velocidade da agência no geral.

Principalmente em sites de vídeos, como o Youtube, isso pode ocorrer e ser um problema. Porém, a dica que damos aqui é a mesma de sempre:

  • Tenha isso muito esclarecido para seus funcionários. Em outras palavras, é preferível apostar no bom senso de todos e fazer com que entendam a importância de não visitarem sites muito pesados durante o expediente.

Porém, dentro de uma agência de marketing e comunicação é muito comum que sites um pouco mais pesados precisem ser visitados.

Isso não é necessariamente ruim, mas também precisa ficar claro para os funcionários o que é visitado por conta do trabalho e o que é visitado por lazer.

Uma coisa que você pode fazer é definir certos horários – como o almoço – para que determinados sites mais pesados possam ser acessados.

Dessa forma, ninguém vai se sentir bloqueado ou preso, ao mesmo tempo que as normas da agência vão ser respeitadas. No fim das contas, tudo depende da relação positiva e do respeito que você consegue impor aos funcionários.

Leia também: Principais vantagens do Cloud Server

Conclusão

Gostou de entender como melhorar o controle de acesso à internet na sua agência? Então não deixe de aplicar todos os conhecimentos que mostramos aqui para que o seu negócio tenha um ambiente extremamente favorável e para que problemas não sejam criados nesse sentido.

Todo tipo de negócio necessita de equilíbrio entre a liberdade e as regras de trabalho, até porque estamos falando de relações entre seres humanos.

E a chave para que as coisas funcionem de uma maneira muito mais eficiente dentro da sua agência pode estar nessa palavra: equilíbrio.

Então pratique e confira os efeitos que todas essas dicas têm no seu dia a dia!

Gostou de nosso post? Compartilhe: