Como ingressar na carreira de desenvolvedor mobile?

14/08/2018 às 16:40 Ajuda

Como ingressar na carreira de desenvolvedor mobile?

Entre desenvolvedores front-end e desenvolvedores back-end, o desenvolvimento mobile tem chamado bastante atenção. Quem já não passou em fazer um aplicativo e ficar rico, não é mesmo?

Porém se tornar um desenvolvedor mobile não é tão fácil quanto se imagina e o sucesso também não parece tão certo e repentino.

Então, qual é a vantagem disto? Como posso ingressar na área? E como terei sucesso no ramo de aplicativos? É a essas e outras perguntas que buscaremos responder neste texto.

O primeiro passo é entender a lógica da programação que se resume basicamente ao seguinte objetivo: a solução de problemas.

Quando pensamos em lançar um aplicativo, logo estamos imaginando que ele servirá para resolver tal necessidade de nossos clientes.

É por isso que é preciso fazer toda uma pesquisa de mercado para identificar as dores e as reais necessidades dos consumidores e assim ir no ponto certo.

Daí, já sabemos a finalidade de um aplicativo, agora é hora de entender os passos para o desenvolvimento desse tipo de aplicação.

Saber como se desenvolve um aplicativo é o que o faz ter capacidade para ingresso no mercado de desenvolvimento mobile. Baseado nisso, veja abaixo quais são os principais pontos para se tornar um desenvolvedor mobile:

Conheça as principais linguagens de programação

É muito importante que você conheça e saiba trabalhar com códigos das mais diferentes linguagens para poder pensar em dia ser um desenvolvedor mobile.

As linguagens de programação são essenciais para que você a lógica de programação.

Conhecer e saber usar as linguagens de programação para determinados fins também é essencial já que você precisará aprender a linguagem mais utilizada no sistema operacional mobile que escolher, seja ele Android, iOS ou Windows Phone.

Para lhe dar uma direção, indicamos você aprenda as seguintes linguagens, de acordo com a plataforma escolhida:

  • Android: linguagem Java.
  • iOS: linguagem Swift.
  • Windows Phone: Linguagens C# e Visual Basic.

Baixe já o nosso Ebook: Como vender criação de site.

Qual é a melhor plataforma de desenvolvimento mobile?

Você pode definir pelo uso das três plataformas acima, usar duas ou apenas uma, isso depende de você. O ideal é que você pense em quais sistemas operacionais você pensar em lançar seu aplicativo.

Por exemplo, Android é a maior e mais conhecida plataforma do mundo. O número de smartphones e tablets que rodam neste sistema operacional (SO) é gigante e ele não pode ser desconsiderado. É por isso que muitos escolhem o Android como SO principal.

Por outro lado, o iOS é a plataforma de todos os aparelhos da Apple, ou seja, o iPhone, o iPad, entre outros.

Estes apesar de não tão numerosos quanto o Android também são bastante conhecidos e importantes. A Apple é referência no mercado mundial de tecnologia como primor em qualidade e segurança.  

O Windows Phone também possui uma pequena fatia de smartphones e tablets com o sistema, por isso é preciso pensar se vale a pena ser um desenvolvedor desse sistema operacional.

E claro, julgando pelos valores de aparelhos com iOS e com Android, fica claro que ser um desenvolvedor para iOS é mais caro e isso obviamente também deve ser levado em consideração.

Saiba também qual é a melhor hospedagem de site.

Aplicativos Nativos e/ou Híbridos

Além da opção de aplicativos nativos, ou seja, aplicações criadas através da linguagem base de cada sistema operacional também existe a opção de desenvolver aplicativos híbridos.

Como assim? Os aplicativos nativos possuem melhor desempenho no SO para que são desenvolvidos por serem produzidos com a linguagem mãe deste.

Porém, também é possível construir aplicativos híbridos, criados com linguagens de programação que não sejam nativas dos SO.

Para isso, é preciso utilizar ferramentas multiplataforma que consistem em criar uma única versão de aplicativo que rode em todos ou na maioria das plataformas mobile.

E quanto ao desempenho? Teoricamente, a performance é prejudicada, mas em suma, a aplicação não costuma a perder tanta qualidade quanto se imagina.

Criar aplicativos híbridos pode ser a solução para oferecer serviços a cliente que não tenham a possibilidade de investimentos grandes para a criação de versões de um aplicativo para cada plataforma.

Saiba usar Banco de Dados

Sim! Você também terá que saber mexer em um banco de dados para ser um desenvolvedor mobile.

Todo o fluxo de dados obtidos com aplicativos móveis precisa ser armazenado em segurança.

Por isso é importantíssimo que você domine tudo sobre banco de dados para que seus aplicativos se mantenham seguros e sejam funcionais e intuitivos para os usuários que os acessam.

Conheça e saiba trabalhar nos IDEs

Os IDEs, em português, os Ambientes Integrados de Desenvolvimento, são essenciais para desenvolvedores mobile.

Sem eles, os desenvolvedores da área teriam inúmeras dificuldades para compilar e executar códigos com rapidez e perderiam a chance de fazerem testes dos aplicativos em tempo real.

Para ser um desenvolvedor mobile é preciso dominar por completo o IDE da plataforma mobile escolhida. Só assim, você poderá controlar a qualidade da aplicação final, podendo entregar uma experiência incrível para os usuários.

Entenda a relação entre UX (User Experience) e UI (User Interface)

O sucesso de um desenvolvedor mobile se dá pelo fato dele saber equilibrar a relação entre UX e UI.

Assim, ele conseguirá oferecer uma experiência excelente ao usuário final e também criar uma interface dinâmica que se destaque pela usabilidade.

Por mais que sempre queiram separar e escolher um lado, é preciso entender que UX e UI estão sempre interligados e um depende do outro para o sucesso.

Por mais que você divida as responsabilidades na criação de um aplicativo móvel é essencial que você sabe se relacionar com a equipe para que o aplicativo atinja o resultado de ambos os lados.

Gostou das dicas? Confira muito mais em nosso blog. Conheça o nosso serviço de Hospedagem de Site.

Gostou de nosso post? Compartilhe: